• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 venenos mais famosos da História

POR Cristyele Oliveira    EM Curiosidades      04/10/19 às 16h41

Existem várias formas de matar uma pessoa, algumas são realmente diabólicas, outras são extremamente geniais. É claro que se alguém resolve matar outra pessoa, tudo o que ela quer é esconder o crime, para não ser pego. Alguns métodos são mais complicados do que outros, alguns não são tão eficientes e outros são complexos demais. Mas existe uma forma bem simples e eficaz de fazer isso, e qual seria? Se você disse venenos, você está completamente certo. Existem vários tipos de venenos, e dependendo de qual for usado, eles são realmente eficazes. O que faz deles  uma das armas mais mortais que existem.

Séries de ficção como Sherlock Holmes parece ter criado, no público, um gosto peculiar por venenos não rastreáveis e de ação rápida. Na vida real, porén, a coisa não funciona bem assim. Mas o fato é que as pessoas usam venenos para matar as outras, há muito tempo, e na maioria dos casos, isso funcionou graças a certos recursos. Confira a seguir, 7 venenos que já foram usados para assassinar pessoas.

1 - Cicuta

Conium maculatum conhecida popularmente como cicuta é uma planta altamente tóxica, originária da Europa e da África do Sul. Ela foi muito usada no Grécia antiga, para matar os prisioneiros. Para se ter uma ideia do qual mortal é essa planta, se uma pessoa adulta ingerir 100 mg de cicuta, cerca de 8 folhas da planta, ela é fatal. A pessoa morre de paralisia, sua mente continua acordada, mas o seu corpo para de responder. Posteriormente, o sistema respiratório logo para de funcionar. Provavelmente, o envenenamento por cicuta mais notório da história é o do filósofo grego Sócrates. Ele foi condenado à morte e recebeu uma infusão muito concentrada de cicuta.

2 - Acônito

O acônito é outra planta muito venenosa e fatal. Ela causa uma função arrítmica do coração que leva à asfixia e não deixa rastros. Ela é tão perigosa, que não precisa nem ingerir a folha para ser envenenado por ela, basta tocar as suas folhas sem uma luva. Devido a sua natureza não rastreável, ela se tornou bastante popular quando se trata de crimes sem rastros. Dizem que o imperador Cláudio foi envenenado por sua esposa que colocou acônito em sua comida.

3 - Beladona

A planta, chamada beladona, foi nomeada assim pelo fato do nome ser derivada do italiano e significar mulher bonita. Durante a Idade Média, a beladona foi muito usada para fins cosméticos. Isso porque se esfregasse suavemente a folha da planta nas bochechas dava uma cor avermelhada, quase como o blush de hoje em dia. Mas não se engane, essa planta não tem nada de inofensiva, muito pelo contrário. A ingestão de uma única folha de beladona é fatal, e por esse motivo, ela foi muito usada para fazer flechas com ponta de veneno.

4 - Dimetil mercúrio

O Dimetil mercúrio não é um veneno natural, mas é tão fatal quanto os outros dessa lista. Por ser um matador lento, é ainda mais perigoso. Acontece que os sintomas de envenenamento por Dimetil mercúrio demoram a aparecer, mais precisamente meses após a ingestão, e é exatamente esse o problema. Quando você notar, já é tarde demais. Em 1996, uma professora de química do Darthmouth College derramou duas gotas do veneno na mão enluvada, mas o veneno passou pela luva. Tempos após o fato, apareceram os sintomas. Dez meses depois, ela morreu.

5 - Polônio

O polônio é um veneno radiativo, muito perigoso e sem cura. Para se ter uma ideia do seu poder, uma grama de polônio vaporizado pode matar cerca de 1,5 milhão de pessoas em alguns meses. O caso mais famoso, de envenenamento por essa substância, é o do ex-espião russo, Alexander Litvinenko. Ele morreu três semanas depois de tomar uma xícara de chá, com uma dose 200 vezes maior do que a dose letal mediana de polônio.

6 - Mercúrio

Existem três formas de mercúrio que são muito perigosas. O primeiro é o mercúrio elementar, encontrado nos termômetros de vida. Esse não é prejudicial se tocado, mas se for inalado, é fatal. Tem também o mercúrio inorgânico, que é usado na fabricação de baterias, sendo mortal apenas se for ingerido. E por último, o mercúrio orgânico, encontrado em peixes, como atum e peixe-espada. Esse pode ser potencialmente mortal se ingerido, por longos períodos de tempos. Um caso de morte causada por mercúrio é a do Amadeus Mozart, que ingeriu pílulas de mercúrio para tratar sífilis.

7 - Cianeto

O cianeto é um tipo de veneno muito popular, sendo usado principalmente por espiões para se matar no caso de serem capturados por inimigos. Uma dose fatal de cianeto para humanos é de 1,5 mg para cada quilo de peso corporal. A morte é bem rápida, variando entre 1 e 15 minutos depois da ingestão. Além do mais, em sua forma gasosa, o cianeto de hidrogênio ele também é fatal. Tanto que foi muito usado pela Alemanha nazista, para os assassinatos em massa nas câmaras de gás, na época do Holocausto.

E então, você já conhecia muitos desses venenos? Conta para a gente nos comentários e compartilhe com os seus amigos.

Próxima Matéria
Via   List Verse  
Cristyele Oliveira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+