• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 pessoas que morreram e ''ninguém'' percebeu

POR Bruno Dias    EM Curiosidades      04/10/19 às 16h40

Inúmeras mortes são noticiadas todos os dias em TV's, jornais e até mesmo filmes e séries do mundo inteiro. Elas ficam marcadas, seja pelos motivos que levaram um ser humano a tirar a vida de outro, ou pela imensa crueldade e extrema barbárie com que os assassinos executam as suas vítimas.

Segundo uma máxima, viemos sozinhos para este plano e vamos morrer igualmente sozinhos. Em alguns casos, isso é uma verdade ainda maior. Pessoas já morreram e, surpreendentemente, ninguém notou suas mortes por um tempo. Parece estranho, e até mesmo improvável, mas isso já ocorreu algumas vezes. Falamos aqui de alguns exemplos.

1 - Padeiro alemão

Na Alemanha, o cadáver de um padeiro ficou intocado por oito anos, no apartamento onde ele morava. O corpo foi descoberto por acidente, por causa de um incêndio no prédio. Os restos mortais de Heinz Hz, que morreu com 59 anos, foram encontrados ao lado do seu cachorro que, muito provavelmente, morreu de fome.

Os bombeiros arrombaram a porta do apartamento, quando estavam fazendo o processo de evacuação dos moradores. O homem não tinha sido visto, desde 2011. Os vizinhos notaram um cheiro estranho, mas o proprietário do apartamento disse que aquilo era normal. E por mais que uma vizinha já tivesse suspeitado um tempo antes, ninguém fez nada a respeito.

2 - Encontrado com o Google Earth

Os restos mortais de um homem morto, há duas décadas, nos EUA, foram encontrados dentro de um carro, que estava submerso em um lago. E isso, graças ao Google Earth. Em novembro de 1997, William Moldt foi dado como desaparecido em Lantana, na Flórida. Na época, o homem estava com 40 anos e nunca mais voltou para casa, depois de um noite em uma boate.

O inquérito foi aberto, mas como a investigação não avançou, a polícia encerrou o caso. Vinte e dois anos depois, a polícia recebeu uma denúncia de que havia um carro, no fundo de um lago, em Moon Bay Circle, na Flórida. Quando eles tiraram o carro da água, os restos mortais foram descobertos. Depois de uma semana, eles confirmaram que eram de Moldt.

3 - Morta na frente da TV

Depois de 42 anos, os restos mortais de Hedviga Golik foram encontrados em frente à sua televisão. A mulher nasceu em 1924, e supõe-se que ela havia preparado uma xícara de chá, antes de se sentar em sua poltrona. De acordo com a polícia croata, a mulher foi vista por seus vizinhos, pela última vez, em 1966, quando tinha 42 anos.

Os vizinhos acharam que ela tinha se mudado. Mas o corpo foi achado quando a polícia invadiu o apartamento, para ver quem era o dono daquele lugar. E os oficiais disseram que o apartamento parecia parado no tempo.

4 - Três anos sem ninguém perceber

Em janeiro de 2006, os funcionários, de uma associação de moradias do norte de Londres, que estavam recuperando uma cabeceira em Wood Green, descobriram uma coisa inesperada. Deitado num sofá do local, estava o esqueleto de uma mulher de 38 anos. E a mulher estava morta há praticamente três anos.

Ela teria morrido no final de 2003, e seus restos mortais foram descobertos somente três anos depois. Surpreendentemente, mesmo com o forte cheiro de decomposição, que exalava do seu apartamento.

5 - Corpo mumificado

Os restos mumificados de uma autora, ativista e professora da Chicana, foram encontrados na sua casa, em Santa Fé, no Novo México. De acordo com as autoridades e membros da família, o corpo de Barbara Salinas-Norman, de 70 anos, poderia estar há mais de um ano, em sua casa.

O corpo foi achado por seu cunhado, Louis Ponce. Ele foi até a casa de sua cunhada, para encontrá-la de qualquer jeito. Porque fazia muito tempo que ela não era vista.

6 - Descoberto por faxineiros

Um homem ficou morto em seu apartamento, durante dois anos, sem ninguém perceber que ele estava morto. Os restos de Simon Allen foram descobertos quando os faxineiros foram até a sua casa. Seu corpo foi encontrado atrás de uma poltrona na sala de seu apartamento, em Brighton, East Sussex.

7 - Mulher solitária

Em agosto de 2013, o corpo em decomposição de Geneva Chambers foi achado em sua casa, na Flórida. Quem achou o corpo foi o seu paisagista. Quando a polícia foi investigar, eles viram que a mulher, quando estava viva, preferia ficar só e dizia aos vizinhos, para saírem de sua propriedade. A mulher estava morta em sua casa por três anos.

Próxima Matéria
Via   Uol     BBC     Oddee  
Imagens Uol BBC Oddee
Bruno Dias
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+