• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 padres, pastores e freiras assassinos

POR Arthur Porto    EM Curiosidades      13/11/19 às 12h11

Em suma, inúmeros assassinos utilizaram a religião para justificar uma série de atrocidades violentas. Em contrapartida, não podemos esquecer que não são somente assassinos utilizam tal viés. Líderes religiosos, sejam eles padres, pastores ou freiras, também foram responsáveis, direta ou indiretamente, por inúmeras mortes. E muitos acreditam que tornaram-se assassinos para cumprir a palavra de Deus.

Por outro lado, esse não é nosso foco hoje. Nosso foco são figuras religiosas que se tornaram assassinas porque simplesmente queriam. Em síntese, são pessoas que se comprometeram a servir a Deus, mas que acabaram cometendo um imenso pecado. Confira agora, quem são os seres que deixaram de servir a Deus e tornaram-se, em algum momento, criminosos.

1 - Padre Jose Puthurukkayil, padre Thomas M. Kottur e freira Sephy

Tudo começou em março de 1992, quando a freira Abhaya desapareceu. Em suma, seu corpo foi encontrado em um poço do convento no qual vivia, na Índia. Apesar do corpo apresentar cortes e escoriações, analogamente, sua morte foi considerada um suicídio. O caso permaneceu engavetado por quase 16 anos. Entretanto, em 2007, as freiras do convento conseguiram reabrir as investigações.

Nesse ínterim, inúmeras pessoas do convento foram entrevistadas, entre elas, o padre Jose Puthurukkayil, o padre Thomas M. Kottur e a freira Sephy. Basicamente, o depoimento dos três acabou apresentando controvérsias. Por esse motivo, foram considerados os principais suspeitos. Mais tarde, os três acabaram confessando o crime.

Em síntese, o crime ocorreu porque a freira Abhaya havia flagrado os três praticando sexo, dentro do convento. Desesperada, Sephy atacou a irmã com golpes de machado. Em seguida, os três pegaram o corpo e jogaram dentro do poço. Todos foram julgados e presos.

2 - David Love

David Love era pastor de uma igreja no Missouri, Estados Unidos. Love era amigo de Randy Stone, que vivia um matrimônio difícil ao lado de sua mulher, Teresa. Frequentemente, Stone recebia conselhos de Love. No entanto, o que ele não sabia era que Love estava tendo um caso extraconjugal com sua esposa, há 10 anos.

Em março de 2011, Teresa encontrou Stone morto. Em suma, Stone foi morto a tiros. O funeral, nesse ínterim, aconteceu poucos dias depois. Além disso, Love compareceu no local, para expressar sua condolência. Após o enterro, Love se mudou para a Carolina do Sul.

Ao investigar o caso, as autoridades descobriram o envolvimento do pastor e de Teresa. Ambos foram presos. Na época, Teresa confessou que havia dado a combinação do cofre do marido ao pastor. A ideia era usar a arma para forjar um suicídio e, em seguida, cobrariam o valor do seguro.

Em síntese, o pastor foi condenado à prisão perpétua e Teresa a oito anos de prisão.

3 - Mike Tabb

Tabb era um ex-capelão que havia acabado de se mudar com sua esposa, Marla, para a pequena cidade de Troup, no Texas. Em um determinado dia, Tabb, ao retornar a casa, encontra sua esposa morta. Nesse ínterim, ao chegar para prestar socorro, a polícia se depara com uma verdadeira atrocidade. O corpo de Marla estava em cima de uma poça de sangue, completamente desfigurado.

Em suma, Marla foi espancada até a morte. Ao analisar o local, os policiais perceberam que a cena do crime havia sido adulterada. Ao checarem as roupas e o caminhão de Tabb, os policiais, encontraram vestígios de sangue. Analogamente, Tabb foi preso e, mais tarde, confessou o crime.

Em contrapartida, no tribunal, Tabb não revelou os motivos para "resguardar" os filhos. Tabb foi condenado a 55 anos de prisão.

4 - John David Terry

Na primavera de 1987, o reverendo John David Terry, ministro pentecostal da Oneness, com sede em Nashville, havia roubado US$ 30.000 da própria igreja. Para não ser descoberto, Terry traçou um plano brutal. Em junho de 1987, Terry assassinou James Matheney, ajudante da igreja.

Em suma, Terry, após matar o ajudante, vestiu as roupas da vítima. Em seguida, Terry mutilou o corpo de Matheney, enrolou os restos em um tapete e incendiou a igreja. Entretanto, antes de incendiar o local, Terry espalhou as digitais de Matheney, por todas as partes. Analogamente, o que Terry queria, era fazer com que a polícia acreditasse que quem havia sido morto no incêndio era ele, não o ajudante.

Nesse ínterim, antes mesmo do incêndio tomar conta do local, as autoridades conseguiram ter acesso ao corpo. Nesse momento, a polícia, após identificar o mesmo, percebe que o responsável pela atrocidade era Terry. O pentecostal se entregou dois dias depois. Ele foi julgado e condenado à morte, mas essa condenação foi anulada.

Terry recebeu um novo julgamento, onde foi novamente considerado culpado e novamente condenado à morte. Em 14 de março de 2003, Terry se enforcou em sua cela. Ele tinha 58 anos.

5 - Leticia Lopez

A freira Luz Amparo Granada trabalhou em uma área de alto risco na Colômbia. Em suma, a freira cuidava de prostitutas e moradores de rua. Em novembro de 1999, a freira foi encontrada morta, próxima à localidade em que trabalhava. Seu corpo, nesse ínterim, estava queimado e desmembrado.

Analogamente, por trabalhar com prostitutas e moradores de rua, o número de suspeitos era amplo. Em contrapartida, em um determinado momento das investigações, a freira Leticia Lopez acabou tornando-se suspeita. Ao chegar na casa de Lopez, a polícia encontrou manchas de sangue nas paredes do quarto.

Além disso, os policiais encontraram também uma trilha de sangue pela casa, o que indicava que o corpo havia sido arrastado. Diante das provas, a freira confessou o crime e pegou 14 anos de prisão.

6 - John Nelson Canning

John Nelson Canning, ministro pentecostal de Saco, Maine, mudou-se para Sebring, na Flórida, em meados dos anos 1980. Ele foi forçado a se mudar porque foi acusado de praticar desvio de dinheiro. Enquanto estava em Sebring, ele se tornou ministro de uma igreja não denominacional, chamada Igreja da Fonte da Vida, que tinha cerca de 50 membros.

Dois dos membros fundadores, Leo e Hazel Gleese, casaram-se na igreja, em 1988. O casamento foi ministrado por Canning. O casal tinha pouco mais de 80 anos, quando se casou. Em 1994, a saúde do casal começou a falhar, e Canning prometeu cuidar deles. Nesse ínterim, o casal resolveu lhe dar uma procuração. Foi, nesse momento, que Canning começou a abusar de sua posição.

Canning, então, começou a desviar dinheiro do casal e até vendeu uma de suas casas. No final de 1994, Hazel percebeu que faltava uma boa quantidade de dólares em sua conta. Assim, Hazel resolveu confrontar Canning.

Em janeiro de 1995, ele espancou e sufocou os dois até a morte. Depois, saiu para jantar com os amigos e passou o dia na praia. Ao retornar, ele relatou as mortes à polícia. Em síntese, a polícia desconfiou de Canning, por causa de seu depoimento. Canning foi preso pouco tempo depois e, em seguida, se declarou culpado. Ele foi condenado à prisão perpétua, em 1996.

7 - Hans Schmidt

Em 1909, Hans Schmidt se mudou para Nova York, pois iria assumir uma igreja local. Ali, ele acabou conhecendo Anna Aumuller, por quem se apaixonou. Embora fosse proibido, ambos começaram a namorar. Além disso, até se casaram em segredo. No entanto, o padre acabou sendo transferido para uma outra igreja. O novo local de trabalho era distante e, nesse ínterim, o padre acabou ficando longe de Aumuller.

Em contrapartida, a distância não impediu que ambos continuassem se encontrando. O problema, em suma, surgiu quando Aumuller ficou grávida. Para o padre, aquilo seria o fim de sua carreira. Em síntese, ele poderia até ser exonerado. Então, em setembro de 1913, ele decidiu assassinar Aumuller. Além de ter cortado a garganta de sua amada, ele desmembrou seu corpo e espalhou os pedaços pela cidade.

Não demorou muito, até que ele fosse descoberto e o caso se transformasse em um verdadeiro escândalo. Em seu primeiro julgamento, ele declarou insanidade. Já no segundo, foi considerado culpado e condenado à pena de morte. Sua execução ocorreu no dia 18 de fevereiro de 1916.

Próxima Matéria
Arthur Porto
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+