icone menu logo logo-fatos-curiosos.png


7 prisioneiros que escaparam e estão por aí até hoje

POR Jesus Galvão    EM Curiosidades      22/06/18 às 16h46
capa do post 7 prisioneiros que escaparam e estão por aí até hoje

Dependendo do seu comportamento em sociedade é provável que você nunca conheça como é passar seus dias atrás das grades. Ou, como diriam os mais antigos, vendo o sol nascer quadrado. O que é ótimo, afinal, ter sua liberdade cerceada deve ser muito horrível. Sem mencionar as dificuldades que enfrentam as pessoas nesses lugares.

Aqui na Fatos Desconhecidos já escrevemos sobre um um time de prisioneiros venceu um debate contra os estudantes de Harvard e as 7 dicas de sobrevivência na prisão, caso você precise um dia. Hoje, listamos para vocês alguns prisioneiros que conseguiram escapar e que são fugitivos até os dias atuais. Confira!

1 - Vassilis Paleokostas

O grego Vassillis Paleokostas ao longo de três décadas tirou enormes quantias de dinheiro de bancos estatais, empresários e doou para pessoas carentes. Apesar de ter ganhado o apelido de "incapturável", Vassilis já foi preso algumas vezes. Porém, o Robin Hood moderno tem a vantagem de ser muito bom em escapar de lá. Em sua última fuga, em 2009, o irmão de Paleokostas o resgatou em um helicóptero antes dele ser julgado por seus crimes.

2 - Frederick Mors

Uma série de assassinatos em um abrigo para idosos estava deixando a cidade de Nova York em pânico entre 1914 e 1915. No entanto, as autoridades não podiam fazer muita coisa, uma vez que não haviam rastros que pudessem indicar o que estava acontecendo. Porém, um homem chamado Frederick Mors resolveu se entregar e assumir os crimes pela morte de oito idosos no lugar.

Mors, estava utilizando uma técnica que ele mesmo aperfeiçoou para matar usando clorofórmio. Na década de 20, Frederick descobriu uma maneira de fugir da prisão. A história não registra exatamente como ele escapou, mas Mors nunca mais foi visto.

3 - John Patrick Hannan

Após roubar um carro e agredir dois policiais John Patrick Hannan foi condenado a 21 meses de prisão em 1955. Porém, antes do final daquele mesmo ano, Hannan e outro detento conseguiram escapar da prisão usando a convencional tática do lençol. Os prisioneiros roubaram um posto de gasolina levando cigarros, cervejas e casacos. Provavelmente para tentar esconder seus uniformes.

16 horas após sua fuga, o amigo de Hannan foi detido novamente, no entanto ele conseguiu escapar e há mais de 60 anos está foragido. John Patrick detém o recorde mundial de fuga mais longa da história. Se vivo, é provável que Hannan já tenha ultrapassado seus 80 anos de idade.

4 - Glen Stark Chambers

Em 1975, Glen Stark Chambers foi colocado no corredor da morte após espancar sua namorada até a morte. Porém, cerca de um ano depois sua sentença foi alterada para prisão perpétua. Ele tentou escapar e foi recapturado. Chambers então foi transferido para uma prisão de segurança máxima. Por bom comportamento, ele começou a participar de um programa de reintegração onde detentos construiam móveis.

Em 1990, enquanto Glen ajudava no carregamento das mobílias em um caminhão, ele conseguiu se esconder no baú do caminhão e o motorista partiu sem a menor ideia do que acontecia. Chambers, durante um engarrafamento, saiu de dentro do veículo e nunca mais foi visto.

5 - George Edward Wright

Durante um assalto a um posto de gasolina, George Edward Wright e um outro amigo acabaram se complicando e tiros foram disparados sobre um atendente, que acabou morrendo dois dias depois. Wright foi enviado para prisão, e logo após um tempo foi transferido para uma ala onde pudesse ficar mais tranquilo.

George fez amizade com outros dois prisioneiros, e em uma determinada noite, após a contagem de internos, eles fugiram. Os detentos conseguiram ainda levar o carro do diretor do presídio. Já em liberdade, Wright e os outros dois fugitivos, decidiram fugir para a Argélia. Eles sequestraram um avião, e de algum modo conseguiram chegar até o local sem levar um tiro sequer. Até onde se sabe, Wright acabou indo parar em Portugal, onde provavelmente vive até os dias atuais..

6 - Assata Shakur

Em 1973, dois policiais pararam o carro de Shakur e um amigo por causa de uma lanterna quebrada. As coisas ficaram bem estranhas naquele dia, e sem muitos relatos sobre o que aconteceu, a noite terminou com a morte do amigo de Shakur e de um dos policiais. Quatro anos depois, Shakur foi condenada à prisão perpétua por homicídio.

Em 1979, Shakur foi resgatada da prisão por dois comparsas que entraram no lugar se passando por visitantes, fazendo dois guardas de refém para que pudessem levar a prisioneira em uma van. Assata então decidiu fugir para Cuba, onde viveu por décadas. Quarenta anos depois de sua primeira condenação, Shakur foi adicionada a lista de terroristas mais procurados do FBI. E se tornou a primeira mulher a entrar na lista.

7 - Os homens que escaparam de Alcatraz

Em 1962, os irmãos John e Clarence Anglin e Frank Morris, conseguiram escapar da prisão que o FBI garante ser a mais segura de todo o mundo. Para eles, era basicamente impossível alguém escapar daquele lugar. 36 outros prisioneiros já haviam tentado anteriormente e haviam falhado.

Os prisioneiros construíram um plano engenhoso para sua fuga. Eles montaram uma "oficina" em um corredor desativado da prisão, onde produziram uma espécie de jangada, remos e ainda conseguiram velhos coletes salva-vidas. Os homens então conseguiram executar seu plano e fugiram de Alcatraz.

Então pessoal, o que acharam da matéria? Deixem nos comentários a sua opinião e não esqueçam de compartilhar com os amigos.


Próxima Matéria
Via   Grunge  
avatar Jesus Galvão
Jesus Galvão
Goiano, Canceriano e Publicitário.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest