• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 personagens da DC Comics que veem seus poderes como uma maldição

POR Gabi Noronha    EM Fatos Nerd      27/09/19 às 19h42

Muitas pessoas dariam qualquer coisa para ter superpoderes. Ficar invisível, voar, ser mais rápido da luz, telepatia, telecinese. Muito por causa das histórias em quadrinhos, não falta opções para escolher. Alguns personagens usam suas habilidades especiais para fazer o bem enquanto outros as usam para o mal. Seja como for, sempre existe o grupo que encara seus poderes como uma maldição.

Seja pela forma como conseguiram, pela forma como se manifestam ou pelo estragam que provocam no próprio indivíduo. Embora a ideia seja atraente, adquirir certas capacitações pode estar acompanhado de um azar duradouro. Pensando nisso, separamos alguns personagens da DC Comics que veem seus poderes como uma maldição e não uma dádiva.

1 - Magia

June Moone era uma artista que não queria briga com ninguém. Para seu grande azar, certa vez, durante um trabalho, ela cruzou caminho com uma força mágica que apoderou de seu corpo para combater uma presença maligna. E não a largou desde então. A entidade se manifesta quando June profere a plavra "magia". Outras vezes não espera ser convidada. Fato é que que June vive numa batalha intensa para manter a sanidade. Agindo mais como vilã e, vez por outra como anti-heroína, houver várias tentativas de separar Magia de June. Mas sem sucesso. Eventualmente, June cede a loucura.

2 - Nevasca (Killer Frost)

A personagem passou por reformulação em os Novos 52, ganhando nova versão. A Dra. Caitlin Snow integrava a equipe de cientistas dos Laboratórios S.T.A.R. Certa vez, ela foi enviada até o Ártico para cuidar de um projeto de motor termodinâmico, do qual o criador havia cometido suicídio. Quando chega no destino, o local está tomado por agentes da C.O.L.M.E.I.A. Eles usam o motor termodinâmico para tentar matá-la, mas o efeito acaba lhe dando poderes relacionados ao congelamento. Ela mata todos eles e foge de lá. Sem qualquer esperança de cura, desde então, Caitlin flerta com a vilania e o heroísmo.

3- Cyborg

Existe várias versões de Victor Stone e, de forma geral, ele é retratado como um personagem mais sério. Ele carrega a culpa pela morte da mãe e passou momentos difíceis com seu pai. Apesar de ele ter lhe salvado a vida, Victor acreditava que era melhor ter morrido do que permanecer metade máquina. Levou algum tempo até Victor aceitar a nova realidade, aprender a viver consigo mesmo e fazer a diferença como Cyborg.

4 - Desafiador (Deadman)

Boston Brand era um trapezista que se apresentação sob o nome Desafiador. Ele foi assassinado, mas ganhou uma segunda chance de Rama Ksushna, um deus hindu. O problema, porém, é que Boston se transformou em uma espécie de espectro. Ganhou o poder de possuir outros corpos e vaga pelo mundo escolhendo as pessoas que julga adequadas. Não estando nem vivo, nem morto, seu maior ressentimento é existir tão perto da vida sem verdadeiramente vivê-la.

5 - Homem-Robô

Cliff Steele era um famoso piloto de corridas da 500 Milhas de Indianápolis. Ele morreu na pista, após um grave acidente. Contudo, de alguma forma, seu cérebro ainda estava em atividade. Então, o Dr. Niles Caulder o implantou num corpo robótico. Assim como Victor Stone, Cliff levou muito tempo para se acostumar com a nova realidade. Ele desenvolveu depressão e tinha várias crises de raiva. Diferente de Victor, Cliff já não sentia absolutamente mais nada. Aos poucos, ele perdeu as lembranças das sensações do toque, do cheiro e qualquer tipo de contato. Mais robô do que homem.

6 - Jason Blood

Na época de Camelot, Merlin invocou seu meio-irmão demônio Etrigan para tentar salvar o reino. Sem sucesso, o demônio foi selado no jovem cavaleiro Jason Blood, o tornando um ser imortal. Blood, contudo, não encarou os fatos com animação. Muito pelo contrário, ele enxerga a vida eterna como uma maldição. Ao longo dos anos, ele fez inúmeras tentativas de se livrar de Etrigan. Além de fracassar, algumas vezes os resultados foram desastrosos.

7 - Metamorfo

Rex Mason era um arqueólogo e, assim como June Moon, não procurava encrenca com ninguém. Isso não quer dizer que ela não o encontrou. Mason trabalhava para as Indústrias de Simon Stagg na época em que descobriu o Orbe de Rá. Ao ser exposto por sua radiação, ele adquiriu poder de transformar seu corpo em qualquer elemento química, mantendo a homogeneidade. A partir de então, Rex Mason passou se considerar uma aberração. Ele sempre tenta encontrar uma cura para sua condição, ao mesmo tempo que a usa para tentar fazer o bem.

Próxima Matéria
Via   CBR  
Gabi Noronha
Resumindo, é basicamente isso! Mais aventuras em Instagram: @gabinoronhaf
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+