• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 pontos turísticos amaldiçoados por mortes constantes

POR Arthur Porto    EM Curiosidades      25/11/19 às 12h25

Em muitas cidades pelo mundo, existem pontos turísticos fantásticos, não é verdade? Por serem espetaculares, tais locais acabam se tornando um tipo de "atração obrigatória" em um roteiro de viagem. Podem ser monumentos históricos, parques temáticos ou, simplesmente bairros, avenidas e estações que se tornaram famosos.

Por esse motivo, muitos turistas programam suas viagens, de acordo com os pontos turísticos que desejam visitar? Normal, né? Nada melhor que saciar a curiosidade assim, vivendo experiências, sentindo a aura dos lugares. Pois é, mas, infelizmente, esse não é nosso foco.

Quer dizer, nosso foco são meramente pontos turísticos, mas aqueles que são amaldiçoados por mortes constantes. Confira.

1 - New Smyrna Beach, Flórida

New Smyrna Beach, na Flórida, é considerada a "capital mundial dos tubarões". Mesmo assim, muitos turistas se reúnem anualmente em suas praias. Até hoje, cerca de 250 ataques de tubarões já foram registrados. Suas águas são habitadas pelos tubarões-touro, que confundem os seres humanos com alimentos.

2 - Half Dome, Parque Nacional de Yosemite

No Parque Nacional de Yosemite, está o Half Dome, um dos pontos turísticos mais perigosos do mundo. Para atingir seu pico, além de caminhar bastante, é preciso utilizar ferramentas especiais. Muitos, no trajeto, morrem. Mais de 60 alpinistas já morreram no Half Dome, assim como caminhando ou escalando. Além disso, muitos já foram também vítimas de relâmpagos. Há ainda casos de pessoas que, acredite ou não, foram acometidos por ataques cardíacos fulminantes.

3 - Falésias de Moher, Condado da Irlanda

As impressionantes falésias de Moher atraem cerca de um milhão de visitantes anualmente. Com vista para o Oceano Atlântico, esses penhascos se elevam a quase 100 metros acima das águas agitadas, oferecendo vistas deslumbrantes. Bonitas, porém perigosas. O número exato de mortes é desconhecido. Entretanto, o motivo sim. As quedas mortais são ocasionadas pelo terreno íngreme e irregular, falta de trilhos de segurança, chuva e ventos fortes. Os penhascos de Moher também são conhecidos por suicídios.

4 - Vulcão Kilauea, Havaí

Os vulcões são pontos turísticos incríveis para muitos viajantes. Existem três vulcões ativos no Havaí, o mais perigoso é o Vulcão Kilauea, localizado na Ilha Grande. De acordo com o Parque Nacional dos Vulcões do Havaí, cerca de 40 mortes já aconteceram no local. Muitas foram ocasionadas por problemas cardíacos.

5 - Rio Colorado, Califórnia

O rio Colorado serpenteia o Colorado, a Califórnia, Utah, Nevada e Arizona, chegando até ao Grand Canyon. Suas calmas águas ficam extremamente perigosas após fortes chuvas e/ou com derretimento da neve. Em 2014, 15 mortes foram registradas nos primeiros sete meses, devido a essas condições. As mortes, nesse ínterim, são ocasionadas por afogamentos, às vezes, combinados com a falta de prudência.

6 - Mont Blanc, Chamonix

O Mont Blanc ("Montanha Branca") é a montanha mais alta da cordilheira dos Alpes. Seu pico é o mais alto da Europa. É também um dos pontos turísticos mais mortíferos do mundo, com cerca de 100 mortes relatadas anualmente. Escalar o Mont Blanc é sempre desafiador. Afinal, ali, fatores como clima, avalanches e inexperiência são os que mais contribuíram para o número de mortes.

7 - Metrô de Londres

O metrô de Londres é o sistema de transporte público mais famoso do mundo. É também um dos pontos turísticos o qual facilmente qualquer um pode testemunhar um suicídio. As pessoas pulam na frente dos trens semanalmente. A estação suicida mais popular é King's Cross St. Pancras.

Próxima Matéria
Via   Oyester     List Verse  
Arthur Porto
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+