• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 pessoas que receberam um tiro na cabeça e surpreendentemente sobreviveram

POR Isabela Ferreira    EM Experiências      26/06/18 às 18h06

Sempre que ouvimos falar sobre alguém que tragicamente levou um tiro, a primeira coisa que vem em mente é que ela não sobreviveu. Se o tiro for na cabeça então, a situação se agrava ainda mais, deixando as possibilidades de sobrevivência muito mais remotas. É por isso que quando conhecemos casos de pessoas que conseguiram sair vivas desse tipo de situação ficamos tão impressionados.

Embora consigam sobreviver, a maior parte delas acaba ficando com graves consequências, desde traumas psicológicos até deformações faciais. Mas o que realmente chama atenção é que em quase todos os casos aqui mencionados, são abordadas histórias de pessoas que sofriam de depressão e tentaram tirar a própria vida. Dessa forma, o que nos resta é deixar o alerta: esteja sempre atento ao comportamento daqueles que estão ao seu lado. Estenda a mão, ajude, dê a força que a pessoa precisar e busque por ainda mais ajuda.

E se você estiver deprimido e pensando em coisas ruins, não tenha medo de compartilhar seus problemas. Busque por um ombro amigo e de preferência tenham também ajuda profissional. Depressão é coisa séria!

1 - Christen McGinnes

Foi durante a manhã do dia 22 de outubro de 2010, que Christen McGinnes, de 45 anos, decidiu cometer suicídio. Ela estava passando por uma fase mito difícil. Havia acabado de perder o emprego onde trabalhou por 18 anos, fazia pouco tempo que a mãe havia morrido, perdeu o seguro e até mesmo o cachorro. Deixou de tomar seus remédios e se afundou na bebida.

Tinha uma arma em casa e decidiu que daria fim à própria vida. Foi até a varanda e tentou disparar contra o queixo, pois era doadora de órgãos e queria preservar a maior parte deles. Na primeira tentativa não conseguiu. Na segunda, a bala atravessou sua cabeça destruindo a mandíbula e seu olho direito, mas incrivelmente, ela apenas perdeu a consciência mas não morreu.

Foi regatada a tempo, teve sua mandíbula reconstruída com placas de ferro e hoje trabalha como voluntária, ajudando outras pessoas que sofrem de depressão, para que o mesmo não aconteça a elas.

2 - Victor Sibson

No dia 19 de abril de 2017, por volta das 2 horas da manhã, Victor Sibson, que na época tinha 21 anos, pegou uma arma e disparou contra sua têmpora esquerda. A bala passou por trás de seu olho antes de sair de sua cabeça e, infelizmente, acabou acertando a namorada Brittany-Mae Haag, que estava atrás dele quando tudo aconteceu. Desesperada e ferida, ela criou forças e conseguiu pedir ajuda para um vizinho.

Por ironia do destino, Sibson acabou sendo salvo e recebeu alta semanas depois, após passar por algumas cirurgias. Por outro lado, Haag morreu pouco depois de pedir por socorro. O jovem foi julgado por assassinato em primeiro grau, mas logo foi liberado, uma vez que os promotores concluíram que ela morreu enquanto tentava impedir Sibson de se matar.

3 - Andy Sandness

Durante a noite do dia 23 de dezembro de 2006, Andy Sandness, que na época tinha apenas 21 anos e  sofria de depressão, decidiu disparar o gatilho de uma arma contra seu queixo. Imediatamente após o ato e ainda consciente, ele afirma que já havia se arrependido. No entanto, naquela altura seu rosto já estava completamente destruído e ele corria alto risco de morrer. Foi levado às pressas para o hospital, onde passou por cirurgias e conseguiu se recuperar. Entretanto, os cirurgiões não conseguiram reconstruir seu rosto.

Ele tinha apenas 2 dentes na boca, que por sinal, praticamente nem existia. No lugar da boca ele tinha apenas um buraco de 2,5 centímetros, que mal cabia a comida. Ele sempre precisava dividir o alimento em pedaços pequenos se quisesse comer. Mas as coisas acabaram mudando para Sandness. Infelizmente, um outro jovem chamado Calen Ross também acabou atirando contra si mesmo, mas este, não teve a mesma sorte de sair vivo.

Os médicos então, tiveram a ideia de fazer um transplante de rosto, aproveitando a pele de Ross. Assim fizeram e tudo correu muito melhor do que poderiam imaginar. O transplante durou mais de 56 horas, mas Sandness afirma que tudo valeu a pena e aprendeu a lição, agora segue feliz.

4 - Adolescente não identificado

Em 10 de novembro de 2015, durante uma aula de inglês na Lecanto High School, Flórida, um estudante de apenas 15 anos de idade revelou que portava uma pistola 9 mm. Ao contrário do que a polícia acreditava, ele não era um atirador que dispararia contra os outros alunos. Ao invés disso, era um jovem deprimido que pretendia cometer suicídio.

Puxou o gatilho contra a própria cabeça. No entanto, não morreu, mesmo estando gravemente ferido. Imediatamente o socorro foi chamado e tiveram que levá-lo para o hospital de helicóptero. Felizmente conseguiu sair vivo e a polícia concluiu que o único motivo para que ele tivesse feito isso era a depressão.

5 - Darnal Mundy

Foi no dia 4 de agosto de 2015, que Darnal Mundy, de apenas 3 anos de idade, acabou disparando contra si mesmo. O garotinho brincava nas gavetas do quarto enquanto os pais dormiam, em Miami. Tudo aconteceu por volta das 6 horas da manhã. Ele encontrou uma pistola carregada e acidentalmente, acabou disparando contra a própria cabeça.

Os pais acordaram com o barulho do estrondo e imediatamente o levaram para o hospital. Por muita sorte o tiro não acabou com a vida de Mundy. Ele sequer perdeu a consciência e apenas passou por uma cirurgia da qual se recuperou poucos meses depois.

6 - Abebe Teferi

Diferente do restante dos casos, este se trata de um crime passional. Foi no dia 06 de janeiro deste mesmo ano, aproximadamente por volta das 6h25 da manhã, que Abebe Teferi, de 57 anos, foi até a loja onde a esposa trabalhava como caixa, e disparou vários tiros contra ela. Após se certificar de que estava morta, decidiu tirar a própria vida e deu um tiro contra sua cabeça.

No entanto, ao contrário do esperado ele não morreu. Foi imediatamente socorrido e levado para a emergência, onde foi tratado e vem se recuperando. As investigações descobriram que o casal já estava separado há 3 meses mas ele nunca conseguiu superar o término, então agiu dessa forma. Assim que estiver completamente recuperado, será julgado por homicídio.

7 - Melissa Smith

Melissa é uma mulher que aos 26 anos tentou tirar a própria vida. No dia 17 de outubro de 2016, após muito tempo lidando com a depressão, ela enviou mensagens de despedida para a família e fez um post no Facebook, pedindo ao vizinho que ligasse para o socorro. Dentro do quarto, em sua casa na Pensilvânia, ela pegou uma arma, a posicionou bem acima dos olhos e puxou o gatilho.

A bala acabou se estilhaçando dentro de sua cabeça, com fragmentos voando por todo seu cérebro, pescoço e seios. Com a força do impacto, seu olho direito acabou estufando para fora. Por muita sorte o socorro chegou a tempo e não permitiu que ela morresse. Oito dias após o ato foi operada e passa muito bem. No entanto, acabou perdendo por completo a visão de seu olho direito e não consegue mais sentir o cheiro ou gosto das coisas.

E então pessoal, o que acharam? Casos realmente impressionantes, não é mesmo? Compartilhem suas ideias com a gente aí pelos comentários!

Próxima Matéria
Isabela Ferreira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+