icone menu logo logo-fatos-desconhecidos.png


7 segredos de se morar na Antártida

POR Isabela Ferreira EM Mundo Afora 09/11/17 às 14h44

capa do post 7 segredos de se morar na Antártida

Certamente a Antártida é o continente mais misterioso e isolado de todos. Bastante conhecido por seu clima em temperaturas de frio extremo e sua fauna completamente exótica. É incrível imaginar a situação em que os humanos vivem por lá. Nós já escrevemos algumas matérias sobre o local, a exemplo de 7 lendas e fatos que fazem a Antártida um lugar espetacular, e caso você se pergunte a quem pertence as terras antárticas, pode descobrir clicando aqui.

A questão é que o lugar possui algumas curiosidades, principalmente no que envolve seus habitantes. Grande parte deles são cientistas que moram por lá para fazer pesquisas. A cada dia que se passa, as mudanças climáticas no local se fazem ainda mais frequentes, exigindo dos cientistas maior esforço. Pensando nisso, nós aqui da Fatos Desconhecidos separamos abaixo 7 segredos de se morar na Antártida. Confere aí!

1 - Você não pode usar muito a internet

Pois é, essa é definitivamente uma péssima notícia para aqueles que não abrem mão das redes sociais, por exemplo. Embora exista serviço de internet na Antártida, ele não é dos melhores. Em uma entrevista concedida à ExtremeTech, Marty Keef, que é técnico de comunicações no Polo Sul, descreveu o acesso como "extremamente limitado".

Ele ainda acrescenta que o acesso à internet é utilizado principalmente para suporte científico, canais científicos e coisas semelhantes. Tudo é muito lento, o ping é bastante alto e serviços como o Steam, são bloqueados. É... Não deve ser muito fácil viver ali, não é mesmo?

2 - Competições atléticas

Se você é do tipo de gente que gosta de competições atléticas, provavelmente o último lugar que viria em sua mente para fazer isso seria a Antártida. No entanto, existem várias competições no local. Por exemplo, se você for do tipo que gosta de um esporte com mais contato físico, parecido com o futebol, poderá se agraciar com as anuais partidas de rugby, competição chamada de "Copa da Ilha Ross".

Mas se você for um corredor de plantão, poderá participar do "McMurdo Marothon", que se trata de um evento anual em que os competidores correm cerca de 41 quilômetros, por partes da exuberante paisagem do local. Interessante, não acha?

3 - Concerto anual de música

Quem poderia imaginar um concerto musical na Antártida? Acredite, não são pinguins músicos. A cada dia de ano novo as pessoas costumam se reunir para um show que acontece ao ar livre, chamado de IceStock e acontece desde 1990.

O concerto conta, em sua maioria, com bandas de rock formadas por trabalhadores antárticos que gastam seu tempo livre tocando. Este pode ser o maior evento de música que ocorre no território gelado, mas não é o único. Por lá também existem bares que, assim como aqui, costumam apresentar música ao vivo e atraem muitas pessoas por noite.

4 - É normal ter relacionamentos

Já deu pra perceber que no lugar não acontecem apenas pesquisas científicas, não é mesmo? As relações entre as pessoas que vivem por ali são muito mais frequentes do que podemos imaginar. Keri Nelson, por exemplo, conta que conheceu o marido enquanto estava estacionada na base científica McMurdo.

Ele estava há uns 3 quilômetros de distância, na estação da Nova Zelândia, mas foi até ela e começaram a se conhecer melhor. E claro, eles não são os únicos. De acordo com uma matéria publicada em uma revista de Nova York, muitos cientistas solitários se conheceram através do Tinder, sim, aquele famoso aplicativo de relacionamentos.

5 - Empregos de nível inicial na Antártida

Talvez você tenha um sonho escondido de viver na Antártida, mas acabou não seguindo carreira científica nem nada do tipo. Bom, não desista porque ainda existe chance pra você. Tecnicamente, não há necessidade de ser um cientista para viver e trabalhar no local. Existem alguns níveis de entrada disponíveis.

Keri Nelson, da qual falamos acima, é um bom exemplo. Ela conta que foi para a Antártida com vinte e poucos anos, começando sua carreira como zeladora. Em seguida, conseguiu vaga em uma loja de serviços gerais. Você também pode seguir carreira na advocacia. A verdade é que, embora a maior parte dos empregos disponíveis envolvam lavar banheiros ou cozinhar, existe uma grande variedade de empregos para quem deseja experimentar.

6 - População máxima de aproximadamente 4 mil pessoas

Bom, 4 mil pessoas morando por lá parece ser um número bem baixo, até que você cai na real de que estamos falando da Antártida. E o que isso quer dizer? Um lugar com clima extremamente congelante e poucos lugares para se divertir um pouquinho. Acontece que esses 4 mil são apenas estimativas e não são constantes assim.

É um número mais real entre os meses de novembro e março, que supostamente, seria a época de "verão". No restante do ano as pessoas costumam viver em suas casas de origem, em condições de clima humanos. Vale lembrar que o local não tem população humana nativa, portanto, todos ali são estrangeiros, formados em maior parte por cientistas.

7 - Sim, existem famílias inteiras na Antártida

Por mais estranho que pareça, existem sim famílias inteiras que moram nas terras geladas. Segundo o New York Times, existe um assentamento chileno, na Península Antártica, chamado de Villa Las Estrellas. Funciona como qualquer cidade chilena, com exceção das condições extremas de frio. A vila foi formada no ano de 1984 e conta com menos de 200 habitantes.

Apenas para que você tenha noção da estrutura do local, eles contam com um hospital, cemitério, banco, cantinas e até mesmo um local em que podem jogar futebol. O mais importante, sem dúvida, é que a vila abriga múltiplas famílias e tem uma escola com 2 professores, que dão aulas para aproximadamente um dúzia de estudantes.

E então pessoal, o que acharam? Compartilhem suas ideias com a gente aí pelos comentários!


Próxima Matéria
avatar Isabela Ferreira
Isabela Ferreira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest