• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 raças de animais criados especificamente para esportes

POR Isabela Ferreira    EM Mundo Animal      13/12/17 às 18h46

Existem muitos animais com histórias realmente complexas e que desconhecemos. Inclusive, muitos deles acabaram sendo criação humana, com um propósito nada saudável. Provavelmente você deve saber que há muito tempo atrás, animais eram frequentemente usados em lutas. Nossos antepassados usavam esportes do tipo como uma forma de entretenimento, se aproveitando de que era algo amplamente aceito pela legislação de vários países.

A partir daí, diversas espécies ou raças foram desenvolvidas unicamente para essa finalidade. As pessoas costumavam fazer combinações entre diferentes raças, em busca daquela que seria perfeita. Muitas acabaram sendo criadas. No entanto, ao longo dos anos, grande parte delas foram desaparecendo, visto que muitas nações tornaram ilegais esse tipo de esporte sangrento, e então os animais já não tinham mais serventia ou razões para continuar se reproduzindo. Pensando nisso, separamos abaixo alguns deles, sendo uns extintos, e outros que vivem entre nós ainda hoje. Confere aí!

1 - Cão lutador de Córdoba

É bem provável que você nunca tenha escutado falar dessa raça. Na verdade, ela já foi até mesmo extinta. Foi criada na Argentina, em Córdoba, e é exatamente daí que vem seu nome. Havia sido desenvolvido para a luta entre cachorros, como uma espécie derivada da mescla entre Bull Terrier e o bulldog espanhol. Ele era muito conhecido por ser rápido e ágil. Dificilmente era derrotado por outros cães e, por incrível que pareça, lutava até mesmo com animais maiores, a exemplo de pumas...

O cão era extremamente agressivo e difícil de controlar. Ataques contra humanos já foram registrados em alguns casos. Sua extinção se deu pelo fato de possuírem poucos indivíduos na espécie. Durante o acasalamento, era comum que o macho matasse a fêmea... Dessa forma, a espécie não conseguiu sobreviver.

2 - Galo Asil

O galo é um dos mais antigos do mundo e ainda foi criado para as famosas rinhas de galo, que até pouco tempo eram muito comuns. Estima-se que o primeiro apareceu há mais de 2 mil anos, em regiões próximas à Índia. Ao longo dos anos veio se desenvolvendo ainda mais. Ao contrário de outros galos, que sempre usavam esporas para ajudá-los na briga, o Asil costumava lutar sem esses artifícios, visto que naturalmente, possui garras e bico bastante afiados.

Essas aves costumavam lutar até o fim, por mais machucadas que estivessem. Seus ossos e penas costumam trazer-lhes vantagens, visto que são mais resistentes, fazendo que também seja mais pesado. Em algumas partes do mundo, o galo continua sendo usado para esse fim.

3 - Peixe Beta

E quem diria que esse peixinho tão bonito teria sido usado para algo tão cruel? Era muito criado especialmente para participar de lutas de peixe, em territórios que hoje correspondem à Tailândia. As pessoas começaram a perceber que ele tinha comportamento agressivo, dessa forma, começaram a utilizá-lo com essa finalidade. Lutavam até que estivessem muito feridos, ou que o peixe oponente recuasse. Quando o primeiro caso acontecia, era comum que o beta ficasse longe das lutas até se curar por completo, mas depois voltava para enfrentar o então campeão.

4 - Aranha samurai

Aranhas criadas para algum esporte realmente pode ser uma surpresa e tanto, não é mesmo? Anualmente, em todo mês de junho acontece um evento bastante importante em Kajiki, cidade japonesa. Batalhas de aranha são realizadas há cerca de 400 anos, chamadas de kumo gassen. A temporada que antecede junho é essencial para os participantes. É o período em que precisam capturar ou comprar as aranhas e treiná-las para a competição.

Por incrível que pareça, as lutas possuem sempre um juiz, responsável por separar as adversárias sempre que a luta fica muito violenta. Desta forma, não é comum que briguem até a morte.

5 - Bull e Terrier

Não, não estamos falando do Bull Terrier. Essa raça realmente tem um "e" ali no meio. Descendente de bulldogs, antecederam os bull terriers da forma que conhecemos hoje. Assim como os outros animais que mencionamos anteriormente, foram criados com o propósito de lutar. Passaram a ser usados principalmente na Inglaterra, depois que o país tornou as lutas de cães ilegais, em 1835.

A partir daí, as pessoas que gostavam desse tipo de esporte se empenharam em desenvolver um cão leve e forte, visto que seria ideal nas brigas, mas também fácil de esconder caso a polícia chegasse. Assim como esperavam, o Bull e Terrier era ágil e persistente, lutando até a morte. Já no ano de 1850, James Hink decidiu cruzar a raça com outras, criando assim o Bull Terrier, com aparência bem diferente.

6 - Touro Miura

Os touros miura são animais imponentes e muito fortes. São os principais a alimentar a indústria de tourada na Espanha, aliás, foram desenvolvidos para isso. Normalmente, são criados em uma fazenda de Sevilha, no próprio país. Esta, inicialmente pertenceu a um homem chamado Eduardo Miura Fernández, famoso por ser o primeiro a criar o touro. Foi daí que o nome da espécie surgiu. Esses animais são bastante conhecidos pela agressividade, o que os transforma em excelentes escolhas para as touradas.

7 - Bulldog Inglês Antigo

Muito diferente dos bulldogs ingleses que conhecemos hoje, os antecessores da raça eram extremamente ferozes. Esses animais foram criados para participar de um sangrento esporte chamado "bull-baiting" e é daí que vem o nome da raça. O esporte acontecia principalmente na Inglaterra e consistia em amarrar um touro a uma estaca com a ajuda de uma corda. Eles ficariam livres para se movimentar em um raio de 30 metros aproximados. A partir daí, dois ou mais bulldogs eram soltos na arena e tinham que lutar contra o touro, com o objetivo de imobilizá-lo.

Antes do início, os responsáveis pelo evento colocavam pimenta no nariz do touro para que ficasse ainda mais furioso. Os cães precisavam mordê-lo até que parasse de lutar, ou segurá-lo pelo nariz para que a luta tivesse fim. Muitos acabaram morrendo, visto que estavam sempre em desvantagem quanto ao tamanho. A raça acabou desaparecendo assim que o esporte passou a ser proibido.

E então pessoal, o que acharam? Já conheciam algum desses animais? Sabiam que haviam sido criados para esportes de luta? Compartilhem suas ideias com a gente aí pelos comentários!

Próxima Matéria
Isabela Ferreira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+