icone menu logo logo-fatos-curiosos.png


7 traços de personalidade ruins que na verdade podem ser bons

POR Cristyele Oliveira EM Curiosidades 31/05/19 às 16h03

capa do post 7 traços de personalidade ruins que na verdade podem ser bons

Provavelmente, a maioria de nós já passou da fase de acreditar que tudo é preto no branco, e que o certo e errado são muito bem delimitados. O que não é, pois as coisas não são tão simples assim. O certo e errado, assim como o bom e o mau, podem ser bem subjetivos dependendo da situação de ponto de vista. Já aprendemos também que nada e nem ninguém é totalmente bom ou ruim. Na verdade, é sempre um misto das duas coisas. Não é à toa que dizem que tudo tem o seu lado bom, até nas coisas ruins.

Mas esse é um comportamento comum entre os seres humanos, tentar rotular as coisas. Os traços de personalidade mesmo são coisas que tendemos a classificar com "bons" e "maus". Gentileza, por exemplo, é visto como algo bom, enquanto ser preguiçoso ou pessimista é ruim. A questão não é ser bom ou não, a questão é encontrar o equilíbrio para tirar o maior proveito das coisas, sejam elas boas ou ruins. Tudo depende muito do ponto de vista. Confira a seguir 7 traços de personalidade vistos como "ruins", mas que na verdade podem ser muito bons. É claro que na dose certa.

1 - Bagunça

Não manter as coisas milimetricamente organizadas está longe de ser um dos 7 pecados capitais, mas as pessoas tendem a classificar pessoas bagunceiras como improdutivas, o que não é verdade. Surpreendentemente ou não, muitas das pessoas que mantêm o ambiente de trabalho ou casa bagunçadas são mais propensas à criatividade e a se arriscarem mais. Por incrível que pareça, a bagunça pode ser uma inspiração. Só tome cuidado para não perder a sua inspiração no meio de muita desordem.

2 - Egoísmo

Pensar apenas em si mesmo e ignorar as pessoas ao redor é um coisa ruim, isso todo mundo sabe. Mas, algumas pessoas poderiam usar o egoísmo um pouco a seu favor. Enquanto só priorizar a si mesmo é um problema, priorizar sempre os outros e nunca a si próprio também é. Não estamos falando para se tornar um idiota, apenas para priorizar também as suas necessidades. Às vezes, precisamos dizer não. E você ficará muito aliviado em saber que isso não é uma coisa ruim. Não temos a obrigação de satisfazer sempre as vontades alheias quando isso significa fazer o que você não está confortável. Não se sinta culpado por também satisfazer as suas vontades.

3 - Ego

Ter um grande ego é considerado algo ruim, mas acontece de formas diferentes. A arrogância é algo ruim, pessoas arrogantes diminuem os outros para se sentirem superiores. Já a autoconfiança é uma coisa positiva, a satisfação consigo mesmo faz muito bem. A autoconfiança pode te impulsionar tanto na vida profissional quanto pessoal. É sempre bom estar ciente de si mesmo e acreditar em você, e contando que você não seja um idiota arrogante, está tudo certo.

4 - Timidez

Para muitos, a timidez é um sinal de fraqueza. Claro que ser excessivamente tímido pode ser ruim, pode te fazer perder muitas oportunidades. Mas isso não quer dizer que ela seja totalmente ruim. Diferentemente da introversão, a timidez pode ter coisas boas. Por exemplo, pessoas tímidas tendem a ser mais reflexivas e atentas do que pessoas extrovertidas, além de serem melhores ouvintes. Superar a timidez pode te ajudar a se relacionar melhor com o mundo exterior, só não desperdice as vantagens que você tem.

5 - Distração

Ser distraído pode dificultar a sua concentração no trabalho, no entanto, também pode te ajudar a ser mais criativo. Quando você não está focado em uma única coisa, você tem a possibilidade de absorver muito mais informações do ambiente, além de pensar mais fora da caixinha.

6 - Pessimismo

É claro que ninguém quer uma pessoa totalmente negativa por perto, mas uma dose de pessimismo pode ser algo muito bom. Pensar em tudo o que pode dar errado, te ajuda a planejar essas situações e as possíveis soluções para os problemas que podem surgir no caminho e até evita-los. Não sendo uma pessoa fatalista, o pensamento negativo pode te ajudar e muito.

7 - Preguiça

Para cada trabalhador esforçado, existe um com preguiça de fazer o trabalho. Nesse caso, ele usa a criatividade para encontrar uma forma de automatizar o processo. A preguiça, se usada adequadamente, pode te ajudar a encontrar um emprego que goste e a evitar a procrastinação. Nesse caso, o importante é encontrar o equilíbrio, porque se você deixar a sua preguiça tirar o melhor de você, nunca sairá da cama e perderá o melhor da vida.

E você, tem algum desses traços de personalidade? Conta para a gente nos comentários e compartilhe com os seus amigos.


Próxima Matéria
avatar Cristyele Oliveira
Cristyele Oliveira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest