• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 notórios assassinos que desapareceram do nada

POR Bruno Dias    EM Curiosidades      20/11/19 às 15h19

Pessoas desaparecem o tempo todo. Dentre as principais causas de desaparecimentos, estão os voluntários, onde o indivíduo deixa sua casa e se afasta propositalmente. E os involuntários, cuja pessoa acaba sumindo devido a algum acidente ou desastre natural e, infelizmente, não é reconhecida. Ou há ainda outra forma, que é o sumiço forçado. Neste caso, uma outra pessoa causa o seu desaparecimento, mas contra a sua vontade.

Mesmo as pessoas que querem desaparecer do mundo podem encontrar algumas dificuldades. Agora, imagine se essas pessoas são criminosos e têm muitas pessoas procurando por eles? Mas isso não quer dizer que é uma tarefa impossível. Para provar isso, mostramos aqui alguns criminosos que parecem ter desaparecido da face da Terra.

1 - Vincent Mangano

Esse homem já foi uma dos mafiosos mais poderosos do mundo. Tanto que, depois da Guerra de Castellammarese, ele era um dos cinco chefes originais da Comissão. A família que compartilhou seu nome agora é chamada de Gambino. Mangano, conhecido como "o Carrasco", foi líder do bando por 20 anos.

Ele brigava com bastante frequência com o seu submisso, que era chamado de "O Chapeleiro Maluco". A briga dos dois foi à tona no dia 19 de abril de 1951, quando o irmão de Mangano foi encontrado morto, na Baía da Jamaica, no Brooklyn. A polícia foi interrogar Mangano sobre o crime, mas não o encontraram. Ele desapareceu no mesmo dia e nunca mais foi visto.

2 - Jesse Evans

Em um tempo no Velho Oeste, Jesse Evans era tão temido quanto Billy the Kid. Ele começou a sua carreira criminal, no começo da década de 1870, e se juntou à gangue John Kinney. Mas depois, ele passou a formar seu próprio grupo, chamado Jesse Evans Gang, que também era conhecido como "The Boys".

Os The Boys fizeram parte da lenda do Velho Oeste quando atuaram como executores da facção Murphy-Dolan, na Guerra do Condado de Lincoln. E por mais que o seu lado tenha vencido a guerra, Evans e sua gangue fugiram, por terem matado um advogado. Eles também se envolveram em tiroteios com guardas florestais. Vários dos parceiros de Evans foram mortos e ele foi  capturado e enviado para prisão de Huntsville. Mas, no dia 23 de maio de 1882, Evans escapou e nunca mais foi visto.

3 - Szilveszter Matuska

Esse engenheiro húngaro usou dinamites para descarrilhar trens, no começo dos anos 1930. Matuska tentou duas vezes sem sucesso. Mas no dia 8 de agosto de 1931, ele descarrilhou o expresso de Berlim-Basileia, no sul da capital alemã. Felizmente, nesse, ninguém morreu.

Mas em seu segundo descarrilhamento foi mortal. No dia 13 de setembro, ele atacou o Vienna Express quando ele estava passando a ponte Biatorbágy, na Hungria. No total, 22 pessoas morreram e mais de 120 ficaram feridas. Matuska foi pego no local. Ele foi extraditado para a Hungria e preso. Depois disso, seus movimentos foram incertos. Mas parece que ele conseguiu escapar da prisão, durante a Segunda Guerra Mundial. Segundo alguns relatos, Matuska serviu na guerra, como especialista em explosivos. Mas eles continuam sendo apenas rumores.

4 - Edward Sands

Hollywood sempre foi alvo de escândalos e o que aconteceu, no dia primeiro de fevereiro de 1922, chocou todos. William Desmond Taylor foi assassinado. Ele era uma dos diretores mais bem sucedidos de Hollywood. A morte não foi resolvida, principalmente porque o principal suspeito desapareceu, sem deixar nenhum rastro.

Edward Sands trabalhava como manobrista e cozinheiro de Taylor. E com uma investigação, eles descobriram que Sands tinha um histórico de pequenos crimes e tinha abandonado a Guerra Costeira.

5 - Danny Walsh

Na década de 1920, existia uma organização criminosa, que era apelidada de "os sete grandes". E um dos membros era Danny Walsh, um gangster americano-irlandês. O império criminoso floresceu, durante a década de 1920, mas diminuiu na década seguinte.

E na noite do dia 2 de fevereiro de 1933, Walsh jantou com alguns associados, no Bank Cafe em Pawtuxet. Depois disso, desapareceu. A família recebeu uma proposta de resgate de 40 mil dólares e a pagou. Mas isso se provou inútil. Porque realmente o homem nunca mais foi visto.

6 - Sharon Kinne

Várias pessoas viam essa mulher como uma dona de casa inocente. Mas ela era muito pior que isso. Tudo começou no dia 19 de março de 1960, quando a polícia chegou na casa de Sharon, a encontrou morrendo de rir. Segundo ela, sua filha de dois anos tinha atirado acidentalmente em seu marido.

A polícia acreditou na história de Sharon. Depois da morte de seu marido, ela passou a gastar todo seu dinheiro e ter vários casos. Um deles era com Walter Jones, um homem casado, que se recusou a deixar sua família para ficar com Sharon. Então, ela matou sua esposa. Sharon foi absolvida desse crime. Mas depois, cometeu outros e foi condenada a 13 anos de prisão. E em dezembro de 1969, a mulher conseguiu escapar da prisão e continua solta e sem ninguém nunca mais tê-la visto.

7 - François Villon

Ele era um poeta francês bastante aclamado, mas ele também era um homem violento. Em 1945, Villon estava em uma briga de bar e feriu um padre. Ele foi banido, mas recebeu perdão real. E nos anos seguintes, ele escreveu seus trabalhos mais importantes.

Mesmo com seu sucesso, ele não parou com sua vida de crimes. Ele foi banido de Paris por seus crimes. Em 1462, ele foi preso e condenado à morte. E no começo de 1463, o homem deixou Paris e nunca mais foi visto.

Próxima Matéria
Via   Toptenz  
Imagens Toptenz
Bruno Dias
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+