• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 pessoas normais que se transformaram em super heróis inesperadamente

POR A redação    EM Curiosidades      21/12/18 às 17h37

Nas séries e quadrinhos os super-heróis salvam milhares de pessoas todos os dias. Batman, Homem Aranha, Mulher Maravilha usam seus poderes ou habilidades para ajudar as pessoas. Só que isso se limita à ficção. Na vida real, outras pessoas lutam diariamente para o bem público, são policiais, bombeiros, médicos e diversas outras profissões. Profissionais que muitas vezes dão a vida para ajudar o próximo.

Além daqueles que se preparam e estudam para salvar vidas, existe quem faça isso apenas pelo gesto de bondade. A vontade de fazer algo para o mundo e ajudar quem precisa. São os heróis do dia-a-dia. Pessoas normais que arriscam-se para tornar o mundo melhor. Contadores, eletricistas e qualquer outra profissão. Até o seu colega de escritório pode ser um desses. Confira 7 histórias de super-heróis normais, que não usam capa ou máscara, mas salvaram muitas vidas.

1- Um ex-eletricista que salva crianças e adolescentes da prostituição

Tony Kirwan se passa por pedófilo para salvar crianças e adolescentes da prostituição. O trabalho do homem não é nada fácil. Ele passa suas noites revirando as ruas de Manila, capital de Filipinas, procurando jovens profissionais do sexo. Chega aos bares e bordéis, encontra algum responsável e diz que procura meninas mais novas que as que estão ali.

Para ter provas, ele sempre usa câmeras escondidas. Ao encontrá-las, as leva como se fosse um cliente normal. Para ganhar a confiança das garotas, ele não as toca de forma inadequada. No inicio, ele as levava diretamente para à assistência social. Agora, Kirwan também fundou uma organização chamada Destiny Rescue, conta com uma grande equipe de voluntários, que juntos resgataram 2.000 crianças somente nos últimos sete anos.

2-Bike Batman

Um engenheiro de Seattle, atua como um vigilante e foi apelidado de "Bike Batman". Ele devolveu 22 bicicletas roubadas com a missão de manter a reputação de Seattle. O vigilante anônimo vasculha sites de venda como Craigslist, OfferUp e grupos do Facebook.

Depois, lista produtos suspeitos com preço muito abaixo do mercado e faz referências cruzadas com itens que foram roubados no site Bike Index. É uma tarefa demorada, demanda cerca de 6 horas diárias de trabalho. Além de bicicletas, ele também procura por carros roubados. Em 2017, foi baleado enquanto perseguia um desses carros.

3- Uma cientista de foguetes e uma romancista uniram-se para resolver mistérios genéticos

A paixão pela genealogia e pela justiça uniu uma doutora em física nuclear e um escritora por um bem maior: desvendar mistérios através da ciência. Colleen Fitzpatrick e Margaret Press em toda carreira foram ligadas à solução de casos não resolvidos.

Collen descobriu a identidade de um bebê que se afogou no Titanic. Margaret tinha experiência em pesquisar assassinatos arquivados e costumava ajudar pessoas adotadas a encontrarem seus pais biológicos. Juntas elas criaram o DNA Doe Project, organização sem fins lucrativos que usa a genealogia para descobrir a identidade de cadáveres.

Um caso famoso resolvido por elas é o da"Buckskin Girl", que confundiu os investigadores, mas elas resolveram em apenas quatro horas. Através da pesquisa do DNA em um banco de dados de genealogia pública, recriando sua árvore genealógica.

4- Um contador identifica cadáveres através de esboços da polícia

Carl Koppelman é um ex contador da Disney. Passa muito tempo na internet, seu vício é identificar vítimas de assassinato há muito tempo esquecidas. Em uma das madrugadas vasculhando a internet, encontrou um site de investigadores amadores. O site tem um fórum específico para identificar os mortos John e Jane Does.

Ele usou esboços da polícia e começou a modificar fotos de cadáveres não identificados para simular como elas se pareceriam se estivessem vivas. A ideia de Carl deu certo. Em 2015, ele conseguiu resolver um caso arquivado desde 1979. Através de um teste de DNA, a versão dele foi confirmada.

5- As mulheres que descobrem farsas em campanhas de arrecadação

Diariamente surgem de campanhas em apoio à diversas causas. Animais, crianças, pessoas doentes e outros assuntos. Algumas causam muita comoção e arrecadam boas quantias de dinheiro. É o caso de um

gato que foi atropelado, enterrado vivo mas que conseguiu voltar à vida. A "vaquinha" para seu tratamento recebeu mais de 6 mil dólares. Em uma investigação, a repórter financeira Adrienne Gonzalez descobriu que não havia contas. A Humane Society estava pagando por tudo.

Depois disso, ela criou o GoFraudMe, um site que rastreia golpes de vaquinhas. Mas ela não é a única que trabalha nesta área. Taryn Wright também investiga essas fraudes. Ela criou o blog Warrior Eli Hoax para divulgar as farsas.
Desde então, Wright expôs muitos outros golpistas desavergonhados.

6- O homem cego que salvou seu vizinho também cego de um incêndio

Em um dia normal, o senhor Jim Sherman foi informado que a vizinha idosa estava presa em sua casa em chamas. Jim é cego mas mesmo assim não hesitou em tentar salvá-la, que também é cega.  Jim deslizou debaixo de uma cerca para que pudesse descobrir onde estava Annie Smith. Usou sua bengala para ajudar a procura. Quando chegou à casa, tateou o local até achar a senhora.  Jim conseguiu salvá-la. Não só ela, como como todos os animais de estimação. Só depois que todos estavam à salvo, chamou os bombeiros.

7-  Homem salva 20 de afogamento

Em 1976, Shavarsh Karapetyan treinava quando viu um ônibus com 92 passageiros cair em um reservatório. O nadador conseguiu salvar 20 pessoas. A tática dele durava cerca de 30 segundo para salvar cada pessoa. Mergulhou por 10 metros de água gelada, chutou a janela do ônibus e começou a puxar dezenas de vítimas para fora.

Além desse ato heróico, oito anos depois, salvou várias pessoas em um prédio em chamas. Sofreu queimaduras graves no processo. Pela bravura, recebeu um Emblema de Honra da antiga URSS e outros prêmios.

Próxima Matéria
A redação
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+