• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 teorias de Harry Potter que foram negadas pela própria J. K. Rowling

POR Gabi Noronha    EM Fatos Nerd      17/07/18 às 19h14

Algumas obras literárias atingem o cobiçado status de atemporais. Não importa quanto tempo passe, as pessoas ainda falarão sobre ela. Haverá discussões, associações, paralelos e, claro, muitas teorias. J.K. Rowling realizou esse feito ao criar o universo mágico de Harry Potter. Depois de sete livros e oito filmes, a obra não apenas permanece mais viva do que nunca no imaginário popular, como a quantidade de admiradores não para de aumentar.

Uma das partes mais reconfortantes em fazer parte desse fandom é ter a própria escritora tão ativa na comunidade. Rowling nunca se distanciou dos fãs. Ainda hoje ela responde a dúvidas, rebate teorias e ainda joga dúvidas para o pessoal debater. Uma verdadeira fofa! Esse universo é repleto de duas coisas: fanfics e teorias. Enquanto a primeira possui um público mais restrito, a segunda é motivo de briga até hoje. Sempre que possível, J.K. Rowling confirma ou nega algumas delas. A seguir, fizemos a seleção de algumas teorias famosas no meio que a autora já descartou.

1 - A Criança Amaldiçoada é um prelúdio

Em 2015, os fãs foram a loucura quando J.K. Rowling anunciou Harry Potter e a Criança Amaldiçoada. A obra é uma peça de teatro ambientada no mesmo universo mágico da saga. Ela ainda conta com a participação de alguns personagens já conhecidos pelo público. Antes do seu lançamento, muitas teorias surgiram sobre a sua trama - a maioria delas concordava em um ponto: a nova história seria um prelúdio. No mesmo dia em que Rowling anunciou o projeto - em 26 de junho de 2015 -, no entanto, ela mesma twittou sobre possível confusão. "Posso dizer que não é um prelúdio". Depois de mais e mais perguntas, a autora precisou repetir a resposta horas depois. "NÃO é um prelúdio. Muitas pessoas perguntando, então pensei em dizer novamente! NÃO é um prelúdio". No dia seguinte ela precisou reafirmar mais 12 vezes. Realmente, não foi.

2 - Foi tudo um sonho

Como leitores, espectadores e jogadores, talvez não exista nada mais frustrante que chegar ao final de uma história e descobrir que tudo não passou de um sonho. É uma saída covarde e preguiçosa. Claro, algumas vezes a ideia funciona, mas não chega a fazer diferença na balança. Naturalmente, essa teoria tende a surgir em quase todas as obras fantásticas e com Harry Potter não foi diferente. Graças a Merlin, essa foi outra teoria derrubada. Em uma entrevista de bastidores no box de DVDs The Harry Potter Wizard"s Collection, a autora e o roteirista Steve Kloves comentaram a respeito do cuidado que eles têm com a escrita. Para ambos, a atenção precisa ser redobrada, para as pessoas não pensaram que Harry está imaginando tudo. Ou seja, não aconteceu.

3 - Neville e Luna terminaram a história juntos

Não faltam ships no universo de Harry Potter, um prato cheio para as fanfics. O personagem título, por exemplo, já foi colocado com quase todos os personagens da história. Muitas pessoas gostavam da ideia de Neville e Luna juntos, devido a peculiaridade de ambos. Ao fim de Relíquias da Morte Parte II, muitos fãs ficaram com a sensação de que o casal teve um final feliz. Contudo, durante uma live da editora Bloomsbury em 2007, a autora comentou que Luna se casou com Rolf, neto de Newt Scamander.

4 - Hermione, Harry e Rony não se graduaram

Também convenhamos, com tantas interferências durante o ano letivo, a teoria é apenas natural. Apesar das suspeitas de muitos fãs a respeito dos estudos do trio de protagonistas, a autora esclareceu tudo em 2007. Durante uma entrevista ao PotterCast, Rowling disse que Rony e Harry tiveram a chance de se graduarem, porém, optaram por seguir a vida sem terminar os estudos. Por outro lado, Hermione voltou e concluiu tudo com honras. Não esperávamos menos!

5 - Rita Seeker seria J.K. Rowling

A imaginação dos fãs não tem limites. Existe uma teoria que tenta provar a ligação entre Rita Seeker, famosa jornalista do mundo bruxo, e a autora. Ela sugere que, após ser exilada da comunidade bruxa, a repórter escreveu as histórias de Harry Potter sob o nome de J.K. Rowling. Porém, nada disso faz sentido se levarmos em conta a própria vida da escritora. Rowling em pessoa já rejeitou tal teoria. Ela nasceu em Yate, na Inglaterra, em 1965. Começou a trabalhar no romance em 1990, mesmo ano de falecimento de sua mãe. Se graduou pela University of Exter, em 1986, é casada e tem três filhos... ou ela está inventando tudo isso pra nós enganar. Estamos de olho, JK!

6 - Fawkes é uma horcrux de Dumbledore

Há quem acredite que a fênix de Dumbledore é sua horcrux. O pessoal só esquece que, para fazer uma, é preciso matar uma pessoa. Dumbledore pode ter errado muito ao longa de sua vida, mas ele não era um assassino. Tanto que, em 2016, a autora twittou em resposta a essa teoria. "A ideia de que alguém acredite nisso é estranhamente perturbadora para mim", disse.

7 - Draco Malfoy, no fundo, era bom

É triste, porém, nem toda pessoa é passível de redenção. Algumas são simplesmente más mesmo e, no fundo, gostam de agir da pior maneira. Com Malfoy, é possível ter simpatia pelo personagem, por tudo que ele sofreu dentro da família. Contudo, ele escolheu o próprio caminho, e optou em seguir o Lado Negro da Força. Em 2014, a escritora comentou no Pottermore sobre as pessoas que acreditam na bondade do personagem. "Draco não estava escondendo um coração de ouro sob toda aquela zombaria e preconceito", escreveu.

Próxima Matéria
Via   SR  
Gabi Noronha
Resumindo, é basicamente isso! Mais aventuras em Instagram: @gabinoronhaf
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+