• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 países mais perigosos de 2019

POR Cristyele Oliveira    EM Curiosidades      04/11/19 às 11h49

Ao mesmo tempo que a paz global teve o primeiro aumento em cinco anos, o mundo ainda está mais perigoso do que há dez anos atrás. Isso é o que diz o Índice Global da Paz, em 2019. Os dados foram divulgados esse ano, pelo Instituto de Economia e Paz da Austrália. O que não é bem uma surpresa, tendo em vista tudo o que está acontecendo atualmente. O mundo se tornou um campo de batalha, e sobreviver em meio a todo esse caos é uma luta diária. Principalmente, em alguns países devastados pela guerra e outros desastres.

Para desenvolver esse índice, o IEP utiliza métodos específicos para analisar a paz e quantificar o seu valor. Esse relatório é divulgando, anualmente, desde 2007 e mede a paz em 162 países. Todas as nações são classificadas a partir de métricas qualitativas e quantitativas. Como, por exemplo, mortes por conflito, crimes violentos, acesso à armas, questões ambientais, entre outros. Tudo isso para gerar um ranking dos países mais e menos pacíficos do mundo. De acordo com esse índice, confira os 7 países mais perigosos de 2019.

1 - Rússia

O que pode ser uma surpresa para muitos, devido ao fato da Rússia ser um dos países mais ricos e desenvolvidos do mundo. No entanto, o país possui uma das maiores taxas per capita de exportação de armas, além de ser altamente militarizado, o que justifica parcialmente a sua classificação no ranking de países menos pacíficos do mundo. Sem contar ainda o seu envolvimento no conflito sírio, que aumentou ainda mais o número de mortes, por conflitos externos no país. A Rússia é o mais perigoso de sua região, segundo o relatório.

2 - República Democrática do Congo

Desde que começou a se fazer essa lista, a República Democrática do Congo fica entre os países menos pacíficos do mundo, e nesse ano, não foi diferente. A violência no país está interferindo na capacidade dos profissionais de saúde de tratar os doentes. Isso porque as gangues e grupos de milícias estão atacando as instalações médicas. E segundo dados da Organização Mundial da Saúde, o surto de Ebola no país matou cerca de 1.396 pessoas, no último ano. Tudo isso contribuiu para que o país continuasse entre os mais perigosos do mundo.

3 - República Centro-Africana

O caos da violência, instaurado na República Centro-Africana, só tem piorado graças ao conflito entre os rebeldes Seleka e os milicianos anti-Balaka. Isso contribuiu diretamente para a desolação de cerca de 620 mil habitantes. Esses ficaram sem moradia devido ao conflito entre gangues. Desse total, 570 mil foram obrigados a procurar refúgio em países vizinhos, como Camarões e República Democrática do Congo. Esses são outros exemplos que também estão passando por dificuldades do tipo.

4 - Iraque

De fato, no ano passado, o Iraque viu uma diminuição na violência e no número de refugiados. No entanto, ainda assim, o país lida com conflitos significativos, tanto internos, quanto externos. E apesar da derrota oficial do ISIS, ainda existem remanescentes, que continuam a provocar o caos no país. Muito disso devido às divisões das forças de segurança iraquianas, que minaram os esforços para acabar de vez com o grupo.

5 - Sudão do Sul

O conflito atual no Sudão do Sul, aliado com o alto risco de desastres climáticos, foi o responsável pela colocação do país nesse ranking. O que vem acontecendo há vários anos.

6 - Síria

Os conflitos da Síria colocam o país entre os menos pacíficos do planeta, o que já era esperado. Atualmente,a Síria é o segundo país mais perigoso do mundo, segundo o relatório.

7 - Afeganistão

Esse ano, o Afeganistão assumiu o posto de país menos pacífico do mundo, esse que, até então, pertencia à Síria. A violência no país custou cerca de 47% do seu PIB, e os conflitos em curso mataram 3.804 pessoas, no ano passado. Nesse total, 972 eram crianças, o número mais alto de todos os tempos.

Próxima Matéria
Cristyele Oliveira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+