• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 profissões dos sonhos que podem ser verdadeiros pesadelos

POR Diogo Quiareli    EM Curiosidades      30/11/18 às 15h12

Todos nós sonhamos em crescer e trabalhar com o que gostamos. É comum as crianças sonharem em ser modelos internacionais, jogadores de futebol, atrizes, bombeiros, cantores e várias coisas que vemos em alta. Quando finalmente conseguem, caso consigam, a frase mais ouvida é "você tem sorte". No entanto, não é tudo tão simples assim e até mesmo nossos sonhos podem ter consequências nada agradáveis. Um exemplo disso é a carreira de modelo. Acredite, essa profissão não é tão simples quanto parece. É um trabalho árduo e que muitas vezes não tem o retorno merecido. Todas as profissões possuem seu lado negro e extremamente amargo.

Pensando um pouco mais sobre isso, resolvemos trazer essa matéria. A redação da Fatos Desconhecidos buscou e listou para você, caro leitor, algumas profissões dos sonhos que podem ser verdadeiros pesadelos. Buscamos o depoimento real de alguns profissionais que podem fortalecer essa afirmação. Se você souber de alguma outra que não listamos aqui, manda pra gente nos comentários aí embaixo. Aproveite para compartilhar com seus amigos e, sem mais delongas, confira conosco e surpreenda-se.

1 - Modelo (a)

Modelos no início da carreira, tanto meninas como meninos, enfrentam diversas dificuldades. Alguns fotógrafos buscam modelos iniciantes sem gastar muito dinheiro, considerando a experiência uma recompensa suficiente. Roupas e acessórios, às vezes, são pagamentos, o que não é ruim, mas não podemos pagar as contas com isso. Confira o depoimento de uma internauta a respeito.

"Comecei a trabalhar como modelo aos 15 anos e não recebi dinheiro por isso até os 17 ou 18 anos. Muitos designers simplesmente pagam com coisas de suas lojas. E só porque alguns fazem isso, outros começam a pensar que isso é normal. Uma das marcas canadenses mais populares começou a pagar os modelos somente depois que meu agente a chamou para prestar contas".

2 - Chef

Ser chef é o sonho de muitas pessoas. Essas pessoas têm que mostrar uma resistência além do comum para trabalhar. O cozinheiro inicia seu trabalho antes mesmo do restaurante abrir para o público e não abandona o posto até o último cliente sair. Existe risco por causa do longo prazo em pé, além das queimaduras etc. Veja o depoimento de um cozinheiro.

"Muitas pessoas com quem falei pensam que o chef parece o mesmo dos comerciais: vestido com um uniforme branco como a neve, despejando lentamente o molho em uma tigela de cobre impecavelmente limpa e com um sorriso no rosto. Acham que ele saboreia pratos perfeitamente cozidos. Não é uma coisa assim. O trabalho começa às 5 da manhã. Você precisa memorizar centenas de itens do menu e, ao mesmo tempo, ser capaz de improvisar. Em torno do barulho constante, calor, agitação e gritos. Eu tenho que gastar 14 horas em pé e dificilmente encontro alguns minutos para descansar meus pés ou fazer minhas necessidades naturais".

3 - Planejador (a) de casamentos

Trabalhar como planejador de casamentos pode parecer algo bom. No entanto, nem tudo é diversão e facilidade, como parece. Você precisa ser, além de um grande organizador, um bom psicólogo natural. É necessário ainda saber lidar com situações imprevistas. Planejador de casamento tem que saber lidar com noivos e noivas exigentes. Confira o que um deles disse.

"Minha vizinha está organizando casamentos e, em algumas situações, trabalhei com ela. Eu tive que colocar 30 mesas, dobrar 200 cartões, decorar um cavalo e às vezes trabalhamos 15 horas por dia. Esse é um grande estresse, porque qualquer erro pode arruinar não apenas o casamento dos clientes, mas também sua reputação".

4 - Músico

O caminho para a fama musical é difícil e espinhoso. Apenas alguns conseguem um grande sucesso. No início, os pretendentes precisam se apresentar sempre que possível para conquistar agradar o público e ficar conhecidos. O músico geralmente não tem um dia de folga igual as outras pessoas. Eles trabalham em finais de semana e feriados, correndo riscos por causa dessa carga pesada. Veja só essa publicação feita por uma pessoa no meio.

"A indústria da música é muito cruel, especialmente na Coréia. Um dos ex-membros de um grupo de jovens falou recentemente sobre seu contrato e como todos eles tiveram que trabalhar até a acaustão. Chegou ao ponto em que os músicos desmaiaram no palco devido ao cansaço e foram levados para o hospital".

5 - Bailarino (a)

Ser bailarina ou bailarino é o sonho de muitas crianças. No entanto, dançarinos de balé, por exemplo, podem sofrer drasticamente com a profissão. Eles precisam ter uma vontade de ferro para lidar com as lesões físicas, controle do peso e com a competição acirrada.

"O balé não é apenas viagens, roupas leves, tiaras e apresentações de gala. Imagine um atleta de nível olímpico que é mal pago e, às vezes, normalmente humilhado".

6 - Comissário (a) de bordo

Esse trabalho proporciona diversas viagens, no entanto, há desvantagens. O horário pode prejudicar, o aumento das doses de radiação, ruído constante que pode prejudicar a audição e passageiros um tanto grosseiros.

"Eu trabalho como comissária de bordo em uma companhia aérea conhecida. Eu gostei de tudo no início: vistas deslumbrantes de uma altura de 10 mil metros, a oportunidade de visitar outros países, hotéis, pessoas alegres... Mas me cansei depois de apenas um ano! Insônia devido a horários de trabalho, fadiga física, pernas inchadas, cheques, passageiros destrutivos e "pessoas importantes" que só sabem reclamar", afirmou uma comissária.

7 - Profissões associadas à viagens frequentes

À primeira vista, é um sonho trabalhar viajando sempre, né!? No entanto, viajar a trabalho não é algo tão agradável quanto parece. Isso porque não sobra tempo o suficiente para que possamos fazer um passeio turístico ou coisa do tipo. Nem sempre temos a oportunidade de sequer degustar de um prato típico de onde estamos. Isso pode ainda afetar a saúde.

"As pessoas sempre acham que viajar a trabalho é algo muito legal. Mas, na verdade, mudo de aeroporto para o hotel, de lá para o escritório do cliente, depois para o hotel novamente e depois para o aeroporto. Mas, ao olhar de muitos, "eu conheci o mundo"", contou um agente de viagens.

E aí, o que você achou dessa lista? Comenta pra gente aí embaixo e compartilhe com seus amigos. Lembrando sempre que o seu feedback é extremamente importante para o nosso crescimento.

Próxima Matéria
Via   ADME  
Diogo Quiareli
Geminiano, 25 anos, goiano.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+