• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 vampiros medievais descobertos recentemente

POR Arthur Porto    EM Curiosidades      22/11/19 às 14h08

Todos já ouviram falar do Conde Drácula e de outras histórias e lendas de vampiros, não é verdade? Além disso, sabemos também de inúmeras outras curiosidades que norteiam esses seres. Entretanto, vocês sabiam que a Europa Oriental está repleta de cemitérios, com túmulos de vampiros medievais?

Não? Explicamos. Entre os séculos IX e XI, houve um conflito entre paganismo e cristianismo. De acordo com relatos da época, muitos pagãos foram considerados vampiros. Estes, então, foram enterrados perto ou em igrejas, com um crucifixo no caixão e as mãos e pernas amarrados. Para mantê-los ali eternamente, pedras pesadas foram colocadas sobre seus corpos.

Os recentes túmulos descobertos são ilustrados exatamente por esses métodos, que o folclore ditou. Confira agora, 7 túmulos de vampiros que foram descobertos.

1 - Bulgária

Em 2014, arqueólogos encontraram um túmulo de vampiro, em uma cidade chamada Thracian, que remonta ao século XIII. Acredita-se que o esqueleto pertencia a uma mulher idosa. Os arqueólogos encontraram também uma barra de ferro de dois quilos transpassada em seu peito. Além disso, há indícios de que sua perna havia sido mutilada. De acordo com relatos históricos, as mutilações impediam que os vampiros retornassem à vida. Além deste túmulo, outros 100 outros foram encontrados na mesma cidade.

2 - Eslováquia

Em 1991, arqueólogos descobriram em uma antiga igreja da cidade de Prostejov, na Eslováquia, um túmulo protegido por barras de ferro. A presença de tais barras retrata um dos métodos que eram utilizados para enterrar vampiros. De acordo com os especialistas, os antigos moradores da região acreditavam que os vampiros não toleravam objetos feitos de ferro. Além das barras, sobre o corpo havia diversas pedras. A sepultura remonta ao século XVI.

3 - Polônia

Seis cadáveres foram encontrados em um cemitério de vampiros, em Drawsko. Dentre os esqueletos encontrados, estão o de uma criança, de 12 anos, o de uma mulher de meia-idade e o de uma menina, morta na adolescência. Alguns dos cadáveres estavam presos com foices afiadas e outros com pedras pesadas, na região do pescoço. Acredita-se os esqueletos possuem cerca de 200 anos.

4 - República Tcheca

No início dos anos 1990, um morador local de Celakovice descobriu, em seu quintal, resquícios de um antigo esqueleto. Os arqueólogos, quando chegaram no local, descobriram mais 12 esqueletos. Todos são do século 11 e pertencem a homens, de 30 a 40 anos. Seus peitos estavam perfurados com pontas de metal e suas mãos e pés estavam amarrados. Alguns deles também foram decapitados, com a cabeça virada para baixo.

5 - Grécia

Em 1994, na ilha grega de Lesbos, perto da cidade de Mitilene, arqueólogos, que investigavam um antigo cemitério turco, encontraram um esqueleto medieval, enterrado em uma cripta escavada, em uma antiga muralha da cidade. O cadáver estava literalmente pregado em sua cova. Havia, no esqueleto, espigões ??de ferro atravessados ??no pescoço, pélvis e tornozelo. De acordo com especialistas, o corpo era de um muçulmano.

6 - Itália

Em 2006, na ilha de Lazaretto Nuovo, perto de Veneza, foi encontrado o esqueleto de uma mulher do século XVI. O esqueleto foi descoberto em um cemitério de pessoas que foram vítimas da Peste Negra. A mulher foi enterrada com um tijolo na boca.

7 - Irlanda

Os esqueletos de um homem de meia-idade e de um homem de vinte anos foram descobertos, em Kilteasheen, na Irlanda. Ambos os homens foram enterrados com pedras na boca. Argumenta-se também que os dois foram "portadores" de pragas. Diferente dos casos acima, nenhum dos dois foi considerado vampiro, porque foram enterrados no início do século VIII. A data é anterior ao início das lendas.

Próxima Matéria
Via   List Verse     slavorum  
Arthur Porto
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+