7 notícias boas para provar que 2019 não foi só tragédia

POR Bruno Dias    EM Curiosidades      31/12/19 às 15h48
foto de destaque

Na era em que vivemos, temos várias notícias em nossas mãos, quase que o tempo todo. Basta pesquisar algum tópico e várias informações e notícias aparecerão na tela. Mas, ao mesmo tempo, que é uma coisa boa termos tanta informação ao nosso dispor, às vezes, podemos achar que estamos perdendo alguma coisa. Ou então, até mesmo nos desmotivarmos, por conta do tanto de notícias ruins, que vemos na internet.

É fácil achar que vivemos em um mundo totalmente ruim, se baseando na quantidade de notícias tristes, que vemos todos os dias. Mas é claro que não foram somente coisas ruins que aconteceram esse ano. Por mais que notícias boas possam parecer difíceis de serem encontradas, elas existem. E separamos aqui, algumas das coisas boas que aconteceram esse ano, para te provar que 2019 não foi um ano de todo ruim.

1 - Projeto "Adote um aluno" em Milão

Milão é a cidade mais cara da Itália e uma das mais caras de toda a Europa. Ela tem sete universidades e cerca de 18 mil estudantes, sendo desses, 65 mil de fora da cidade.

E maior que a população de estudantes, é a população de idosos. São 314 mil idosos, em sua maioria mulheres, morando em casas. E elas se tornaram uma preocupação financeira para a cidade. Exatamente por isso, a Associação Meglio Milano organiza, há 15 anos, aproximadamente 600 quartos que, geralmente, são alugados por estudantes. O projeto é uma boa opção, para combater a solidão das idosas e também uma solução econômica.

2 - Painéis solares que transformam água do mar em potável

De acordo com a Organização Mundial da Saúde, 844 milhões de pessoas, em todo o mundo, não têm acesso à água potável. E dessas, mais de 300 mil são crianças, que morrem, anualmente, por causa de doenças causadas por essa falta de acesso.

Por isso, a ONG Give Power construiu a primeira fazenda de água solar, no Quênia. Ela tem a capacidade de transformar a água salgada, em água limpa e potável.

3 - Anulação de mais de 1.500 casamentos de crianças

A chefe do distrito de Dedza, Theresa Kachindamoto, no Malawi,  desde o começo, disse que queria acabar com a tradição de forçar meninas e adolescentes, a se casarem contra sua vontade, e antes dos 18 anos.

Kachindamoto usou sua autoridade, para anular mais de 1.500 casamentos de crianças, feitos em 2017. Além disso, ela mandou todas as mulheres livres, de volta para os estudos, para terminá-los. A maioria das meninas, que são forçadas a se casar, não consegue terminar o ensino médio.

4 - Primeiro país sem cachorros de rua

Desde o século XIX, a Holanda é um dos países, com as maiores taxas de população canina. Há alguns anos, um surto de raiva acabou matando vários cachorros. E isso fez com que vários donos tivessem medo e abandonassem seus cachorros na rua, o que levou a uma superpopulação de cães de rua.

Para mudar essa situação, o governo criou um método, chamado REVID. Basicamente, era coletar, esterilizar, vacinar, identificar e retornar. Todos os serviços eram gratuitos. E para incentivar a adoção, o governo decidiu aumentar os impostos, sobre as compras de cachorros nas lojas. E assim, a população acabava ficando inclinada para a adoção.

5 - Primeiro país a destinar orçamento para o bem-estar social

A primeira-ministra da Nova Zelândia, Jacinda Ardern, e sua ministra de finanças, Grant Robertson, disseram que bilhões de libras seriam gastos em saúde mental, pobreza infantil, falta de moradia e violência doméstica.

E o país é o primeiro país ocidental a projetar todo o seu orçamento, com base nas prioridades de bem-estar.

6 - YouTube bloqueia canais que promovem discurso de ódio

A plataforma de vídeo está começando a ter uma visão mais ampla e rigorosa, sobre a publicação de conteúdos. E alguns discursos estão sendo cortados. O que inclui aqueles onde o ódio é incitado, eventos mundiais são distorcidos, crianças são prejudicadas, ou então, ideologias discriminatórias são feitas.

O YouTube, que tem mais de 1,8 bilhões de usuários, tirará todos os vídeos, que tenham esses discursos. Basicamente. é uma estratégia que é parte de um conjunto de medidas, contra o discurso de ódio.

7 - LEGO lança seu primeiro produto em braille

Não é porque alguém tem uma deficiência, que essa pessoa deva ser excluída de algo. E por isso, a LEGO vai lançar um brinquedo, que será totalmente compatível com seus brinquedos tradicionais. As diferenças são as formas com as quais que eles são moldados com carimbos, que combinam com letras e números em braille.

Eles terão o objetivo de ajudar as crianças com deficiência visual, a aprenderem a ler, enquanto brincam.


Ei Fatos, não deixe de conferir:

2 SINAIS QUE FALTAM PARA JESUS VOLTAR - E SE FOR VERDADE

Próxima Matéria
Via   Vix  
Imagens Vix
avatar Bruno Dias
Bruno Dias
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.

Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+