• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 objetos mágicos de bruxaria usados ao longo da História

POR Arthur Porto    EM Curiosidades      25/11/19 às 12h44

A bruxaria é uma prática que esteve presente em diversos momentos da história. Inúmeras civilizações, que existiram em nosso mundo, nutriam tradições e costumes um tanto quanto particulares. Hoje, ainda existem lugares onde a prática prospera, entretanto, não da mesma forma como já foi antigamente.

Como a história não permite anacronismos, listamos, aqui, sete objetos de bruxaria que grupos e povos da antiguidade possuíam. Tais objetos revelam características sobre suas respectivas crenças e mostram como as bugigangas não eram nada supersticiosas em si, alheias aos devidos rituais. Confira.

1 - Garrafas

Nos séculos 16 e 17, algumas garrafas eram utilizadas para proteger a casa, afastando as energias negativas. A garrafa da bruxa costumava ser feita de cerâmica ou vidro. Além disso, incluía, em seu interior, objetos afiados, como pinos e pedaços de unhas. Em geral, deveria conter também a própria do proprietário. Nesse caso, a urina funcionava como um link mágico de proteção para uma pessoa ou para todas aquelas que convivam no mesmo lar. Muitos afirmam que tal bruxaria não apenas repele, mas também envia as energias maléficas de volta a sua origem.

2 - Caixotes com sapos

Os sapos sempre foram animais que estiveram ligados à bruxaria. Assim como a garrafa, o caixote com o sapo também servia para repelir as energias negativas. A bruxaria, nesse caso, funciona assim: primeiro constrói-se o caixote. Em seguida, insere-se o sapo. O animal deve ter as pernas amarradas por um barbante vermelho. Após colocar o animal no caixote, é preciso selá-lo. Para tal, utilizam-se nove pregos. Depois disso, enterra-se a caixa em solo sagrado. Ou seja, ou na igreja ou no cemitério. Em algumas culturas, o animal tem que estar vivo. Em outras, não.

3 - Osso de pênis de guaxinim

Entre os séculos XV e XVII, algumas bruxas colecionavam ossos de pênis de animais. De acordo com relatos históricos, muitas mulheres possuíam tais ícones, depois de realizarem um pacto com o diabo, onde conseguiam a capacidade de fazer o pênis de sua vítima desaparecer espontaneamente: para que o resultado fosse eficaz, era necessário utilizar, em tal bruxaria, ossos de pênis de animais. Dizem que o preferido das bruxas eram os de guaxinins.

4 - Ossos de sapos

Nesse exemplo, visto em muitas culturas, os ossos de sapos eram utilizados como amuletos. Além disso, em algumas culturas, acredita-se que os ossos de tal animal são utilizados também como jóias ritualísticas, para estabelecer contato direto e comunhão mais fácil com determinados espíritos. Ou seja, acredita-se que os ossos de sapo ajudam as bruxas a se conectarem com os mortos.

5 - Ossos de gatos pretos

Ossos de gatos pretos trazem sorte. Além disso, são ainda usados também para repelir feitiços e maldições. De acordo com algumas culturas, bruxas e feiticeiros carregam esses ossos constantemente para atrair boas energias quando praticam jogos de azar, como, por exemplo, a loteria. Além disso, para muitos, aqueles que carregam tal objeto, sempre serão amados por seus companheiros(as).

6 - Sacos Gris-gris

Os Sacos Gris-gris são talismãs. Por isso, constituem-se como um poderoso símbolo da bruxaria. Esses amuletos sempre contem, no mínimo, 3 ingredientes e não mais que 13. Além disso, nunca se deve usar um número par. É importante ressaltar também que os ingredientes, a serem utilizados, variam de acordo com a necessidade da bruxaria.

7 - Mão da Glória

De acordo com o site Mundo Tentacular, "A Mão da Glória clássica é uma mão de homem cortada na altura do pulso, devidamente seca e mumificada para melhor conservação e manipulação. O processo de secagem deixa a mão com uma coloração cinzenta e um aspecto de couro rústico. Uma camada de cera é aplicada nos dedos, para que eles endureçam em uma posição esticada. Na ponta de cada dedo, acrescenta-se um pavio de acendimento, feito de cabelo, preferencialmente de uma jovem mulher virgem. Cada ponta de dedo se torna, dessa maneira, uma vela que pode ser acesa para invocar suas propriedades místicas".

Próxima Matéria
Via   List Verse  
Imagens List Verse
Arthur Porto
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+