icone menu logo logo-fatosnerd.png


7 reboots e remakes duvidosos já feitos e o que poderia ter sido feito no lugar

POR Toni Nascimento EM Fatos Nerd 13/07/18 às 14h15

capa do post 7 reboots e remakes duvidosos já feitos e o que poderia ter sido feito no lugar

Você acha que vivemos na era dos reebots e remakes? Hollywood perdeu sua criatividade? O filme do Pelé era realmente necessário? Desculpa pela última, mas é que se passaram dois anos e eu ainda não superei. Voltando aos reboots e remakes, há muito tempo se discute a falta de criatividade em Hollywood, que, segundo algumas pessoas, não cria mais nada novo. A verdade é que a realidade não é bem assim. Histórias requentadas são bem populares na indústria cinematográfica desde os primórdios do século XX. As idéias são sempre recicladas e reutilizadas e, assim, a linguagem cinematográfica vai sendo escrita, também, nessas releituras. E fica esperto porque tem muita produção original sendo feita, só que as vezes não estão nos holofotes.

Tem reebot para tudo quanto é gosto. Infelizmente, nem sempre saem coisas boas daí. Tem muito reeboot bom. Aposto que até hoje você chora com o final de Titanic, né? Espero que você saiba que ele é não era original. James Cameron fez a releitura de vários filmes que contam a história do navio mais famoso do mundo. Em compensação, também tem muita coisa ruim ganhando o mundo. Então o que acha de fazermos uma brincadeira? Continue lendo, e vou te mostrar 7 reebots que não deveriam nem ter sido produzidos, e outros 7 que poderiam ter sido feitos no lugar.

1 - Filme: Power Rangers (2017)

Os Power Rangers já são quase um patrimônio da humanidade. São milhões de temporadas sobrevivendo há mais de 20 anos na TV e várias gerações de primos brigando para ver quem será o ranger vermelho. Em 20 de outubro de 1995 foi lançado o longa Power Rangers: O Filme. No ano passado, em 2017, um novo longa dos rangers, com mesmo nome, foi lançado. Apesar do filme não ser um desastre, ele não caiu no gosto do público.  O filme acerta no desenvolvimento dos personagens e na relação dos mesmos, mas peca na falta de ação e transformação dos heróis ao longo do filme. É um filme ok e poderia facilmente ter sido substituído por...

... Mortal Kombat (1995)

Em uma coincidência do destino, o filme Mortal Kombat original também foi lançado em 1995. Considerado um erro na época de lançamento, hoje é quase um filme cult, adorado pelos mais saudosistas. Temos a confirmação de que um novo Mortal Kombat está sendo feito, sem data de lançamento ainda. Mesmo com sua ressurreição no cinema já praticamente certa, não custaria ter adiantado o seu retorno no lugar de Power Rangers. Se eles não deixassem os lutadores sem lutar o filme inteiro, estaria tudo certo.

2 - Filme: Carrie, a estranha (2013)

Martin Scorsese, Steven Spielberg, Francis Ford Coppola, George Lucas e Brian de Palma eram um grupo de amigos quando começaram a revolucionar o cinema em Hollywood. Considerados gênios do cinema, todos foram responsáveis por filmes memoráveis em todos os gêneros. Apesar de ser o diretor menos prestigiado entre os cinco (mas ainda sim não pouco prestigiado), Brian de Palma foi o responsável por filmes de máfia (Scarface) e até por filmes de ação blockbuster (Missão Impossível). Um dos seus clássicos é Carrie: A Estranha, uma adaptação da obra literária de mesmo nome do Stephen King. Em 2013, tentaram reviver o longa, e realmente não ficou bom. Apesar de algumas cenas fortes que poderiam, em um filme melhor, ter dado muito certo. A releitura perdeu força com um roteiro meio preguiçoso que ainda perde para o original. No lugar poderia ter sido feito...

... Cemitério Maldito (1989)

Filme de 1989, Cemitério Maldito tem em sua essência uma pegada de filme trash. O longa conta a história de uma família que se muda para um lugar pacato em frente a uma avenida movimentada. Do outro lado da rua, para lá de uma pequena mata, há um cemitério (ele mesmo, o maldito) onde é possível trazer de volta à vida aqueles que já se foram. Só que quando voltam, eles já não são mais os mesmos. Contar mais do que isso já seria spoiler. Uma das adaptações da obra de Stephen King que menos recebe atenção, é também uma das mais interessantes, merecendo muito mais voltar aos cinemas que Carrie, cujo longa original ainda está bem estabelecido.

3 - Filme: Psicose (1998)

Talvez este seja o filme que mais deveria parar na gaveta. Psicose é o filme de Alfred Hitchcock com maior número de adoradores por aí. É considerado um clássico do cinema e é quase impossível achar defeitos quando se trata do original. Porém, em 1998, Gus Van Sant assume o remake do clássico. O resultado não é nada bom, e isso é quase uma unanimidade entre quem já assistiu os dois longas. O filme replica quase todas as cenas do original, sem mudar praticamente nada, a não ser por agora o filme ser em cores. Isso torna o longa totalmente dispensável uma vez que já temos o original. No lugar poderia ter sido feito...

... Os Passáros (1963)

Outro clássico de Hitchcock, Os Passáros conta a história de um ataque de pássaros em uma cidadezinha pequena bem na época em que uma jovem mulher vai atrás de um homem por quem se interessou. Apesar de simples, seria delicioso ver o que poderia ser feito com Os Pássaros no fim do século XX, quando os efeitos especiais já estavam em uma crescente interessante. Imaginem só como seria Os Passáros dirigido por Steven Spielberg?!

4 - Filme: Batman Eternamente (1995)

Tudo bem, eu disse que o segundo Psicosse talvez fosse o filme que menos deveria ter existido. Eu errei. Ele não é o único. Batman Eternamente vem após Batman O Retorno (direção de Tim Burton) e tem a responsabilidade de reiniciar o universo. Infelizmente era melhor termos continuado no universo de Tim Burton porque este novo longa foi uma sucessão de erros. Apesar de existirem nomes impecáveis no elenco, como um Jim Carrey em início de carreira, Tommy Lee Jones no auge, e Nicole Kidman, ainda sim é difícil segurar a onda diante de tantas piadas forçadas, cores pulsantes, personagens caricatos demais e um roteiro péssimo. Era melhor terem feito...

...Superman (1978)

Eu sei que, em tempos nos quais a DC desliza no cinema e o Superman de Henry Cavill não é adorado por todos, parece meio difícil acreditar no potencial da marca. Porém nem sempre foi assim e Superman - O Filme, de Christopher Reeve foi (e ainda é) considerado um dos melhores já feitos no gênero. Talvez teria sido interessante se a DC tivesse feito um reboot na década de 1990 ao invés de passar vergonha colocando no ar a piada que foi Batman Eternamente.

5 - Filme: Robocop (2014)

Em 2014 estreou Robocop, retorno do policial de ferro comandado por José Padilha. A expectativa era alta, uma vez que o Brasil tinha chance de brilhar lá fora. Infelizmente não foi bem isso que aconteceu. O filme não é um desastre total, mas nem chega perto de brilhar. Toda a originalidade e frescor do longa original se perdem nessa releitura morna, em que Padilha pesa sua assinatura crítica e pessoal demais no filme. Foi um desperdício, e teria sido melhor ver o retorno de...

... O Gigante de Ferro (1999)

A animação O Gigante de Ferro não traz críticas sociais fortes iguais ao Robocop original, mas é um filme que talvez valesse a pena fazer outra vez. O longa conta a história de Hogarth, um garoto de nove anos que encontra um robô e os dois criam um forte laço de amizade. No entanto, um agente do governo quer destruir o robô alienígena a qualquer custo. Ele poderia acontecer em forma de live-action, como a Disney tem feito com muitas animações antigas.

6 - Filme: Planeta dos Macacos (2001)

A franquia Planeta dos Macacos está em alta hoje em dia devido à última trilogia que terminou em 2017, e que trouxe novos ares para essa velha história. Infelizmente não foi sempre assim. Em 2001, quando Tim Burton pegou a franquia para contá-la sob seu ponto de vista, ele viu um dos seus primeiros filmes naufragar na bilheteria. Aqui talvez o problema não tenha sido uma história com direção ruim, mas sim a assinatura pesada do diretor. Talvez tivesse sido melhor fazer um novo...

... Alien (1979)

Sem ainda ter surgido Prometheus e logo após duas sequências fracassadas da franquia, talvez 2001 fosse o ano perfeita para um reboot total do filme. Um longa com o alienígena mais aterrorizante de todos poderia ter sido muito mais produtivo e divertido que o fraco Planeta dos Macacos de Tim Burton. E quem sabe os rumos da marca Alien estivessem melhores hoje em dia.

7 - Filme: Desejo de matar

Um novo Desejo de Matar chegou aos cinemas esse ano, mas ninguém gostou (ou viu). O longa conseguiu a proeza de não agradar nem o público geral e nem a crítica especializada. Diante de tantos filmes de ação do século passado voltando a ganhar novas versões, a última coisa que se espera é que essas obras, que antes tinham tanta personalidade, voltem genéricas. E Desejo de Matar não passa de um longa genérico. Teria sido melhor terem feito...

... Demolidor (1993)

Não estamos falando de Matt Murdock, o Demolidor da Marvel. Eu estou falando do demolidor de Silvester Stallone. Aqui, ele e o bandido, interpretado por Wesley Snipes, são congelados e descongelados depois de 36 anos no futuro. Um clássico da ação. Apesar de não ser tão velho (o que são 25 anos?), já merecia ter sua história atualizada. Talvez pudesse até rolar uma participação pequena do Stallone, dando a sua benção para o novo filme.


Próxima Matéria
Via   C  
Imagens HM OV
avatar Toni Nascimento
Toni Nascimento
Nerd, mas principalmente amante do cinema. Mais em @nascimento_toni
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest