• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 segredos macabros sobre jogos famosos

POR Letícia Dias    EM Fatos Nerd      24/12/19 às 12h38

Com o decorrer das décadas, a indústria de produção de videogames tem ficado cada vez mais elaborada. Considerando que existem designers como Hideo Kojima, cuja pretensão é levar os jogos eletrônicos à um nível quase hollywoodiano, podemos esperar que as produtoras se atentem cada vez mais aos detalhes desses materiais. Sendo assim, se normalmente as desenvolvedoras já passam anos aperfeiçoando situações ou ferramentas específicas nos games, a tendência é que elas se tornem cada vez mais perfeccionistas. Coincidentemente, existem diversas informações nos games que passam despercebidas ao jogador. Pensando nisso, resolvemos selecionar alguns dos segredos ocultos por trás de jogos famosos que sequer passavam pela sua cabeça.

7 - Os gritos dos zumbis são um pedido de ajuda em Half-Life 2

À primeira vista os zumbis comuns de Half-Life não são espetacularmente assustadores. Seu jeito desajeitado de caminhar cambaleando em baixa velocidade não chega a amedrontar nem mesmo jogadores de primeira viagem. No entanto, ninguém imagina que por trás dos gritos dessas criaturas existe um horripilante segredo. Se você pegar os gritos, aparentemente sem sentido dos zumbis e tocá-los ao contrário, verão que na verdade eles estão pedindo socorro. "Oh deus, me ajude, por favor me ajude!" imploram as pessoas com caranguejo na cabeça. Isso significa que, na verdade, esses seres são pobres pessoas sendo usadas como hospedeiras e conscientes disso.

6 - Os monstros escondidos em Silent Hill

Embora o Silent Hill original tenha completado duas décadas, apenas recentemente foi descoberta uma extensão do conteúdo do jogo. Após um árduo trabalho, hackers acessaram esse material e revelaram sete inimigos secretos no disco que não aparecem na história do jogo. Ademais, cada um deles é uma assustadora abominação inspirada em animais da vida real. Entre esses monstros podemos citar sapos, macacos, avestruzes, arraias, borboletas e galinhas. Ressaltando que cada um desses animais possui uma distinta mutação do jeito que só Silent Hill sabe fazer.

5 - A grotesca criatura de Half-Life

Depois de toda a revelação envolvendo os zumbis pedindo socorro, acreditamos que não haveria nada pior em Half-Life. Pois bem, nos equivocamos. Na verdade, os fãs escavaram os arquivos do jogo original e descobriram um inimigo cortado chamado "Mr. Friendy", algo como Sr. Amigável em tradução livre. Apesar do nome, a criatura era uma mistura de cavalo com vaca cuja função primaria era devorar os corpos dos inimigos. Embora esse personagem tenha sido descartado da versão final, seu modelo permanece no jogo, junto com algumas animações básicas. Por fim, mesmo sem a IA sua aparência grotesca e movimentos irregulares já são assustadores o suficiente.

4 - O quarto fantasma de Call of Duty: Finest Hour

Antes de Call of Duty introduzir zumbis à franquia, o FPS Finest Hour contou com o easter egg mais assustador na história dos games militares. Isso porque no nível da passagem subterrânea os jogadores podem encontrar uma porta aparentemente fechada. No entanto, após seguir uma seleção de passos específicos - atirar duas granadas na porta, pressionar o botão de ação e depois atirar outa granada - a porta irá se abrir. Mais a frente, no fim do túnel, é possível encontrar o "Quarto Fantasmagórico", um comodo circular sem teto que contém fotos de crianças e gatos penduradas na parede. Além disso, um pequeno tanque e um pequeno avião podem ser vistos se movendo pela sala, juntamente com um berço contendo o fantasma de um garoto e, o mais perturbador, um rato gigantesco em uma gaiola.

3 - O assassinato da vida real em Batman: The Telltale Series

A Telltale Games entrou em uma enrascada alguns anos atrás quando relatórios apontaram que o segundo episódio de seu jogo do Batman, The Pact, incorporou uma imagem do assassinato real de um embaixador russo em um jogo eletrônico. Aparentemente, a imagem em questão foi mostrada quando Bruce Wayne e Alfred pesquisavam por crimes. Assim, em meio aos resultados, no assalto ao Gotham Brokerage vemos o corpo de Andrei Karlov, o embaixador. Apesar das manipulações na foto original, a imagem foi identificada e, posteriormente, cortada do jogo.

2 - Lisa está sempre atrás de você em P.T. (Silent Hills)

O jogo de Hideo Kojima e Guillermo del Toro é um dos games mais assustadores já feitos. Além do visual deslumbrante o jogo contém uma perturbadora atmosfera de sobrevivência. O objetivo da narrativa gira em torno da investigação de uma casa assombrada por fantasma conhecido como Lisa. Ao passo que a angustiante imersão no jogo nos leva a crer que Lisa está sempre atrás do jogador, essa sensação se mostrou assertiva. Após um hacker invadir o sistema de câmeras do game, foi comprovado que durante o tempo todo, Lisa estava atrás do player. Essa foi considerada uma técnica brilhante pois leva o jogador a viver constantemente no seu limite.

1 - O depressivo monólogo em Celeste

Considerado um dos melhores videogames de 2018, Celeste conseguiu entregar um satisfatório jogo de plataforma e ao mesmo tempo uma reflexão acerca da depressão e ansiedade. Todavia, talvez o mais sugestivo envolvimento do jogo com tais doenças mentais esteja fora da obviedade. Isso porque, algum tempo após o lançamento do jogo, os fãs encontraram uma mensagem secreta escondida em um áudio da produção. Aparentemente, se reproduzido ao contrário, acessamos o monólogo de uma mulher falando sobre sua experiência com a depressão de forma etérea e até meio assustadora. Sem dúvidas, é uma mensagem emocional que pode deixar os jogadores instáveis.

Próxima Matéria
Letícia Dias
Trabalhando pra falar de super-heróis, filmes e séries em tempo integral | @letdiax
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+