• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 'skins' mais polêmicas do mundo dos jogos

POR Erik Ely    EM Entretenimento      25/05/20 às 10h08
foto de destaque

No mundo dos jogos, 'PlayerUnknown"s Battlegrounds' (PUBG), 'League of Legends' (LoL) e 'Fortnite' são alguns títulos conhecidos por suas skins. Dessa forma, poder mudar o visual de roupas e acessórios de personagens sempre foi algo que agradou bastante a comunidade gamer. No entanto, algumas skins já causaram polêmica e chegaram até a envolver processos judiciais. Dessa forma, separamos as 7 'skins' mais polêmicas do mundo dos jogos.

Muitas das skins possuem inspiração artistas, personagens da cultura pop e até mesmo outros jogos. Desse modo, os itens agradam tanto o público quanto as desenvolvedoras, que percebem que o sistema de compra de skins vem se tornando cada vez mais lucrativo. Porém, na busca por inovação, essas skins passaram dos limites.

1 - Um bug na skin te dava vantagens em 'Fortnite'

Em 2018, a skin "Zoey" foi lançada para a Temporada 4 do 'Battle Royale' de 'Fortnite'. Contudo, a skin precisou ser retirada ainda no mesmo ano. Isso porque, alguns jogadores descobriram um bug que deixava o personagem invisível, dando vantagem sobre outros competidores.

2 - 'CS:GO' e restrições na versão chinesa do jogo

Apesar de ser um mercado gigante do mundo dos games, a China também é um país com muitas restrições e censura. Com isso, jogos precisam de passar por um série de alterações para serem aceitos no país. Dessa forma, não seria diferente com 'Counter-Strike: Global Offensive' (CS:GO). Entre as mudanças mais significativas, na versão chinesa, o sangue é preto ao invés de vermelho e imagens de caveiras foram trocadas por ilustrações de robôs. Além disso, o país apenas conta com um servidor do jogo desde seu lançamento.

3 - Um possível caso de plágio em 'Fortnite'

Em 2018, uma "Taro" foi adicionada ao jogo. Contudo, em pouco tempo, ela ganhou fama porque um artista acusou a empresa de plágio. Por meio de um post no Facebook, o artista indicava uma ilustração semelhante que foi postada dois meses antes da skin. Na época, a Epic Games disse que levou a acusação muito a sério e que iria investigar o ocorrido. Assim, depois de analisar a ilustração postada no site DevianArt, foi descoberto que a acusação era falsa. Desse modo, a postagem foi alterada para parecer que a imagem havia sido postada antes.

4 - Esse leão mostrou mais do que devia no 'PUBG'

Em uma skin mais recente de PUBG, a "Leo Jumpsuit", seria possível usar um traje de leão no jogo. No entanto, um bug fez com que a roupa de Halloween trouxesse uma conotação sexual dentro do game. Desse modo, durante o salto do avião no início do jogo, a cauda do leão ficava presa entre as pernas do jogador. E claro, a comunidade não perdoou o bug. Com isso, a skin foi temporariamente removida e jogadores foram reembolsados.

5 - Personagens hipersexualizados em 'Fortnite'

Em sua sexta temporada, 'Fortnite' ganhou um skin de vaqueira chamada "Calamity". No entanto, a skin chamou bastante atenção por ser extremamente hipersexualizada. Com isso, em uma das comemorações de vitória da personagem, seus seios balançavam de forma nada realista. Depois de diversas críticas, a 'Epic Games' afirmou que a animação foi um ato descuidado e a retirou do jogo.

6 - Polêmicas com religião em 'Overwatch'

Em 2016, Rajan Zed, líder religioso e presidente da Sociedade Universal do Hinduísmo, solicitou que a personagem "Symmetra" fosse removida de 'Overwatch'. Segundo ele, a personagem seria inspirada na deus Devi, uma importante figura do hinduísmo. Assim, a personagem "trivializava uma das deusas mais reverenciadas do hinduísmo", e sua utilização poderia ser "inapropriada e confusa". No entanto, a 'Blizzard' e a 'Activision' não se pronunciaram sobre o caso.

7 - O ex-jogador de futebol Edgar Davids em 'League of Legends'

Durante a Copa do Mundo de 2014, a 'Riot Games' lançou uma série de skins temáticas no 'League of Legends'. No entanto, uma das skins, chamada "Lucian Atacante", chamou a atenção pela semelhança com o ex-jogador holandês Edgar Davids. Além da fisionomia, o jogador também é conhecido pelos dreadlocks e o uso de óculos de sol. Com isso, o próprio jogador processou a empresa e ganhou o caso. Depois disso, uma porcentagem do lucro da skin foi destinada para o jogador.


Ei Fatos, não deixe de conferir:

2 SINAIS QUE FALTAM PARA JESUS VOLTAR - E SE FOR VERDADE

Próxima Matéria
avatar Erik Ely
Erik Ely
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
As categorias Terror, Sobrenatural, CreppyPasta e entretenimento têm como único objetivo de entreter. Não devem ser utilizadas como fontes de artigos científicos ou trabalhos escolares.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.

Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+