• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 mulheres assassinas que usaram a internet para encontrar suas vítimas

POR Rafael Miranda    EM Curiosidades      23/02/16 às 16h13

A internet tem muitas utilidades atualmente. Podemos procurar uma pessoa para dividir uma casa, comprar objetos usados ou procurar um relacionamento. Há tantos usos diferentes para as redes sociais, mas algumas pessoas simplesmente utilizam a internet para fazer o mal.

O resultado final dos relatos que contamos a seguir é a morte. E isso causado por mulheres que procuraram suas vítimas em redes sociais. É um fato horrível, mas, infelizmente, nem todos os agressores são do sexo masculino.

Confira a seguir alguns casos de mulheres assassinas que usaram a internet para fazerem vítimas:

Christina Guffey

20

Christina Guffey postou um anúncio em uma rede social alegando que ela precisava de um lugar para ficar. Timothy Radford respondeu, firmando um acordo com a mulher em que ela teria que fazer sexo com ele em troca de um lugar para ficar. Guffey e seu namorado acabaram atirando em Radford.

Amanda Knight

21

Amanda Knight não agiu sozinha em seu crime, mas seu telefonema que terminou com a morte de Jim Sanders. Knight telefonou para Sanders para saber sobre um anel de diamante que ele estava vendendo em uma rede social. Ela foi para a casa do homem com três pessoas para ver o anel. Sanders e sua mulher foram amarrados pelos indivíduos e em seguida foram mortos a tiros.

Tammi LaFave

22

Tammi LaFave, 21 anos, tornou-se uma cúmplice no assassinato de Haroon Khan, um estudante de 31 anos de idade. Khan foi levado para uma área arborizada e morto após uma postagem em sua rede social. Ele então foi esfaqueado até a morte, enquanto LaFave assistiu tudo acontecer.

Ann Marie Linscott

23

Ann Marie Linscott postou um anúncio em sua rede social à procura de assassinos discretos. Quando ela encontrou um assassino de aluguel, ela disse que ele teria que matar a esposa de um homem pelo qual Ann era apaixonada. Assim, ela achava que eles poderiam ficar juntos para sempre. Obviamente ela foi presa.

Latoya Jordan

24

Latoya Jordan encontrou um lugar para viver em suas redes sociais. Quem ofereceu uma residência para ela foi Daniel Somerson. Os problemas surgiram quando Somerson desenvolveu sentimentos por ela, e Jordan acabou matando o homem e enrolando o corpo da vítima em um tapete.

Bria Corrine-Janelle Blackmon

25

Bria Corrine-Janelle Blackmon decidiu usar a internet para formar um novo relacionamento com Michael Freeland. Ela desenvolveu fortes sentimentos pelo homem, mas decidiu não continuar na relação. Em vez disso, ela o espancou até a morte e colocou fogo na casa do homem.

Jamyra Gallmon

26

Jamyra Gallmon fez uso da internet para achar um grande amor. Assim, ela conheceu David Messerschmitt, um advogado conservador que estava à procura de um relacionamento sério. Gallmon, depois de responder ao anúncio, terminou fatalmente esfaqueado e roubado em um quarto de hotel.

Próxima Matéria
Via   Lolwot  
Imagens Lolwot
Rafael Miranda
Criando forças para segurar o forninho de cada dia. Instagram: @rafaelmiranda17
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+