icone menu logo logo-fatos-curiosos.png


7 vezes em que pessoas levaram a Black Friday longe demais

POR Mateus Graff    EM Entretenimento      13/11/18 às 15h25
capa do post 7 vezes em que pessoas levaram a Black Friday longe demais

A Black Friday é o dia que inaugura a temporada de compras para o Natal, com significativas promoções em muitas lojas. Essa maravilha começou nos EUA, mas hoje está inserida na cultura brasileira de uma maneira muito forte. E quem não gosta de de uma promoção? As pessoas ficam completamente malucas e às vezes até passam dos limites.

Sim, as pessoas brigam, fazem ameaças, furam filas e fazem de tudo para conseguirem garantir suas compras na famosa Black Friday. Pensando nisso, resolvemos trazer para vocês essa lista com as 7 vezes em que pessoas levaram a Black Friday longe demais:

1 - Briga por causa de estacionamento

Todo mundo já teve problema para encontrar uma vaga em um estacionamento, certo? Na Black Friday de 2013, Ronnie Sharp (de 61 anos) e Christopher Jackson (de 35 anos) tiveram uma discussão por causa de uma vaga em um estacionamento de uma loja. Os dois começaram a discutir e logo Sharp ameaçou Jackson com uma arma e depois com uma faca. Jackson foi esfaqueado no braço e a polícia precisou ser chamada. Os dois homens foram detidos e ambos receberam acusações. Tudo isso por causa de uma vaga de estacionamento...

2 - Cabo-de-guerra

Muitas pessoas se tornam crianças com a chegada da Black Friday. No Texas, em 2014, por exemplo, surgiu um desconto em televisores da Samsung com número limitado de TVs disponíveis e terminou em algo parecido com cabo-de-guerra entre dois compradores. Ao lado deles, um total de quatro clientes se deitaram em cima de uma das caixas até serem retirados pelos policiais. Eventualmente, um deles ficou com uma das televisões. Ninguém foi acusado, mas o caos absoluto estava presente naquela loja.

3 - Briga por causa de máquinas de fazer waffle

As brigas costumam ser bastante comuns na Black Friday, assim como as ofertas exageradas e a falta de estoque nas lojas. Uma das disputas bizarras por produtos em uma Black Friday aconteceu em 2011, nos EUA. A briga era por causa de uma máquina de fazer waffle, capaz de fazer duas unidades em apenas uma só vez. Quando a venda começou, as pessoas pareciam famintas brigando por comida, empurrando umas nas outras sobre as máquinas de fazer waffle.

O segurança da loja teve de ser chamado para acabar com a bagunça e felizmente nenhuma pessoa ficou ferida.

4 - Vale tudo por um produto

Em um shopping da Filadélfia, em 2013, uma briga começou por causa de um produto desconhecido. Duas mulheres começaram uma discussão dentro de uma loja de departamento, resultando em uma briga muito feia. Uma das mulheres puxou uma arma de choque e a usou contra outra mulher durante a briga. Testemunhas precisaram separar as duas mulheres para que a situação não ficasse pior. A segurança confirmou o incidente mais tarde e disse que as duas mulheres foram escoltadas, ambas deixando o lugar de mãos abanando.

5 - Usando spray de pimenta

Em 2011, uma mulher de Los Angeles tinha como alvo jogos de Xbox para a Black Friday. Porém, como ela não era a única que estava no local atrás dos consoles, a mulher usou spray de pimenta para afastar as pessoas. O pânico começou e pelo menos dez pessoas foram atingidas pelo spray de pimenta, enquanto outras dez ficaram feridas devido ao caos que a mulher causou. As autoridades foram chamadas e a mulher conseguiu fugir do local. Não ficou claro se ela conseguiu ou não os jogos, mas sabemos que ela é uma trapaceira.

6 - Não fure fila!

Assim como qualquer outro comércio, as lojas de brinquedos também têm produtos limitados. No ano de 2010, essa foi a preocupação de uma mulher de 21 anos de Wisconsin, nos EUA. Ela tentou cortar a fila para ter perder os produtos. Quando os outros clientes reclamaram dela e a fizeram ir para o fim da fila, a mulher ameaçou tirar uma arma e abrir fogo se eles não permitissem que ela passasse na frente.

A polícia foi chamada, mas nenhuma arma foi encontrada. A mulher foi levada em custódia. Ela usou o dinheiro das compras para pagar a fiança e disse aos repórteres que só queria comprar um brinquedo para dar a sua filha de Natal. Bom, nessa Black Friday é melhor você não tentar furar a fila.

7 - Capitalismo selvagem

A Black Friday realmente é muito esperada. Quando as portas das lojas se abrem, uma multidão avança para conseguir pegar o que conseguir. Mas as coisas nem sempre acabam bem. Em 2011, um homem caiu ao passar mal enquanto fazia compras na Black Friday, e acabou morrendo. Ele estava em uma loja na Virgínia do Oeste, nos EUA. Walter Vance tinha 61 anos de idade e estava comprando objetos de decoração para o Natal. As testemunhas afirmaram que as pessoas continuaram comprando as coisas normalmente enquanto pisavam no corpo do homem.

Horas depois do incidente, uma enfermeira e um paramédico que faziam compras viram o homem caído no chão e o socorreram. Infelizmente, ele morreu em uma ambulância enquanto estava a caminho do hospital.

E você, já viu alguém indo longe demais na Black Friday? Comente!


Próxima Matéria
avatar Mateus Graff
Mateus Graff
https://www.instagram.com/mateusgraff/ https://www.facebook.com/mateus.adjutomartinsgraff
As categorias Terror, Sobrenatural, CreppyPasta e entretenimento têm como único objetivo de entreter. Não devem ser utilizadas como fontes de artigos científicos ou trabalhos escolares.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest