• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 piores acumuladores da história

POR Cristyele Oliveira    EM Curiosidades      18/01/20 às 01h22

No fundo, todo mundo é um pouco acumulador. Todos nós temos guardado coisas em casa, que nunca usamos e que, provavelmente, nunca iremos utilizar. Mas estão lá, e guardamos para o caso de um dia precisar. Se esse dia chegar, a gente tem lá, em algum lugar, em meio a outras mil coisas inúteis. No entanto, acumuladores compulsivos refletem um comportamento atípico que, muitas vezes, é até resultante de algum trauma. Na maioria das vezes, o trauma está relacionando a perda de um ente querido. Acumular muitas coisas inúteis não é bom, e não faz bem a ninguém. E na realidade, pode ser muito mais prejudicial do que você imagina.

Enquanto algumas pessoas acumulam coisas normais, outras apresentam um comportamento assustador, devido ao objeto de acúmulo. Não é nada como uma coleção de cartões antigos ou roupas velhas, que acumulam nos fundos de casa. Coisas bizarras. De lixo até fezes. Confira a seguir, 7 piores acumuladores da história. Te garanto que você nunca viu nada como esses "guardados".

1 - Casa cheia de fezes

Depois que o banheiro de sua casa estragou, uma mulher, chamada Shanna, decidiu fazer suas necessidades em recipientes. Não foi algo que duraria alguns dias, até consertar o banheiro, a mulher fez isso por 12 anos. "Minha mãe costumava colocar cocô em uma jarra", disse ela. Um comportamento que vem de família, pelo visto. Quando os especialistas em limpeza, de um programa de televisão, chegaram na casa, a mulher parecia não ver a mesma casa que eles. Centenas de jarros de fezes estavam espalhados pela casa, criando um odor insuportável. É provável que as glândulas olfativas da mulher tenham sido danificadas, a ponto de ela nem notar o odor que estava a sua residência.

2 - Gatos mortos

Terry é uma dona de casa, que é apaixonada por gatos. O problema é que ela ama tanto esses animais, que quando morrem, ela guarda os corpos. Isso mesmo, ela colocava os corpos dos gatos, na geladeira de casa, para que, um dia, ela os cremasse. Esse dia nunca chegou, e ela foi acumulando gatos na sua geladeira. "Eu realmente sinto que a razão, pela qual coleciono gatos, é que sinto que estou ajudando a salvar alguma coisa", disse a mulher. Ela tinha 50 gatos vivendo em sua casa, que estava repleta de fezes dos animais. Os que morreram ao longo dos anos, foram guardados na geladeira.

3 - Coleção de ratos

Glen é um surfista que gosta muito de ratos. Ele tinha três, um macho e duas fêmeas. Até então, tudo normal, mas, em 2009, os ratos fugiram da gaiola e se espalharam pela casa. Dois anos depois, havia 2.500 deles. "Eu admito prontamente que tenho ratos demais", confessou o surfista. Depois de um episódio de "Acumuladores", dois mil animais foram retirados da sua casa, e o restante foi adotado. Ele ficou com apenas dois, dito por ele, como seus favoritos.

4 - Galões de xixi

Em 2013, as autoridades da cidade de Newtown, no estado de Connecticut, receberam um denúncia anônima de que um vizinho tinha um "tesouro" bizarro em casa. Quando chegaram a residência, um odor terrível exalou. O dono da casa saiu pela porta dos fundos, e as autoridades encontraram 300 galões cheios de um líquido amarelado. Líquido esse que depois foi determinado como urina humana.

5 - 240 bonecas sexuais

Dois idosos, de 65 e 70 anos, e que vivem em Herefordshire, no Reino Unido, têm um interesse particular e até excêntrico, por bonecas sexuais. O casal, Bob e Lizzie Gibbins, guarda em sua casa um total de 240 dessas bonecas. Não dá para dizer o que é mais chocante, se é a coleção bizarra de bonecas sexuais, ou o fato de que eles terem gastado cerca de US$ 160 mil com essa coleção.

6 - 120 toneladas de lixo

Depois que os irmãos Collyer morreram, com apenas duas semanas de diferença, a polícia teve que escavar 120 toneladas de coisas aleatórias na casa deles. Eles viviam como verdadeiros ratos, dentro de "ninhos" improvisados, em meio ao lixo. Para se ter uma ideia, a polícia não conseguiu entrar na casa pela porta da frente, porque 100 quilos de tranqueira bloqueava a porta. Entre o lixo, eles encontraram 25 mil livros, oito gatos mortos, órgãos humanos em jarras, e milhares de garrafas vazias.

7 - Mãe morta

Janet Pallone Delatorre ficou em choque, quando sua mãe, de 98 anos morreu, em 2010. Ela temia que os policias pensassem que ela teria matado a própria mãe, devido ao estado caótico em que a idosa vivia naquela casa. Então, ela não fez nada a respeito e deixou o corpo da mãe mumificar por quatro anos, em sua própria cama. O corpo só foi descoberto em 2014, quando a polícia encontrou a mulher morta, ainda segurando o cobertor.

E você, o que achou desses casos de acumuladores? Qual o mais bizarros na sua opinião? Conta para a gente nos comentários e compartilhe com os seus amigos.

Próxima Matéria
Cristyele Oliveira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+