• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 países mais perigosos para mulheres viajarem

POR Bruno Dias    EM Mundo Afora      22/01/20 às 00h37

Viajar é uma coisa boa e a maioria das pessoas gosta. Conhecer outros lugares, outras culturas, ver como as pessoas veem o mundo e como se comportam. Basicamente, é uma experiência enriquecedora. Sair do seu país ou visitar outros lugares, é uma das coisas em que você gasta dinheiro e fica mais rico. Ao menos, culturalmente.

E não importa como, seja sozinho ou acompanhado, as pessoas gostam de viajar. Mas infelizmente, no mundo em que vivemos, fazer coisas tidas como simples são bem diferentes se você é um homem ou mulher.

De acordo com a Travel Industry Association, a associação da indústria de turismo dos EUA, as mulheres estão viajando mais sozinhas. Apenas americanas, são cerca de 32 milhões de mulheres viajando sem companhia. Mas esse desejo pode não ser muito seguro para essas mulheres.

O New York Times publicou um artigo, mostrando detalhadamente como Carla Stefaniak foi morta, enquanto estava viajando nas suas férias pela Costa Rica.

Pensando nisso, os jornalistas Asher e Lyric Fergusson que têm um blog, focado em segurança de viagem, criaram o Women's Danger Index. Ele é um ranking, que mostra os países mais perigosos para as mulheres viajarem sozinhas.

Perigo

"Enquanto viajávamos como um casal, passamos por situações desconfortáveis ??e ouvimos histórias de horror de muitas mulheres que estavam sem companhia", diz Lyric Fergusson.

"Em vez de confiar em boatos e anedotas, pensamos que seria bom saber quais países são os piores e os mais seguros, baseados em fatos concretos", continuou.

Para fazer o ranking, o casal de jornalistas classificou os 50 países com mais turistas internacionais. Para isso, eles usaram oito fatores, que vão desde segurança nas ruas para as mulheres, homicídio intencional de mulheres, violência sexual, discriminação e desigualdade de gênero. O casal pegou os dados com base em informações, desde o 2018 Gallup World Poll até o Equal Measures 2030 Gender Advocates Data Hub.

Mostramos aqui, quais são os países mais perigosos para as mulheres. Cada um deles com comentários feitos pela coautora do estudo, a jornalista Lyric Fergusson.

1 - África do Sul

"Com a baixa pontuação em segurança das ruas e muitos outros fatores, as mulheres na África do Sul têm sido tratadas historicamente de forma cruel. Mas, felizmente, a situação tem melhorado lentamente.

Muitas vezes, as mulheres que viajam para este país são advertidas a não caminhar, dirigir ou andar sozinhas. E em geral, devem se comportar de maneira conservadora", disse Lyric.

2 - Brasil

"O próximo destino foi o Brasil, que teve um desempenho ruim tanto na segurança das ruas quanto no homicídio doloso contra as mulheres.

Este país ensolarado também obteve baixa pontuação no índice de igualdade de gênero global. O governo dos Estados Unidos alerta os turistas para não andarem sozinhos à noite. Ou resistirem fisicamente a qualquer tentativa de roubo".

3 - Rússia

"Com baixa pontuação, tanto no quesito homicídio intencional contra mulheres, quanto na violência sexual praticada por não-parceiros, a Rússia vem em terceiro lugar em nossa lista.

O país da vodka também teve um desempenho ruim em várias categorias. Foi o nono pior em discriminação legal contra as mulheres. Felizmente, o movimento #MeToo tem emplacado manchetes na Rússia e influenciado gradualmente na melhoria da situação".

4 - México

"Como o México é de longe o país mais visitado pelos norte americanos entre os cinco piores, realmente chamou nossa atenção. As três áreas em que o país obteve classificação ruim foram segurança nas ruas, homicídio intencional e violência sexual praticada por não-parceiros.

Na verdade, o México ficou entre os quatro piores em todas as três categorias. Muitas reportagens afirmam que, infelizmente, o destino tem se tornado cada vez mais inseguro. E é melhor ficar apenas nos limites do seu resort, para minimizar inconvenientes".

5 - Irã

"Dos 50 países mais visitados, o Irã tem a pior pontuação no estudo Global Gender Gap. Que é o ranking de igualdade de gênero publicado pelo Fórum Econômico Mundial.

O país também se classificou mal nas categorias de desigualdade e discriminação, ficando em quinto lugar em nosso índice. O Irã tem, no entanto, baixa taxa de homicídio doloso contra as mulheres."

6 - República Dominicana

"A República Dominicana é um destino extremamente popular para os turistas norte americanos. E recentemente tem sido foco de manchetes após uma série de mortes misteriosas.

Em nosso índice, a ilha do Caribe ficou em sexto lugar, com pontuação particularmente ruim em segurança nas ruas. Seja o recente discurso da mídia real ou não, nosso estudo certamente descobriu que a República Dominicana não é segura para mulheres que viajam sozinhas. Isso nos surpreendeu. Porque antes da recente sequência de eventos nunca tínhamos ouvido falar de problemas com turistas que visitaram o país".

7 - Egito

"O Egito se classificou especialmente mal, em diferença global de gênero, ele foi o quarto pior. E desigualdade de gênero ficou em sexto pior. O país também foi o décimo, quanto à segurança nas ruas.

A lista de piores países continua com Marrocos, Índia, Tailândia, Malásia, Arábia Saudita, Turquia, Argentina, Chile, Camboja, Barein, Tunísia, Estados Unidos e Ucrânia.

Além disso, tem leis de casamento e divórcio ruins e baixa representatividade governamental. Entretanto, há um recente esforço para diminuir a diferença de gênero. Com a concessão de mais de 600 bolsas de estudo destinadas a mulheres para as áreas de ciência, negócios e engenharia".

Esses são alguns do piores lugares para as mulheres viajarem sozinhas. Mas é claro que nem todos os países representam tanto perigo para as viajantes. Os cinco países mais seguros para uma mulher ir sozinha são: Espanha, Singapura, Irlanda, Áustria e Suíça.

Próxima Matéria
Via   Forbes  
Bruno Dias
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+