• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 tecnologias do filme Avatar que já existem

POR Mateus Graff    EM Ciência e Tecnologia      29/11/18 às 17h36

No exuberante mundo alienígena de Pandora, vivem os Na'vi, seres que parecem ser primitivos mas que são altamente evoluídos. Como o ambiente do planeta é tóxico, foram criados os avatares, corpos biológicos controlados pela mente humana que se movimentam livremente em Pandora. Esse é o mundo da história do filme Avatar.

No filme, os humanos precisam de algumas tecnologias para viver e lutar em Pandora, coisas que para a maioria das pessoas estão fora de cogitação de existirem no mundo real. Robôs gigantes tripulados por humanos? Lança-chamas portátil? Se você acha que isso não existe na vida real, caro leitor, fique sabendo que você está muito enganado. Separamos para vocês nessa matéria as 7 tecnologias do filme Avatar que já existem, confiram:

1 - Filtragem de oxigênio

A atmosfera de Pandora tem grandes quantidades de dióxido de carbono e sulfeto de hidrogênio. Por isso, o lugar é inabitável para os humanos. Por isso, os humanos precisam de um dispositivo chamado "exopack". Esse equipamento consiste em uma máscara respiratória conectada em um mecanismo que filtra o oxigênio do ar e elimina o gases tóxicos.

Essa tecnologia já existe e até já tem dispositivos capazes de filtrar constantemente o ar de outras substâncias para respirá-lo. O criador dessa tecnologia é a empresa israelense Like-A-Fish Technologies, fundada em 2001.

2 - Veículos não tripulados

As operações em Pandora são feitas por veículos enormes e não tripulados. Controlados remotamente por um operador, as escavadeiras e caminhões são muito semelhantes aos enormes veículos de mineração que são usados atualmente. A diferença é que os nossos veículos de mineração mais avançados ainda não atingem o nível total de automação das máquinas no filme.

Desde 2008, a empresa japonesa Komatsu comercializa um sistema de caminhões de mineração autônomos que já carregou milhões de toneladas de material em lugares como Austrália e Chile. Mas os caminhões têm uma cabine, caso precise ser tripulado. Em 2016, a empresa apresentou um protótipo de caminhão de transporte tanto autônomo, quanto sem cabine, assim como os veículos de mineração de Avatar.

3 - Telas transparentes

Quase todos os dispositivos de Avatar têm telas transparentes. Por um longo tempo, a ciência lutou para ter tais dispositivos capazes de projetar imagens claras e, ao mesmo tempo, "cristalinas". Depois de muitas tentativas, isso se tornou realidade. Displays LEDS orgânicos, também chamados de OLEDs, são telas compostas de milhões de pequenos diodos, onde cada um emite sua própria luz.

Essa tecnologia existe há vários anos e tem tamanhos variados. Nos últimos tempos, as empresas começaram a apresentar publicamente suas próprias exibições transparentes. Se você achava que isso só aconteceria daqui a muito tempo, caro amigo, saiba que você estava redondamente enganado.

4 - Aeronave suborbital

Ao chegar em Pandora, os humanos descem de uma espaçonave interestelar, usando um veículo suborbital chamado Valquíria. Embora nossos ônibus espaciais clássicos sejam parecidos com os Valquírias, os primeiros se baseavam em foguetes externos e peças de uso único para se propelirem ao espaço.

Mas isso não significa que não temos tecnologias assim. Na verdade, existem vários tipos de veículos especialmente criados para ir ao espaço e retornar exatamente como a Valquíria faria. Em 1959, por exemplo, a Força Aérea dos Estados Unidos desenvolveu o X-15, uma aeronave experimental capaz de voos suborbitais. Durante seus 199 voos de teste, o X-15 atingiu uma altura de voo de quase 108 quilômetros. Lembrando que além de 100 quilômetros já é o espaço sideral. Depois disso, a espaçonave poderia pousar sem dificuldade.

Já em 2004, um veículo chamado SpaceShipOne obteve os mesmos resultados. Um avião especial levou o SpaceShipOne a 15 km de altura e depois eles se separaram. Depois disso, a nave espacial subiu 100 quilômetros graças ao seu motor de foguete.

5 - Lança-chamas

Os lança-chamas têm sido muito usados por civis e militares. Os nazistas, os russos e até agricultores usam essa arma. Em Avatar, os soldados de outros planetas também usam lança-chamas. Na batalha final do filme, soldados humanos usam poderosos lança-chamas para atravessar a densa floresta de Pandora.

Dependendo do lança-chamas, ele pode ser capaz de atingir grandes distâncias com seus jatos de fogo. A melhor parte disso tudo é que eles são portáteis. O combustível que alimenta o jato é armazenado dentro do dispositivo e isso facilita e muito o transporte do lança-chamas. Se esta tecnologia parece um pouco avançada para o nosso tempo, nós já a temos.

6 - Robôs gigantes tripulados

Os AMP Suits estão entre as tecnologias mais incríveis de Avatar. O robô gigante tripulado é conduzido por soldados para usar armas pesadas e transportar objetos grandes. Com 4 metros de altura, essa tecnologia pode controlar armas muito poderosas. É compreensível que não acreditemos que este tipo de máquina exista hoje, mas acreditem, essa tecnologia já existe.

Em 2014, a empresa sul coreana Hankook Mirae começou a trabalhar em um protótipo de um robô bípede gigante chamado Method, que seria controlado internamente por um operador. No início de 2017, uma versão mais avançada do robô, o Method-2, foi apresentada publicamente.

O Method-2 é um robô tripulável que também mede 4 metros de altura. Pesando 1,6 toneladas e custando 100 milhões de dólares, o Method-2 é muito parecido com o AMP Suit. Os braços do piloto dentro do robô são conectados a mecanismos que movimentam os membros da máquina em tempo real. O que parece ter saído de um filme, na verdade, já é realidade.

7 - Laringofones

Durante as batalhas de Avatar, vários personagens usam um dispositivo especial de comunicação ligado à garganta chamado Aircom Headset. Ao pressionar o dispositivo, eles se comunicam remotamente uns com os outros. Esse dispositivo é chamado de "microfone de garganta" ou laringofone fora da ficção.

Em lugares que têm muito ruído de fundo, os microfones convencionais não conseguem captar perfeitamente a voz da pessoa. Os microfones de garganta consistem em receptores colocados diretamente na laringe do interlocutor, fazendo que o microfone capture apenas o som que a pessoa emite. Os microfones de garganta são certamente uma tecnologia que temos há muito tempo.

E aí, já conhecia todas essas tecnologias? Comente.

Próxima Matéria
Mateus Graff
https://www.instagram.com/mateusgraff/ https://www.facebook.com/mateus.adjutomartinsgraff
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+