• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 sinais de que você tem Transtorno de Personalidade Borderline

POR Júlia Marreto    EM Ciência e Tecnologia      29/09/16 às 17h55

Para começo de conversar você deve estar se perguntando do que se trata esse Transtorno de Personalidade Boderline, certo? Caso você não esteja familiarizado com o termo, também conhecido como Transtorno de Personalidade Limítrofe, é uma doença psicológica que provoca grandes oscilações de humor, além do medo de ser abandonado por quem ama (família e amigos) e comportamentos compulsivos, como por exemplo comer sempre de maneira exagerada ou gastar dinheiro descontroladamente.

Geralmente, essas pessoas possuem momentos, que podemos chamar de, lúcidos e momentos psicóticos, nos quais apresentam os comportamentos descontrolados. Os sintomas tendem a começar a aparecer na adolescência, sendo mais aparentes no início da vida adulta. Muitas vezes, a esse transtorno de personalidade é confundido com esquizofrenia ou bipolaridade. O que difere, muitas vezes, é a duração e intensidade das emoções é diferente. Por isso, é necessário, o quanto antes, o acompanhamento de um profissional.

De acordo com a psiquiatra Ana Beatriz Barbosa Silva, discute o assunto em sua obra "Corações Descontrolados", contando como é a personalidade das pessoas que vivem constantemente no limite de suas emoções e como lidar com elas. Em uma entrevista ao site O Globo, a psiquiatra utiliza como exemplo a personagem Carminha, da novela Avenida Brasil.

De acordo com o site Psiconlinews, acredita-se que esse transtorno atinja entre 1% e 6% da população mundial, sendo mais comum em mulheres. Um dos principais sintomas do TPB (Transtorno de Personalidade Borderline) é um extenso histórico de instabilidade nas relações pessoais.

É muito importante apontarmos que apenas um profissional especializado na área pode realizar correto diagnóstico, os itens que citaremos a baixo se tratam de possibilidades. E, caso você se enquadre, o aconselhável é buscar ajuda. Além disso, lembramos que não temos o intuito de criticar, julgar, muito menos impor verdades absolutas. Nosso objetivo é único e exclusivo de informar e entreter. Por isso, o conteúdo dessa matéria se destina a aqueles que se interessarem e/ou identificarem. Sendo assim, a redação da Fatos Desconhecidos selecionou uma lista com X sinais de que você tem Transtorno de Personalidade Borderline.

1 - Medos

01

O constante e intenso medo do abandono, ficar sozinho causa aflição. Mesmo que essa seja uma possibilidade real ou apenas imaginária.

2 - Riscos

Profile face of fright woman sitting in the car and holds the wheel - outdoors

Você assume riscos sem pensar nas consequências, principalmente quando os resultados são contra você mesmo. Por exemplo, acidentes de carro, sexo sem proteção, abuso de substâncias (químicas ou não).

3 - Suicídio

03

Seja tentativas de auto-mutilação ou "apenas" pensamentos suicidas. As pessoas com esse transtorno, geralmente, não estão tentando se matar quando se auto-mutilam. Na verdade, o fazem na tentativa de expressar sentimentos de raiva, por ela mesma, ou, por vezes, tentando fazer com que se sintam "normais".

4 - Instabilidade

04

Tendem a se sentirem diferentes nos/dos mais variados ambientes nos quais se encontram e com as pessoas que a rodeiam. Quando perguntadas, costumam se auto-descrever como pessoas vazias, perdidas.

5 - Paranóia

05

Possuem pensamentos paranoicos, acreditam em coisas que não são verdades e se sentem ameaçadas, perseguidas pelos outros.

6 - Raiva

Aggression

Por mais trivial (bobo) que seja o assunto, os mais diversos, e a resposta acaba acontecendo fisicamente.

7 - Emoções

07

As emoções são completamente instáveis, como uma verdadeira montanha-russa. O sentimento de ansiedade é tão intenso, chegando ao ponto de poder se transformar em depressão intensa. Essas situações podem demorar horas e, até, dias.

O tratamento para esse transtorno é feito através da regulação das emoções. Algumas vezes são indicados o uso de antidepressivos, na tentativa de manter as funções normais e amenizar sintomas. Essa recomendação é feita porque, muitas vezes, os pacientes são pessoas depremidas ou que sofrem de problemas mentais, como por exemplo, estresse pós-traumático. Boa parte das pessoas podem se recuperar desse transtorno ao adotar corretamente o tratamento.

Então pessoal, vocês já conheciam o TPB? O que acharam desses sintomas? Conhecem alguém assim? É importante reforçarmos que apenas um profissional especializado pode fazer o diagnóstico da doença. Encontraram algum erro na matéria? Ficaram com dúvidas? Possuem sugestões? Não se esqueçam de comentar com a gente!

Próxima Matéria
Júlia Marreto
É a dona de um coração esculpido pela literatura e preenchido pelos bons vinhos de Baco. Guiada nas artes da vida por Ares, possui a discreta delicadeza de um elefante pulando carnaval numa loja de cristais! Movida diariamente pelo combustível da vida: o café, essa garota possui raízes profundas na poesia da vida. É muito séria, mas sabe brincar na hora certa. Ama os animais e detesta filme de terror. Apesar de cantar mal, canta com sentimento. E adora musicais! Sua principal tentativa desportiva é o baralho. Ela gosta mesmo é de coisas antigas, apaixonada pela vida e sonha com o universo. Instagram: , @juliamarreto
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+