icone menu logo logo-fatosnerd.png


7 polêmicas que tiveram que ser censuradas em Sakura Card Captors

POR Gabi Noronha EM Fatos Nerd 30/01/18 às 16h00

capa do post 7 polêmicas que tiveram que ser censuradas em Sakura Card Captors

Quando alguma obra de fora chega por aqui, os costumes ou a cultura ali inseridos podem chamar a nossa atenção simplesmente pela diferença. Se isso já ocorre nessa parte do mundo, imagina então programas que vieram lá do oriente. O choque de cultura costuma sempre estar presente em quase todas as obras. Por isso, muitas vezes os canais recorrem a censura para tentar minimizar tais diferenças - um hábito que acontece mais do que as pessoas imaginam. Entre os animes que mais passaram por essa malha filha imperdoável da censura, está Sakura Card Captors.

O título pode ser uma surpresa, afinal, o que de controverso poderia haver nas histórias de Sakura Kinomoto? Bom, apesar de o anime ser bem leve, e não possuir, à primeira vista, temáticas polemicas, ele ainda foi alvo de muita censura quando chegou ao ocidente. Especialmente no que diz respeito a dublagem. Essa foi uma das formas mais eficazes que os canais encontraram de amenizar as situações. A seguir, comentamos alguns exemplos.

1 - Amor entre meninas

Tomoyo é a melhor amiga de Sakura e não mede esforços para agradar e/ou ajudar a moça. Muitas pessoas inclusive acham essa relação muito bonitinha. No entanto, essa intimidade só encobre o fato de que Tomoyo é completamente apaixonada pela amiga. Ela pode até mesmo ser considera uma stalker, já que segue a Sakura sem o seu consentimento. Relações LGBT são muito comuns em animes, mas elas costumam ser censuradas no ocidente.

2 - Amor entre meninos

Assim como a relação de Tomoyo com Sakura foi censurada, a amizade de Toya (irmão da protagonista) e Yukito também passou por alguns retoques. Para olhares mais atentos, é possível perceber que Toya também é muito apaixonado pelo amigo de classe. Um amor, inclusive, correspondido. Quando ele sacrifica seu poder sobrenatural para salvar a vida de Yukito, eles finalmente admitem seu amor um pelo outro. Mas claro, isso foi eliminado da versão americana e, consequentemente, do resto do público.

3 - Desejo por pessoas mais velhas

Sakura tem uma queda enorme pelo amigo de seu irmão, Yukito. Apesar de também estar na escola, ele é bem mais velho que ela. Da mesma forma que relacionamentos LGBT não são (ou não eram) bem vistos em animes no ocidente, casos amorosos entre pessoas de idades diferentes também não são. Essa paixonite ainda existe na versão ocidental, contudo, por meio da dublagem, ela foi amenizada.

4 - Alteração no último episódio

No season finale da segunda temporada, intitulado O Juízo Final, é revelado que Sakura precisa pagar um alto preço pela morte de Yukito. Todos aqueles relacionados às Cartas Clow perderiam seu amor pela pessoa que mais se importavam. Porém, com tantas alterações na dublagem da versão ocidental, não foi possível manter a mesma história. Por isso, para preservar a coerência, eles modificaram a perda do amor pela perda da memória.

5 - Relação familiar afetiva demais

Os amores familiares e românticos em Sakura Card Captors ficam afetivos demais em certos momentos. No Japão, a relação entre primos de primeiro grau não é nada demais. Bem diferente do que ocorre aqui no ocidente. No anime, a mãe de Sakura faleceu três anos após tê-la. A mãe de Tomoyo adora Sakura como se fosse sua própria filha, isso porque ela amava sua mãe desde o jardim da infância. Contudo, é revelado que elas eram primas. Já pode imaginar que isso foi abafado na história.

6 - Relacionamento íntimo entre professor e aluno

Outro caso que precisou ser maquiado foi o breve relacionamento entre Toya e sua professor Kaho. Eles começam com uma simples amizade, quando se encontram em um santuário e são atraídos um para o outro por causa de uma árvore mágica. Mais tarde, Kaho confessa seu amor por Toya no mesmo local e a amizade desenvolve para algo mais romântico.

7 - A frieza de Shoran Li

Shoran é uma espécie de rival de Sakura, mas apenas no começo. A implicância que ambos possuem um com o outro evolui para uma relação mais afetiva. No final, antes de ir embora, ele abre seu coração para a jovem e a presenteia com um ursinho. Por algum motivo inexplicável, esse desenvolvimento romântico dos dois foi diminuído na versão americana. Ao longo do anime eles amenizaram isso e, na última cena, Shoran sequer fala alguma coisa para Sakura. Ele simplesmente diz que precisa voltar para casa e vira as costas.

Chegamos à conclusão de que Sakura Cardcaptors é mais, digamos, sexual do que aparenta ser. O que você acha de todas essas situações? Comente com a gente!


Próxima Matéria
Via   SR  
Imagens SR FC Wikia PA WPM ZC
avatar Gabi Noronha
Gabi Noronha
Resumindo, é basicamente isso! Para mais aventuras Instagram: @gabinoronhaf Para comentários aleatórios e breves análises Twitter: @gabinoronhaf
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest