• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 propagandas antigas que vão destruir sua autoestima

POR Ana Luiza Andrade    EM Entretenimento      28/08/17 às 18h47

A indústria da publicidade e propaganda fazem-se necessárias em um mercado competitivo, onde a concorrência saudável induz aos próprios fabricantes a melhorarem seus produtos a fim de facilitar a vida das pessoas. Esse mercado vende soluções para os nosso problemas. Alguns problemas que nem existiam, passam a ser preocupantes após a invenção de um produto milagroso. É o caso do enxaguante bucal. Antes da sua invenção, as pessoas nem mesmo pensavam que havia um problema com seu hálito. Pois foi exatamente a propaganda que vendeu a sua necessidade, tornando-o um produto de sucesso até os dias atuais.

Antigamente, a política de regulamentação da propaganda não era tão severa e os publicitários utilizavam dessa liberdade para mentir, ludibriar e até mesmo atacar o ponto fracos do seu público alvo. Vender era preciso, sob quaisquer circunstâncias.

Hoje o consumidor está mais atento a esse mercado de influência. A reputação da marca, está não só em sua qualidade, mas também em suas políticas praticadas pela empresa. Do mesmo modo, a publicidade e a propaganda são alvos não apenas ao severo escrutínio público como também de uma regulamentação mais rígida. Fica difícil atingir as pessoas como antes.

Mas imagine-se há 50, 60 anos atrás... você provavelmente teria sua autoestima destruída por essas propagandas, principalmente se fosse uma mulher. Acompanhe:

1 - Racista

A industria da cerveja é conhecida por utilizar a apelação sexual para vender a ilusão do alcool. Até hoje é comum a presença de estereótipos femininos nas propagandas de cerveja. Mas com certeza eles não teriam coragem de fazer a mesma afirmação racista que já fizeram no passado, como pode ser observado na propaganda. É claro que uma negra não precisa ter um corpo "escultural" para ser uma negra "de verdade".

2 - Maternidade

Porque um produto da cozinha seria o preferido da "mamãe" e não do papai? A maternidade é constantemente sobrecarregada pelas propagandas que associam o trabalho da criação de filhos apenas às mães.

3 - Machista

A propaganda diz: "O chefe faz tudo, menos cozinhar — é para isso que servem as esposas!". Se no passado as mulheres sonhavam com outra profissão, imagine a falta de autoestima delas ao se depararem com uma propaganda destas? Ela acabaria se convencendo de que seu futuro estava condenado apenas à cuidar e cozinhar para o marido, não possuindo talento para nada, além dessa atividade.

4 - Consumismo

O consumismo era incentivado de maneira exacerbada. Todo produto novo era vendido como uma necessidade urgente das famílias modernas. Quando se tratava de utensílios domésticos, mais uma vez as mães eram o alvo preferido das propagandas, uma vez que se vendia a imagem de que elas estavam relegadas ao ambiente da cozinha, como sendo a única função que elas eram capazes de realizar em casa.

5 - Beleza

Outro ponto fraco amplamente utilizado pelas propagandas antigas era o quesito "beleza". Se você quisesse ser belo devia usar esse ou aquele produto específico. No exemplo acima, o sabonete era utilizado por todas as beldades famosas, esse era o "segredo" delas. Se você não o tivesse, você não teria beleza e consequentemente as mulheres mais sensíveis teriam sua autoestima prejudicada.

6 - Trabalho infantil

"Para tornar a tarefa do lar mais agradável, a Champion criou a enceradeira mirim para a sua filhinha" diz as letras pequenas da propaganda.

Além de incentivarem o trabalho infantil, as propagandas condicionavam as mulheres desde à infância ao trabalho doméstico. O incentivo dessa prática podia minar a autoestima e os sonhos de uma menina antes mesmo dela saber o que gostaria para o seu futuro.

7 - Violência doméstica

A propaganda mais terrível de todas incentivava a violência doméstica. Na primeira imagem em que o homem dará uma palmada em sua mulher, o texto ao lado diz: "É ousado". Na segunda em que ele beija uma outra mulher, a mensagem diz "É audacioso". Na terceira e última a mulher encantada observa seu companheiro com deslumbramento, o texto em inglês explica que "Esse é o visual mais ousado em camisas".

Ou seja, para que o homem fosse ousado, amado e admirado pelas mulheres eles deveriam bater nelas e usar camisas dessa marca.

Você consegue imaginar o poder que as propagandas tinham para atingir e influenciar negativamente nos valores da nossa sociedade? Não esqueça de deixar o seu comentário sobre a matéria e aproveite para compartilhá-la com seus amigos. A propaganda já melhorou muito, mas só continuará se aprimorando se exigirmos uma postura correta de suas políticas de publicidade.

Próxima Matéria
Ana Luiza Andrade
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
As categorias Terror, Sobrenatural, CreppyPasta e entretenimento têm como único objetivo de entreter. Não devem ser utilizadas como fontes de artigos científicos ou trabalhos escolares.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+