icone menu logo logo-fatos-desconhecidos.png


7 pessoas que tiveram a sua vida salva por algo estupido

POR Eduardo Coelho EM Ciência e Tecnologia 01/09/15 às 09h49

capa do post 7 pessoas que tiveram a sua vida salva por algo estupido

Existem algumas coisas que acontecem nas nossas vidas, porque simplesmente devem acontecer. Independente da sua crença religiosa (ou da ausência dela), existem percalços ao qual  parece que estamos predestinados a passar. Melhor ainda quando eles acabam assolando nosso caminho de modo que tenhamos a bagagem para conseguirmos adquirir a imunidade e a resistência, para vencermos em todos os segmentos da vida.

Já pensou por exemplo, que um cão ao ingerir o dedão do pé de um senhor com diabetes, acabou salvando-o de uma morte instantânea? Curiosamente bizarro e estranho, não?

Dentro dessa ótica, vamos nomear para vocês 7 coisas realmente incríveis, que aconteceram de situações e coisas praticamente inexplicáveis. O primeiro lugar da nossa lista vai surpreender muita gente. Confira agora mesmo e tire suas conclusões:

7. Um homem evitou sua morte por diabetes, quando seu cão comeu o seu dedão do pé

Jerry Douthett morador de Michigan, nos Estados Unidos, estava com seu dedão apodrecendo e vazando uma secreção incessantemente, especificamente o do pé esquerdo. Certo dia, ele e a esposa foram a um bar e ele tomou um daqueles porres de apagar. Chegando em casa, desmaiou na cama.

Quando acordou descobriu que estava totalmente sem o seu dedão do pé esquerdo, uma descoberta que o chocou a princípio. Enquanto isso, Kiko, o terrier do casal, "lambia os beiços". O médico da família informou após isso, que o cão salvou a vida de Jerry, e que a carna humana putrificada pelo diabetes, é como um 'doce' para os cães, o que o induziu a essa ingestão e evitou que a diabetes tipo 2 lhe levasse para o caixão.

6.  Ao ser atacada por abelhas, uma moça se livrou da Doença de Lyme

Ellie Lobel aos 15 anos de idade, acabou adquirindo uma doença chamada de Lyme, proveniente de uma mordida de um carrapato. O que a deixou sem poder andar por vários anos de sua vida. Ao encarar a vida com poucas opções de felicidade, decidiu mudar-se para a Califórnia.

Certo dia, ela foi atacada por um enxame de abelhas africanas mortais. Quando achou que iria falecer, acabou literalmente curada pelas abelhas, voltou a andar e a ter uma vida normal.

5. Um homem teve a cegueira curada por whisky

O neozelandês Denis Duthie, sofria com diabetes por vários anos. Em 2012, em uma festa de casamento, ao beber muita vodka, chegou ao ponto de ficar cego graças à doença em si. Quando ele foi levado ao hospital, descobriram que ele tinha tido uma intoxicação por formaldeído, proveniente da mistura de seus remédios, com alcool. E o único modo de neutralizá-lo, seria com alcool puro.

O hospital não tinha disponível álcool em seu arsenal, apenas uma garrafa de 1 litro de Johnnie Walker Black, que foi usado e restaurou a visão de Duthie.

4. Um homem superou transtorno obsessivo-compulsivo com uma arma de lobotomia acidentalmente

Um jovem, na década de 80, aos seus 19 anos, decidiu que deveria tirar a própria vida. Ele sofria de transtorno obsessivo-compulsivo e a mãe o sugeriu que ele desse um tiro na própria cabeça para se livrar dos seus problemas.

Certa manhã ele pegou uma arma e atingiu o seu lobo esquerdo acidentalmente, acabou destruindo completamente o mal de transtorno obsessivo-compulsivo e começou a ter uma vida normal.

3. Roy Oswalt superou uma lesão no ombro acidentalmente ao tomar um choque

Em 1999, a lenda do beisebol norte-americano, Roy Oswalt, foi acometido por uma lesão em seu ombro durante um jogo e não tinha certeza se poderia voltar a lançar as bolas que o consagraram.

Enquanto ele se recuperava em sua casa, mesmo sem saber se poderia voltar ao trabalho que amava, ele tentava arranjar o que fazer para ocupar sua mente. Ao consertar um carro de sua garagem, acabou tomando um choque brutal que o fez recuperar perfeitamente os movimentos de seu ombro e retornou aos gramados.

2. A epilepsia pode ser curada por manteiga e queijo

 

Um garotinho chamado Charlie Smith, de apenas seis anos de idade, sempre teve crises fortíssimas de epilepsia.A sua família, cansada de lutar contra a doença do garoto e não ver resultados, resolveu buscar tratamentos alternativos, voltados para a medicina natural.

O médico em questão, sugeriu que a família trocasse a medicação e as drogas pesadas, por uma solução natural envolvendo uma dieta mais rica em gordura vinda da manteiga, da banha de porco e  de alguns tipos de queijo. Como resultado, o garotinho nunca mais teve nenhuma convulsão epilética.

1. Fumar pode curar doenças intestinais em todo mundo

DII, já ouviu falar? Doença Inflamatória Intestinal, sabia que esse é um mal que assola somente os 'não-fumantes'? Estudos realizados ao longo dos anos, com várias pessoas que fumam pelo menos um maço de cigarros por dia, concluiu que nenhum deles está suscetível a ter esse mal, por no cigarro ter algumas substâncias, entre elas a nicotina, que facilitam o desenvolvimento e relaxamento da musculatura interna, incluindo a movimentação do sistema digestivo, principalmente na área que permeie o intestino grosso e delgado.

Mas antes que você vá na banca da esquina adquirir um cigarro para problemas intestinais, lembre-se que ele causa mal a diversas outras partes do nosso corpo. Seja consciente!

Querido leitor, qual desses relatos citados mais te surpreendeu? Compartilhe conosco a sua opinião.


Próxima Matéria
avatar Eduardo Coelho
Eduardo Coelho
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest