• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 principais erros dentro do universo das séries Arrow e Flash

POR Gabi Noronha    EM Fatos Nerd      23/05/17 às 18h05

Com Arrow estreando em 2012, a emissora americana CW deu início o que mais tarde seria conhecido como Arrowverse. A série sobre o Arqueiro Verde fez tanto sucesso que proporcionou a chegada de Flash, Legends of Tomorrow e a transferência de Supergirl da CBS para a nova casa dos heróis. Todos os programas já tiveram suas histórias cruzadas em si por duas vezes e, constantemente, Oliver Queen e Barry Allen costumam de encontrar aqui e ali, pois - com exceção de Supergirl - todas se passam no mesmo universo.

O que parecia bastante promissor no começo, se transformou em um pesadelo para muitos fãs de quadrinhos que esperavam ver um melhor desenvolvimento dos personagens nas séries. Como tempo, as séries se perderam pelo caminho e algo de muito errado invadiu o universo Arrow. Nossa intenção não é desmerecer as produções da emissora, apenas apontar alguns pontos que foram relevantes para a inquestionável queda na natureza das séries.

1 - Relacionamentos

Vamos começar por um dos pivôs da ruína. Acontece que o maior público da CW é composto por adolescentes, por isso, ela precisa manter o limite das histórias e investir em relacionamentos amorosos. O problema é que - por vezes - os roteiristas abandonam a trama principal e concentram todas as suas criatividades em desenvolver casos de paixonite, algo que acaba transformando as séries em novelas como Malhação. A questão aqui é que todos os programas são, ao menos deveriam ser, adaptação de histórias e personagens de história em quadrinho, o que não falta são bons enredos esperando para serem contados. O romance em si não é um problema, o transtorno está no foco excessivo que os produtores dão a eles.

2 - Muitos velocistas

Quando Eobard Thawne apareceu em Flash muitos fãs ficaram entusiasmados e chegaram a ter esperança de que esta seria a série que salvaria o Arrowverse, mas era cedo demais para isso. Atualmente a série está no final na terceira temporada e, até o momento, seis velocistas já correram por ela. Sabe o ditado, um é pouco, dois é bom, três é demais e partir de quatro a gente perde as contas? Pois então, ter outro velocista na série foi ótimo e ter referências e mesmo participações de outros Flash"s foi incrível, contudo, a série atingiu um ponto em que começaram a pecar pelo excesso. Flash tem diversos inimigos que podem ser explorados e era isso que o programa deveria começar a fazer.

3 - Flashbacks

Encher a primeira temporada de Arrow com flashbacks pode até ser compreensivo, afinal, era a introdução do herói nas telas. O embaraçoso foi continuar com a mesma tática pelos anos seguintes da série, apresentando acontecimentos do passado de Oliver Queen em todos os episódios, normalmente sem acrescentar valores para a história.

4 - Viagem no tempo

Um assunto bem delicado. Na atual temporada, Barry e seus amigos lutam com as consequências de uma viagem para o passado que ele fez, alterando toda a realidade do Arrowverse. Ao mesmo tempo, a turma de Legends of Tomorrow tem a sua disposição uma nave capaz de se transportá-los pelo tempo. Eles conhecem o risco de alterar qualquer detalhe na história, no entanto, eles ainda realizam constantemente jornadas ao passado. E chamado efeito borboleta? Se você trocar uma pedra de lugar, pode alterar todo o rumo do futuro. Eles brigam e aprontam uma confusão em todos os lugares que visitam, mas ao que tudo indica, as regras não se aplicam a eles.

5 - Canário Negro

Por quê? Essa é a pergunta que mais se passa na cabeça dos fãs quando o assunto é Arrow e Canário Negro. Sarah Lance veio primeiro como a heroína, embora ela nunca tenha usado o nome de fato na série. A passagem de manto para sua irmã Laurel, uma pouco diferente dos quadrinhos, mas totalmente aceitável na série. O absurdo foi o modo como o programa tratou uma das mais heroínas mais icônicas da DC Comics. Reduzida a uma mera figurante, os produtores conseguiram desrespeitar setenta anos de história a negligenciar o desenvolvimento da personagem, excluindo sua participação de modo grosseiro e estúpido.

6 - Personagens desperdiçados

Assim como a Canário Negro, outros personagens também tiveram um tratamento desleixado. Tubarão-Rei (Flash), Vandal Savage(Legends of Tomorrow), Maxwell Lord (Supergirl) e mesmo Ra"s Al Ghul (Arrow) são personagens fortes, complexos e que mereciam ser explorados em seus respectivas séries, ao invés disso, tiveram uma participação extremante fraca e pavorosa.

7 - Marc Guggenheim

Conheçam um dos principais responsáveis por transformar o universo de Arrow em uma novela dar fim a todo seu potencial e ainda sorrir para a foto enquanto destrói a esperança de muitos fãs que apenas gostariam de ver uma boa adaptação de seus heróis para a televisão, uma que - no mínimo - respeitasse os personagens.

E você, leitor? Gosta do Arrowverse? Concorda com a gente? Deixe sua opinião!

Próxima Matéria
Gabi Noronha
Resumindo, é basicamente isso! Mais aventuras em Instagram: @gabinoronhaf
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+