• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 vezes que meteoros entraram na atmosfera terrestre e conseguiram sair

POR Diogo Quiareli    EM Ciência e Tecnologia      28/01/19 às 16h16

Você já deve ter ouvido falar de meteoro, né!? Um meteoro é uma enorme rocha espacial que, ao entrar na atmosfera terrestre, pega fogo. Essa, se conseguir se chocar com o planeta, é capaz de causar uma vasta destruição. Cada rocha que cai naturalmente na Terra, torna-se de forma inevitável um meteoro, seja de maior ou menor intensidade. Esse conceito já foi bastante para desenvolver diversos estudos. No entanto, às vezes acontece de uma dessas rochas espaciais cair na Terra e tornar-se um meteoro. Por algum motivo ainda desconhecido, decide deixar a atmosfera e continuar a sua jornada pelo espaço. Esses são ainda mais estudados por cientistas do mundo inteiro.

Foi pensando nisso que resolvemos trazer essa matéria. A redação da Fatos Desconhecidos buscou e listou para você, caro leitor, algumas vezes que meteoros entraram na atmosfera terrestre e conseguiram sair. Se você souber de algum outro caso, manda pra gente nos comentários aí embaixo. Aproveite para compartilhar com seus amigos e, sem mais delongas, confira conosco a seguir e surpreenda-se.

1 - Japão Terra-Grazer (2006)

Esse caso aconteceu no Japão no dia 29 de março de 2006. Uma bola de fogo estava cruzando o céu sobre várias cidades do país. A causa dessa bola de fogo foi um meteoroide de cerca de 100 quilos. O meteoro percorreu 1.000 quilômetros sobre o país, durando 35 segundos antes de finalmente sair do nosso planeta. O evento foi registrado por fotografias, gravações de câmeras de TV e observações telescópicas.

2 - Meteoro veloz (1990)

No dia 13 de outubro de 1990, duas estações astronômicas conseguiram detectar a passagem de um meteoro sobre a República Checa e a Polônia. Outras estações e uma pessoa também afirmaram ter visto. O meteoro foi causado por um meteorito de 44 quilos, que chegou a entrar na zona da Terra. Ele se movia a 42 quilômetros por segundo. Ele ficou visível no céu por quase dez segundo e percorreu 409 quilômetros. Após esse período, o meteoro saiu da atmosfera e voltou ao espaço.

3 - Meteorito Zagami (1996)

Em outubro de 1962, um fazendeiro estava trabalhando em seus campos em Zagami, na Nigéria. Quando menos esperou, ouviu uma forte explosão. Ao olhar para cima, viu um meteoro cair e atingir o chão a apenas 3 metros de distância dele. Ele notou que o mesmo havia feito uma cratera no chão. A rocha negra no chão tratava-se de um meteorito de 18 quilos de Marte. A NASA então iniciou sua primeira missão de sucesso. Eles levaram a rocha de volta para o planeta vermelho em setembro de 1997.

4 - Asteroide raro de Aten (2007)

Não há muitas informações sobre o chamado EN070807. Todas as referências desse meteoro provêm de um único artigo de acesso público do Observatório Ondrejov. Esta faz parte da Rede Europeia de Bola de Fogo, na República Checa. Esse evento aconteceu mais precisamente no dia 7 de agosto de 2007. Este tratava-se de um asteroide do tipo Aten, que são fragmentos rochosos que orbitam o Sol a curtas distâncias. Enquanto o EN070809 descia pelo céu da Europa, diversas estações da República Checa fotografaram o evento. Após passar rapidamente, voltou para o espaço, mesmo tendo perdido um pouco de sua massa total.

5 - Grande bola de fogo do dia (1972)

Esse evento é bastante curioso, pois aconteceu durante o dia. Era 14:30 do dia 10 de agosto de 1972, quando a rocha espacial entrou na atmosfera terrestre, acima do estado de Utah. Cruzou o céu por mais de um minuto e meio em direção ao norte. O meteoro deixou nosso planeta sobre Alberta, no Canadá. Após diversas investigações, determinaram que o objeto entrou no planeta a uma velocidade de aproximadamente 54.100 quilômetros por hora. Ele tinha uma massa máxima de 570 toneladas e um comprimento de 14 metros.

6 - Campo Del Cielo Meteorito (2014)

O Meteorito Zagami não foi a única rocha enviada de volta para o espaço por seres humanos. Um corpo vagou pelo espaço por 4,5 bilhões de anos até colidir com o nosso planeta há 4.000 anos. Ele caiu na Argentina e os moradores chamavam a zona de impacto de "Campo del Cielo". Em 2012, a artista escocesa Katie Peterson adquiriu um pequeno pedaço do meteorito. Esse foi derretido em 1.700 graus Celsius e remodelado até sua forma original. Ele então foi enviado para uma instalação da Agência Espacial Europeia, na Holanda. A rocha foi enviada para a Estação Espacial Internacional e foi solta no espaço, mas em 2015, retornou para a Terra, sendo considerados então 2 meteoros.

7 - Fragmentado (2012)

Em 10 de junho de 2012, um meteoroide visitou o nosso planeta e voltou para sua jornada no espaço. A rocha pesava 16 quilos e entrou em nossa atmosfera viajando a 100 quilômetros acima do leste da Espanha. Ele se movia a 105.000 quilômetros por hora. A bola de fogo se despediu de nós quando ainda estava acima da Espanha. Esse meteoroide perdeu 260 gramas em nossa atmosfera e retornou à sua órbita com uma crosta de fusão. A bola viajou, no total, 510 quilômetros na atmosfera.

E aí, o que você achou dessa matéria? Comenta pra gente aí embaixo e compartilhe com seus amigos. Lembrando sempre que o seu feedback é extremamente importante para o nosso crescimento.

Próxima Matéria
Via   Listverse  
Imagens Sputnick News
Diogo Quiareli
Geminiano, 24 anos, goiano.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+