• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 museus mais assustadores do mundo

POR Cristyele Oliveira    EM Curiosidades      30/10/19 às 15h57

Geralmente, museus são lugares bonitos e agradáveis, repletos de obra de artes, que nos proporcionam um passeio enriquecedor. No entanto, não é um tipo de programa que agrada a todos. O mundo inteiro está cheio de museus importantes, que reúnem as principais obras de arte dos artistas mais incríveis da História. Visitar um museu é uma imersão histórica sobre a humanidade e sua cultura ao longo dos anos. Mas, em meio aos museus mais populares, existem também alguns que fogem à regra, e ao invés de expor obras de arte renomadas, optam por oferecer um tipo de exposição um pouco peculiar. Tanto que podem assustar muita gente.

Isso mesmo, estamos falando dos museus mais assustadores do mundo, onde nem tudo é arte e apreciação. Nesses locais, o terror vai te acompanhar, por muitos dias, e te fará nunca mais querer voltar. Se você ficou curioso para saber quais museus nunca conhecer, essa lista é para você. Confira a seguir, os 7 museus que são um verdadeiro circo dos horrores de tão assustadores.

1 - House on the Rock

Inicialmente, o museu House on the Rock, em Wisconsin, nos Estados Unidos, foi projetado para abrigar qualquer tipo de coisa. Ele foi inaugurado em 1959, contendo exposições fascinantes, como a recriação de uma cidade americana inteira no começo do século 20, além de um modelo de 200 pés de um monstro marinho. Até então, isso não parece algo assustador, mas o que você ainda não sabe, é que toda a coleção é deixada lá para apodrecer. Isso mesmo, todo os itens da coleção são deixados a mercê, em salas escuras e empoeiradas. Não é difícil imaginar o cheiro terrível de podridão dos vários manequins deteriorados. Segundo aqueles que já visitaram o local, nenhuma descrição ou imagem consegue transmitir o terror que é entrar nesse lugar.

2 - Museu Psiquiátrico Glore

A ideia de visitar um museu dedicado à psiquiatria pode ser muito interessante pra estudantes ou curiosos. Mas um lugar onde aconteceram várias atrocidades, como tratamentos por eletrochoque e lobotomias pode assustar um pouco algumas pessoas, bem provável que a maioria delas. Mas quem procura por algo chocante, o Museu Psiquiátrico Glore pode ser uma boa escolha. Se você achar que algumas exposições são demais pra você, uma opção é relaxar na exposição "coisas horríveis que as pessoas engoliram". Mas se você quer ver o pior de lá, procure pela área de tratamentos, onde eles guardam instrumentos usados em pacientes, que ainda estão com vestígios de sangue.

3 - Museu Ventríloquo de New Haven

Bonecos de ventríloquo podem ser assustadores por si só, agora, imagine um lugar onde não há nada além de fileiras e mais fileiras desses bonecos velhos. Esse é o Museu Ventríloquo de New Haven, que fica em Fort Mitchell, Kentucky. Cada lugar dentro do museu esconde um boneco, ou vários deles. Para aqueles que sofrem de autonomatonofobia, que é o medo de figuras humanoides artificiais, como bonecos e ventríloquos esse não é um bom lugar para se conhecer. É o mesmo que imaginar 100 mil Chucks, em um mesmo lugar.

4 - Catacumbas de Palermo

As Catacumbas de Palermo, na Sicília, sul da Itália, não pretendia se tornar um museu, mas foi exatamente isso que se tornou, porém, um museu da morte. No mosteiro capuchinho, você encontrará centenas de cadáveres, de monges e membros da comunidade local. Todos os mortos estão alinhados ao longo das paredes, com as mesmas roupas que foram enterrados. Cadáveres são colocados ali desde o final do século XVI, até o último cadáver ser colocado ali, em 1920. Embora sejam muito bem preservados, e alguns até pareçam estar dormindo, o lugar é bastante assustador.

5 - Museu de Antropologia Criminal de Lombroso

Levando em consideração o fato de que Cesare Lombroso fundou a escola italiana de criminologia, não é bem uma surpresa que este museu, carregado de objetos do seu trabalho, seja um local assustador. Abrigando itens macabros e colecionais, é possível encontrar ainda imagens com retratos de crimes, armas usadas para matar pessoas e até a própria cabeça de Lombroso, muito bem preservada em uma garrafa de formaldeído. O que não falta nesse museu são crânios, restos humanos e objetos terríveis, já usados como armas para matar.

6 - Madame Tussauds

Esse é, provavelmente, o museu mais famoso de toda essa lista. O Museu Madame Tussauds, na capital inglesa, é conhecido por sua enorme coleção de figuras de cera, principalmente de celebridades. Inclusive, a própria Madame Tussaud que começou a coleção durante a revolução francesa. Ela ia até a guilhotina e, depois que as pessoas eram executadas, ela fazia marcas de cera nas cabeças decepadas. Entre elas, a mais famosa, com certeza, é a do último rei da França. Essas e outras cabeças estão expostas no museu junto a uma coleção horrível de exibições históricas na câmara de horrores.

7 - Museu de Anatomia

O museu de Anatomia em Paris começou com Honoré Fragonard quando começou a guardar cadáveres para expor. O museu foi idealizado para receber a sua grande coleção de cadáveres, os quais ele mesmo tirou da pele e embalsamou com um receita secreta. Tão secreta que, desde 1794, ainda não foi desvendada. Na coleção do museu, é possível encontrar corpos esfolados preservados de animais, crianças e até criminosos executados. Além de diversos crânios de asilos de pessoas com problemas mentais. Para se ter uma ideia, esse museu é tão terrível e disputado, que a entrada só é permitida com hora marcada.

Enfim, o que você achou desses museus? Qual o mais assustador na sua opinião? Conhece algum outro? Conta para a gente nos comentários e aproveite para compartilhar com os seus amigos.

Próxima Matéria
Cristyele Oliveira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+