7 motivos que provam que o ser humano é naturalmente mal

POR Cristyele Oliveira    EM Curiosidades      04/01/20 às 21h54
foto de destaque

Bastar ligar a televisão, abrir o jornal, ou simplesmente olhar para o lado, que você verá coisas que facilmente te fazem perder a fé na humanidade. Todos os dias, somos bombardeado com notícias assustadoras de crimes bárbaros. São infinitos casos de roubos, guerras, assassinatos, casos de intolerância, agressões e por aí vai. Diante desse cenário caótico, é até compreensível ter uma visão mais pessimista em relação ao próximo. Isso tudo já é suficiente, para fazer a gente pensar que o ser humano é incapaz de viver em paz e harmonia.

Assim, surge um questionamento muito importante: somos naturalmente predispostos a comportamentos "maus", como egoísmo, violência e crueldade? Ou, isso é uma consequência da vivência em sociedade? A resposta para essa pergunta é muito complexa, e nem os estudiosos do assunto conseguiram chegar a um parecer definitivo sobre a natureza do ser humano. No entanto, alguns fatos sugerem que sim, o ser humano é ruim por natureza. Confira a seguir, 7 motivos que provam que o ser humano é naturalmente mal.

1 -  Guerras Constantes

Levando em consideração o tanto de guerra que já aconteceu na história da humanidade, parece que temos um desejo insano de guerra e que, simplesmente, nada pode nos abalar. Basta assistir qualquer documentário de treinamento militar, que você verá como parece que os homens nasceram para a batalha. Eles simplesmente prosperam sob o ambiente de guerra de alta pressão. E é mais do que evidente, que eles realmente adoram suas armas. O que faz a gente se perguntar, o que esses homens fariam da vida, se não houvesse mais a necessidade de lutar? O fato é que essa questão se resume basicamente a: estamos em guerra porque precisamos ou porque, no fundo, gostamos mesmo disso?

2 - Haters de internet

Não precisa nem ser um internauta assíduo, para perceber que as pessoas, na internet, são incrivelmente más. Basta olhar qualquer painel de comentários em sites aleatórios, para ver os diálogos mais arbitrários possíveis. Você não pode nem postar uma foto de um cachorrinho fofinho, sem que alguém apareça para te chamar de babaca e destilar ódio gratuito. Mas por que as pessoas são tão más na internet? Muitos estudiosos dizem que isso está relacionado ao anonimato. O que faz sentido, afinal, você não pode levar um soco na cara, pela tela do computador. E também pelo fato de as pessoas terem muita raiva reprimida e pelo fato de a internet ser, neste sentido, um lugar "seguro" para liberá-la.

3 - Chimpanzés são violentos

Para olhar o problema do ponto de vista genético, precisamos olhar para os nosso parentes animais mais próximos. E nessa parte, é que complica tudo, já que estamos igualmente relacionados (compartilhamos 90% de DNA) com chimpanzés e bonobos. Enquanto os chimpanzés são mais propensos à violência, os bonobos seguem uma filosofia mais de "faça amor, não faça guerra" (literalmente). Então, que tipo de macaco somos nós? Talvez, um pouquinho de cada.

4 - Gene guerreiro

A evidência mais convincente de que, ao menos, alguns de nós somos inerentemente violentos é a existência do chamado "gene guerreiro". O tal gene é conhecido como monoamina oxidase A (MAOA). E mesmo que todos nós tenhamos esse gene, em algumas pessoas, ele exerce baixa ou nenhuma atividade. E curiosamente, os que têm um gene MOAOA de baixo desempenho, é que são os mais propensos à agressão e comportamentos violentos.

5 - Violência como entretenimento

No fundo, não somos assim tão diferentes dos romanos antigos e seus jogos de gladiadores, que buscavam fascinação por meio de sangue. Basta ligar a televisão e se pode ver vários programas policiais, mostrando cenas de crimes terríveis. Inclusive, a maioria dos meios de comunicação mantém uma filosofia de que, quanto mais sangue, mais audiência. Sem contar que um dos esportes mais violentos existentes, a luta, foi considerado o esporte que mais cresce no mundo, nos últimos tempos. Isso tudo deixa bem claro que temos uma atração definitiva pela violência.

6 - Governos

O simples fato de vivermos em sociedade, dentro de qualquer tipo de governo, já sugere que estaríamos em caos absoluto se não houvesse leis. Essencialmente, o ser humano tem pouca confiança no próximo, para não o matar ou roubar. Por esse motivo, nós, voluntariamente, renunciamos de muitas de nossas liberdades pessoais, para ter uma certa garantia de proteção. Isso é mais do que uma evidência de que nós mesmos acreditamos que boa parte da humanidade não é naturalmente boa.

7 - Gêmeos lutam no ventre

Pelo visto, o nosso instinto, de permanecermos vivos e de competir por recursos, começa bem cedo, ainda no ventre. Isso mesmo, estudos recentes, envolvendo ressonâncias magnéticas de alta claridade, mostram gêmeos lutando por espaço no útero. Os bebês estavam chutando e empurrando o irmão, para fora do caminho.

Enfim, e você? Qual a sua opinião sobre tudo isso? Acha que o ser humano é naturalmente ruim? Conta para a gente nos comentários e compartilhe com os seus amigos.


Ei Fatos, não deixe de conferir:

2 SINAIS QUE FALTAM PARA JESUS VOLTAR - E SE FOR VERDADE

Próxima Matéria
avatar Cristyele Oliveira
Cristyele Oliveira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.

Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+