• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 principais fraudes da Wikipédia

POR Arthur Porto    EM Curiosidades      12/11/19 às 10h56

Em suma, a Wikipédia é um projeto de enciclopédia multilíngue de licença livre, baseado na web e escrito de maneira colaborativa. Nesse ínterim, é importante ressaltar também que o projeto encontra-se sob administração da Fundação Wikimedia. Basicamente, a Fundação Wikimedia é uma organização sem fins lucrativos e sua missão é engajar pessoas a coletar e desenvolver conteúdo sob uma licença livre ou no domínio público. E, assim, disseminá-lo efetivamente e globalmente.

Analogamente, os mais de 43 milhões de artigos hoje encontrados na Wikipédia foram escritos de forma conjunta. Ou seja, por diversos voluntários ao redor do mundo. Mesmo sendo um projeto abrangente e, claro, acolhedor, muitos jornalistas não vêem a página como uma fonte confiável. Afinal, mesmo sendo administrada e possuindo moderadores, há ainda alguns erros que passam despercebidos.

Confira agora, 7 deles.

1 - Morte de Sinbad

O famoso comediante de stand-up Sinbad está vivo. Em contrapartida, em março de 2007, algum engraçadinho (não, não fui eu) decidiu editar a página de Sinbad, na Wikipedia. Em suma, chegaram ali e disseram que o comediante havia falecido. E além disso, colocaram até o motivo: ataque cardíaco. Sinbad recebeu a informação por meio de uma ligação telefônica, a qual foi realizada pela filha. Em seguida, nos próximos dias, após modificarem o site, centenas de pessoas entraram em contato com ele para confirmar. Afinal, se estivesse morto, nem o telefone, seria capaz de responder.

2 - Wrightbus

Diferente do caso de Sinbad, a modificação em uma específica publicação da Wikipédia criou pânico. Em novembro de 2015, alguém adicionou uma declaração incorreta ao artigo sobre a Wrightbus. Em suma, a Wrightbus é uma fabricante de ônibus com sede em Ballymena, Irlanda do Norte. A modificação, feita na publicação, alegava que a FirstGroup, uma empresa de transporte da Escócia, havia comprado a fabricante. A informação falsa foi rapidamente divulgada e deixou em pânico os mais de 1.500 funcionários da empresa. Em síntese, foi uma bomba, afinal, os trabalhadores ficaram com medo de perder o emprego.

3 - Jar"Edo Wens

Aqui, a vítima foi o artista Jar'Edo Wens. Em suma, quem modificou o artigo na Wikipédia estabeleceu uma ligação entre o artista e Yohrmum, uma divindade aborígene australiana. A modificação foi feita em 2005, entretanto, o erro permaneceu ali até 2015. O engraçado é que, durante esse período, Jar'Edo criticou o teísmo por meio de uma publicação literária.

4 - Maurice Jarre

Em março de 2009, o compositor Maurice Jarre morreu. Nesse ínterim, diversas citações apareceram em inúmeros obituários, incluindo em uma publicação no "The Guardian", um dos principais jornais britânicos. Em suma, o problema aqui é que nenhuma das citações divulgadas foram ditas por Jarre. Um dos precursores de tal brincadeira foi Shane Fitzgerald, estudante da Universidade de Dublin. Na época da morte do compositor, Fitzgerald achou a oportunidade excelente para avaliar como a mídia usava a Wikipédia. Basicamente, Fitzgerald criou uma citação mesmo achando que a mídia não iria usá-la. Em síntese, a citação se espalhou em diversos meios de comunicação.

5 - Conflito de Bicholim

Isso sim é perpetuar uma farsa na Wikipédia. Em suma, um grupo de editores criou um artigo de 4.500 palavras, sobre uma guerra do século XVII entre Portugal e Índia. Gente, a história nunca aconteceu. Entretanto, o artigo foi tão convincente que a Wikipédia concedeu a publicação. A página, nesse ínterim, até ganhou o status de "destaque", um privilégio reservado para os melhores artigos publicados. Em contrapartida, tempos depois, o comitê responsável pela escolha dos artigos em destaque notou que algumas das principais fontes eram "fracas". Além disso, algumas nem existiam. Assim, o artigo foi eliminado.

6 - Orange Julius

Em junho de 2005, um artigo sobre Julius Freed, fundador do Orange Julius, um popular suco de frutas, semelhante a um creme de laranja, apareceu na Wikipédia. De antemão, o artigo parecia em ordem. Entretanto, o cientista da computação Ken Jennings descobriu o erro. Em suma, o artigo dizia que o fundador havia inventado um monte de coisas absurdas. A mais bizarra delas era uma armadilha para capturar camarão. Foi nesse ínterim, que Jennings percebeu que algo estava errado.

7 - Quati

Em julho de 2008, Dylan Breves, um estudante de dezessete anos da cidade de Nova York, editou um artigo do Wikipédia sobre o quati, um mamífero. A única edição realizada pelo jovem foi no nome científico do animal. Por quê? Durante uma viagem às Cataratas do Iguaçu, Breves e seu irmão haviam identificado erroneamente o animal. Resumo da ópera, ninguém percebeu a edição do garoto. Ao menos, no momento. E o que aconteceu? Diversos meios de comunicação passaram a adotar o nome que Breves decidiu usar.

Próxima Matéria
Via   List Verse  
Imagens List Verse
Arthur Porto
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+