icone menu logo logo-fatos-desconhecidos.png


7 terríveis serial killers que aterrorizaram a humanidade e nunca foram presos

POR Isabela Ferreira    EM Mistérios & Horror      25/01/18 às 17h18
capa do post 7 terríveis serial killers que aterrorizaram a humanidade e nunca foram presos

Certa vez, um psicólogo de Harvard deu um depoimento afirmando que pelo menos 1 em cada 25 americanos pode ser considerado sociopata, desprezando completamento o convívio social. Bom, nem todos eles são perigosos e costumam guardar isso para si, mas o problema pode ser agravado quando desenvolvem psicopatia. Quando falamos em um psicopata, todos já julgam como se tal pessoa fosse um serial killer. Cuidado... Não é bem assim que as coisas funcionam.

Um psicopata é aquele que não sente remorso ou amor ao próximo. É egocêntrico e costuma tomar atitudes impensadas, podendo apresentar comportamento agressivo por vezes. São pessoas mais propensas a transformar-se em serial killer, mas esta não é uma condição inerente. Ao longo da história humana já foram registrados casos de pessoas completamente desalmadas responsáveis por diversos assassinatos em série. O pior de tudo é que muitos acabaram impunes, sem nem mesmo terem sido identificados... Confira alguns deles:

1 - Jack, o estripador

Claro que não poderíamos começar a lista com outro serial killer. Jack, o estripador é um dos mais conhecidos e perversos do mundo. Atormentou Londres entre o período de 1964 e 1965. Na verdade, este é um apelido que o assassino ganhou, visto que os crimes cometidos por ele sempre tinham uma característica em comum: suas vítimas eram prostitutas, que ele matava por estrangulamento.

A primeira vítima foi Hannah Tailford, que teve seu corpo encontrado em fevereiro de 1964, estrangulado e sem alguns dentes. Mais tarde, outro corpo foi encontrado no mesmo local. Um homem chegou a assumir autoria dos crimes, mas como não sabia de detalhes, foi liberado. A verdade é que milhares de suspeitos apareceram, e as autoridades nunca conseguiram prender o assassino.

2 - O Homem de Pedra

Este é o mais famoso serial killer indiano, conhecido por lá com o nome de "Stoneman". Durante um período de 6 meses passados no ano de 1989, o homem foi acusado de assassinar brutalmente cerca de 13 moradores de rua que viviam em Calcutá. Como se não bastasse, ainda era o suspeito de outros 12 assassinatos que aconteceram anteriormente em Bombaim. Mas você deve estar se perguntando o motivo para que ele seja conhecido por tal nome...

É algo que diz respeito ao seu método de assassinato: ele procurava por moradores de rua dormindo. Assim que encontrava algum deles, usava uma enorme pedra para esmagar seus crânios. A verdade é que até hoje as autoridades não sabem se ele era apenas um indivíduo ou um grupo, portanto, ninguém nunca foi responsabilizado pelos crimes.

3 - Colecionador de Ossos

Também conhecido como coletor de ossos da Mesa Oeste, o serial killer foi o responsável pelo assassinato de 11 mulheres, entre os anos de 2003 e 2005. No entanto, os restos mortais foram encontrados apenas em fevereiro de 2009. As autoridades trabalharam durante semanas para descobrir todos os ossos, que haviam sido enterrados em um deserto próximo a Albuquerque, no Novo México. Mais tarde, foi possível descobrir que as vítimas tinham entre 15 e 32 anos, mas o assassino em si, nunca foi preso.

4 - O Monstro de Florença

O Monstro De Florença foi um serial killer que costumava atacar casais que se deslocavam por regiões mais isoladas da cidade italiana de Florença. Os crimes aconteceram entre os anos de 1968 e 1985, contabilizando 16 vítimas, todas mortas com tiros efetuados de curta distância. Muitos suspeitos apareceram e cada um deles ia sendo preso, até que um novo assassinato fosse registrado, provando que aquele não era o real criminoso.

Um homem chegou a ser condenado, mas após sua prisão outros crimes ainda aconteceram. Isso fez as autoridades acreditarem que s assassinatos estavam sendo conduzidos por grupos satânicos, liderados pelo último homem preso. Acontece que as autoridades nunca conseguiram nenhuma prova... Atualmente, o caso segue arquivado, mas continua como um grande mistério.

5 - Babysitter Killer

Entre os anos de 1976 e 1977, Oakland County Child Killer, também conhecido como Babysitter killer, aterrorizou principalmente os pais de Michigan. O serial killer foi o responsável por pelo menos 4 assassinatos de crianças. O pior é que todas tinham menos que um ano de idade. O caso permaneceu sem esclarecimento por muito tempo, até que foi reaberto no ano de 2012. Infelizmente, também não obteve sucesso e o assassino nunca foi identificado.

6 - Assassino do tronco de Cleveland

Agindo durante o período que compreendeu a década de 1930, o serial killer foi acusado de matar pelo menos 12 pessoas, entre homens e mulheres. Sua forma de lidar com as vítimas era bizarra... Ele as desmembrava e decapitava, sendo que por vezes, ainda partia o tronco delas ao meio. Por isso o apelido. Tais características também fizeram com que ganhasse o apelido de "Açougueiro louco". Embora tenha sido procurado por grandes investigadores, nunca conseguiram identificá-lo.

7 - O estripador de Atlanta

O serial killer que mais ficou conhecido como "O Estripador de Atlanta", foi acusado de matar pelo menos 21 mulheres. Estima-se que uma moça chamada Belle Walker tenha sido sua primeira vítima. Ela foi encontrada morta, com um profundo corte na garganta, a apenas 15 quilômetros de sua casa. O autor do crime nunca foi identificado.

E então pessoal, o que acharam? Conhecem algum outro serial killer que não foi mencionado em nossa lista? Compartilhem com a gente aí pelos comentários!


Próxima Matéria
avatar Isabela Ferreira
Isabela Ferreira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest