icone menu logo logo-fatos-curiosos.png


7 vezes em que o mundo quase acabou de verdade

POR Isabela Ferreira    EM Curiosidades      17/10/17 às 16h31
capa do post 7 vezes em que o mundo quase acabou de verdade

O ser humano parece ter a necessidade de sempre datar o fim do mundo. Já passamos por isso algumas vezes, dentre as quais podemos destacar nos anos de 2000, 2012, e até mesmo recentemente, quando existiam teorias de que o mundo acabaria em outubro deste ano. Bom, a verdade é que já passamos bem perto de ver nosso planeta ser destruído, no entanto, os maiores motivos nunca foram bíblicos ou planetários.

Nosso mundo já correu riscos muito maiores do que a maioria das pessoas é capaz de perceber. Sejam por iminentes guerras, ou por doenças que quase devastaram grande parte da população. Pensando nisso, nós aqui da Fatos Desconhecidos separamos abaixo 7 vezes em que o mundo quase acabou de verdade. Dá uma olhada!

1 - Alarme falso da Guerra Fria

O dia 26 de setembro de 1983, ficou conhecido como o dia em que o mundo quase teve seu fim. As tensões entre Estados Unidos e União Soviética ainda eram muito grandes. Um simples erro quase pôs tudo a perder. O tenente-coronel Stanislav Petrov era o responsável por comandar um bunker da URSS.

Foi projetado para detectar quando um iminente ataque que poderia estar prestes a acontecer. A missão era reagir em poucos segundos, caso sofressem um ataque nuclear. Certa vez, suas luzes e sirenes começaram a dar sinal, como se estivessem sob imenso perigo. Por sorte, Petrov pensou duas vezes antes de lançar os mísseis soviéticos. Se manteve calmo o suficiente para ver que o equipamento detectava na verdade nuvens, ao invés de um ataque inimigo. Se não fosse por essa atitude, o mundo estaria bem diferente hoje em dia.

2 - Tempestade solar de 2012

Em 2012, o medo de que o mundo acabasse era bem real. A verdade é que passou perto disso. No dia 12 de julho, nosso planeta pegou um imenso alargamento solar (súbito aumento do brilho do sol), mas por sorte não estávamos em  direção a ele. Mais tarde, a NASA descobriu que se o fenômeno tivesse acontecido na semana anterior, é bem provável que "a Terra seria mandada de volta para o século 17".

3 - A Peste Negra

No decorrer do século 14, a sociedade europeia sofreu uma perda de praticamente metade de sua população. Sim, por culpa da peste negra, doença provocado por ratos negros. A praga causou cerca de 20 milhões de mortes, sendo considerada como uma das piores de toda a história do mundo.

Por mais que não tenha atingido o planeta como um todo, seu poder de destruição é realmente catastrófico. Durou 5 horríveis anos, deixando todos com medo e em pânico. O problema é que nem os médicos queriam atender os pacientes infectados, com medo de contrair a doença... Foi literalmente uma tragédia.

4 - Bactérias Destrutivas para culturas

As modificações genéticas, quando se tratam de alimentos, vem sofrendo rápido avanço e despertando enorme interesse desde o fim do século passado. Certa vez uma bactéria nomeada de Klesiella Planticola, foi declarada como completamente segura para culturas de trigo. A questão é que era bem pelo contrário. Se não fosse por pesquisas realizadas pela Universidade do Estado do Oregon, é bem provável que a bactéria teria destruído toda a cultura do trigo, e algumas outras.

Tudo começou como uma boa ideia, mas se revelou um grande risco para a vida humana. Imagine se os grandes empresários tentassem jogar tal pesquisa para baixo dos panos? Se tivessem desacreditado? Felizmente, nada disso aconteceu.

5 - A Gripe Espanhola

Se a peste negra já foi algo capaz de devastar um continente em 5 anos, certamente a gripe espanhola é capaz de entrar no páreo. Cerca de 20 a 40 milhões de pessoas morreram em apenas um ano, entre 1918 e 1919, por culpa da doença. Ela ganhou o título de pior epidemia biológica da história do mundo!

Imagine o poder de destruição que ela teria se continuasse avançado desenfreadamente... Seria capaz de provocar mais mortes que qualquer outra guerra.

6 - Erupção vulcânica colossal

É difícil pensar que uma erupção pode provocar o fim do mundo, não é mesmo? Talvez não seja realmente capaz, mas isso quase aconteceu. O  fato é que o poder de destruição deles é muito maior do que podemos perceber visivelmente.

Aproximadamente 70 mil anos  atrás, em Sumatra, na Indonésia, aconteceu uma erupção vulcânica com um impacto tão  maciço naquela região, que teve a capacidade até mesmo de afetar as temperaturas globais. Para você ter ideia, fez até com que o sol "ficasse mais fraco" por algum período de tempo.

7 - Varíola

Durante cerca de 3 mil anos a varíola foi capaz de dizimar populações do mundo todo. Estima-se que entre 20 a 60% dos infectados acabam morrendo, enquanto outra grande parcela fica com sequelas graves, a exemplo de cegueira ou cicatrizes. Felizmente hoje possuímos uma vacina que se torna bem eficaz contra a doença e conseguimos praticamente exterminá-la, mas nem sempre foi assim.

Durante muito tempo o vírus correu solto pelo mundo, conseguindo se espalhar por todos os cantos. O que mais espanta na verdade, é que amostras de varíola ainda vivem, e existe a possibilidade de serem libertas em forma de arma bioterrorista... Isso sim dizimaria a humanidade.

E então pessoal, o que acharam? Já sabiam que algum desses acontecimentos quase acabou com o mundo? Compartilhem suas ideias com a gente aí pelos comentários!


Próxima Matéria
avatar Isabela Ferreira
Isabela Ferreira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest