icone menu logo logo-fatos-historicos.png


7 rebeliões de escravos mais sangrentas

POR Diogo Quiareli EM História 01/08/18 às 14h29

capa do post 7 rebeliões de escravos mais sangrentas

O mundo, por sorte e muito trabalho, evoluiu nos últimos séculos. Mudanças positivas são tendências em todos os meios e uma das mais significativas foi a que diz respeito a vida dos negros. Ser negro e, pior ainda, escravo era o pior destino que alguém poderia ter. Essas pessoas não tinham liberdade, muito menos direitos. Além disso viviam para servir seus donos de todos as maneiras. Eles realizavam desde serviços domésticos até trabalhos rurais esgotantes. Seus "mestres" estavam longe de serem exemplos de moralidade. Com uma vida tão ruim, grupos de escravos vez ou outra se rebelavam e travavam confrontos mortais com os seus senhores.

As rebeliões escravas nem sempre foram bem-sucedidas, mas eram vistas como vitórias morais e inspirações para outros escravos. Pensando um pouco sobre esse assunto, nós da Fatos Desconhecidos resolvemos trazer essa matéria para vocês. Buscamos e listamos algumas das rebeliões de escravos mais sangrentas da história. Se você souber de alguma outra que não listamos, comenta pra gente aí embaixo. Aproveite para compartilhar com seus amigos e, sem mais delongas, confira conosco e surpreenda-se.

1 - Revolta dos Camponeses (1381)

A Revolta dos Camponeses aconteceu no ano de 1381 e foi causada por diversos fatores, inclusive pela Peste Negra. Muitas coisas pesavam sobre os camponeses, mas a gota d"água veio quando um funcionário real, John Brampton, que tentou cobrar impostos não pagos em Essex. Diversas pessoas agiram depressa e começaram a causar um caos extremo. Eles queimaram prédios, destruíram registros do tribunal e até invadiram as prisões para libertar os criminosos. A rebelião exigiu uma alta redução dos impostos e o fim da servidão, que era o mesmo que escravidão. A rebelião permaneceu firme de maio a novembro e foi reprimida quando a maioria dos líderes rebeldes foi encontrada e morta.

2 - Primeira Guerra Servil

Essa foi a primeira das três rebeliões dos escravos contra o Império Romano. Eunus, um escravo convenceu vários outros de que era um profeta e conseguiu inspirar cada um a se rebelar. Ele viva em Enna, uma ilha da Sicília. A rebelião começou bem e eles conseguiram ganhar algumas batalhas contra os romanos. Cleon começou a atuar como comandante militar por eles. Antes da rebelião começar, os proprietários de escravos do local economizavam em comida e vestes para os escravos. A rebelião acabou quando Cleon morreu em batalha e Eunus foi capturado e morto.

3 - Conspiração dos Escravos

Essa rebelião foi um plano dos escravos muçulmanos em Malta. Eles se revoltaram contra os cavaleiros governantes. O plano deles era assassinar o seu grão-mestre, Pinto da Fonseca e governar a ilha. Eles colocariam o plano em ação quando os cavaleiros festejavam uma festa para os santos Pedro e Paulo. Eles envenenariam a comida e depois matariam o líder durante o seu sono. Após sua morte, libertariam os demais escravos e tomariam conta da ilha. Três semanas antes da rebelião acontecer de fato, três escravos deixaram vazar as informações e um lojista ouviu e os entregou. Após uma investigação dos cavaleiros, descobriram o que estava acontecendo e muitos escravos morreram, acabando então o que nem começou de fato.

4 - Segunda Guerra Servil

Roma pediu aliados italianos recrutas, mas eles se recusaram, afirmando que os italianos haviam sido escravizados por eles por não poderem pagar suas dívidas. Gaius Marius ordenou a libertação de 800 escravos italianos. Isso fez com que vários escravos não italianos da mesma região deixassem seus mestres sob a falsa crença de que também haviam sido libertos. Eles foram mandados de volta para seus mestres. No entanto, uma vez que provaram a liberdade, não queriam mais ficar presos. Um escravo chamado Salvius conseguiu armas e criou um exército de 22 mil homens para se rebelar contra a Roma. A guerra terminou com a derrota dos escravos que foram abatidos por Manius Aquillius.

5 - A Revolução Haitiana

Essa é vista como uma das rebeliões de escravos mais bem sucedidas de todos os tempos. Ela começou em 1791, quando os escravos lutaram contra o domínio colonial francês. Eles foram capazes de derrotar os franceses, massacrar suas forças e expulsá-los do Haiti. A guerra terminou com uma vitória esmagadora dos escravos. Essa foi a maior revolta dos escravos desde a Terceira Guerra Servil. A revolução serviu como um aviso para os proprietários de escravos que acreditavam na falta de capacidade dos negros.

6 - Rebelião de Nat Turner

A Rebelião de Nat Turner foi a única bem sucedida na história dos Estados Unidos. Ela foi nomeada em homenagem ao líder Nat Turner, que também era um escravo. Em resposta ao confronto, novas leis proibiam que os escravos obtivessem educação e organização. Os proprietários de escravos temiam que isso pudesse voltar a acontecer. Nat Turner e outros seis escravos se rebelaram e mataram a família Travis. Organizaram cerca de 70 outros escravos e mataram mais 51 pessoas. Após o massacre, Turner se escondeu, mas foi encontrado seis semanas mais tarde e executado. Após isso, os escravos passaram a ter vida mais severa.

7 - Revolta da Costa Alemã de 1811

Esta foi a maior luta de escravos na história dos Estados Unidos. Ela envolveu centenas de negros. Há estimativas de mais de 500 escravos envolvidos no levante. Embora tenha sido grande a insurreição, foi mal sucedida e só conseguiu matar duas pessoas. A rebelião acabou após 95 pessoas serem executadas. Isso reprimiu a revolta.

E aí, o que você achou dessa lista? Comenta pra gente aí embaixo e compartilhe com seus amigos. Lembrando sempre que o seu feeback é extremamente importante para o nosso crescimento.


Próxima Matéria
Via   Eskify  
Imagens Versificados
avatar Diogo Quiareli
Diogo Quiareli
Geminiano, 26 anos, goiano. Amante de música pop, fã de Katy e Luan.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest