• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 truques mais usados pela Rússia na guerra da informação

POR Erik Ely    EM Curiosidades      16/12/19 às 13h49

Como você bem sabem, 'amigos, amigos, negócios à parte' e guerra é guerra. Em momentos como esse, todos precisam entender que conhecimento é poder. Com isso, a Rússia está dedicando grandes recursos à guerra da informação. Uma vez que as informações são as maiores armas que alguém pode usar, o conceito da 'Guerra da Informação' envolve o uso tecnologias, para dispersar uma falsa propaganda ou desinformação. Claro, que tudo com o intuito de desarticular um possível inimigo. E nessa situação, a Rússia é mestre nisso. Por isso, separamos 7 truques mais usados pela Rússia, na guerra da informação.

Com os Países Bálticos se preparando para serem invadidos, e os Estados Unidos declarando casos de ataques cibernéticos, essa guerra funciona como uma espécie de Guerra Fria. Contudo, essa a guerra da informação representa muito mais, do que um mero truque da mídia, mas a apresenta como alguns regimes podem exercer um verdadeiro controle sobre as massas.

1 - Atores como falsos repórteres

Em 2014, o canal de TV estatal russo NTV transmitiu um grande golpe de propaganda. Assim, eles entrevistaram um morador local. Ou pelo menos era o que parecia, já que o homem era um ator profissional na Chechênia. Além disso, outros casos também foram identificados, como o de uma mulher, que apareceu em cinco noticiários diferentes, como uma moradora local. E o mais estranho é que ela foi residente de cinco cidades diferentes mesmo.

2 - Controlando as notícias com vídeos falsos

Ainda em 2014, um vídeo mostrava uma manifestação em Veneza contra o "genocídio no leste da Ucrânia. Contudo, ao investigar o conteúdo do vídeo, foram encontradas imagens de um diretor dizendo dando ordens e dizendo como os manifestantes agirem.

3 - Teorias da conspiração

Para se ter uma ideia, o canal RT (Russia Today) possui uma enorme audiência e um financiamento quase que ilimitado. No entanto, todo esse poder é usado principalmente para espalhar o maior número possível de teorias da conspiração antiamericanas. Constando como uma ação clara de desinformação, técnica que já existe, desde os tempos soviéticos.

4 - Reescrevendo o passado

No acordo do Muro de Berlim, os líderes ocidentais haviam prometido que para a OTAN, que não se expandiriam para além das fronteiras da Alemanha. No entanto, desde que a promessa foi quebrada, a Rússia disse que poderia justificar a tomada de um pedaço de terra da Ucrânia. Entretanto, a promessa quebrada não é uma justificativa válida e não está registrada em nenhum lugar. Além disso, histórias falsas de um passado não tão distante, estão se tornando cada vez mais comuns no país.

5 - Distorcendo o que vemos na internet

Há não muito tempo atrás, foi descoberto o exército de 'criadores de memes', pagos para soltar declarações pró-Rússia. Contudo, isso não surge de pessoas isoladas, na Rússia. Mas sim, de todo um departamento dedicado à produção de memes. E o resultado disso pode ser visto em memes, que não param de ser postados, nem mesmo por uma hora do dia.

6 - Criando dependência

Longe de obrigar alguém a fazer alguma coisa, a Rússia tem planos para deixar seus inimigos, completamente dependentes do país. Para fazer isso, a Rússia visa o ponto fraco de cada país. Seja pela energia, no gás que empresas alemãs e italianas precisam. Ou ainda, por meio de outros acordos, o plano é tornar toda a Europa, dependente da Rússia.

7 - Preconceito estratégico

Em um caso específico, a Rússia jogou toda a culpa da revolução ucraniana, em cima de 'lésbicas sexualmente frustadas'. Contudo, esse não apresenta um ataque isolado, muito menos sem fundamento. Aqui, o plano é transformar o Ocidente, em uma figura de ódio acessível, o que faz que uma relação seja criada, entre movimentos anti-gays e um patriotismo exacerbado. E claro, uma decadência ocidental como culpa de lésbicas.

Próxima Matéria
Erik Ely
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+