icone menu logo logo-fatos-curiosos.png


7 vezes que prisioneiros escaparam de prisões de segurança máxima

POR Leticia Rocha    EM Curiosidades      27/03/19 às 16h32
capa do post 7 vezes que prisioneiros escaparam de prisões de segurança máxima

As prisões são criadas com o intuito de privar as pessoas da liberdade. A privação da liberdade é uma das principais formas de punição por crimes contra a sociedade. No entanto, nem sempre as prisões cumprem com toda a restrição de que precisam e as fugas acontecem. Por mais que pareça impossível fugir desses locais, acredite, os prisioneiros são criativos e arrumam um jeito. Mesmo que eles estejam em prisões de segurança máxima.

Ser sentenciado a ir para algumas prisões, como por exemplo a prisão de Alcatraz, era algo trágico. Isso porque ela era uma prisão de alta segurança, criada realmente para ser impossível fugir de lá. Mesmo assim, alguns prisioneiros conseguiram fazer o que muitos consideravam ser impossível.

1 - Prisão de Imrali

A ilha ?mral? é uma ilha-prisão de segurança máxima. Além de precisar fugir da prisão em si, seria preciso fugir na região que é rodeada por água! Mas, em 1975, Billy Hayes conseguiu fazer isso, depois de ter falhado três vezes. Billy conseguiu fugir da prisão e então roubou um barco, foi com ele até Bandirma, onde se escondeu. Depois disso, homem partiu para Grécia e acabou sendo deportado para Alemanha, onde foi preso novamente antes de ganhar sua liberdade. A história de sua fuga acabou se tornando um livro, em "O Expresso da Meia-Noite" ele conta tudo o que fez para conseguir fugir.

2 - Torre de Londres

A Torre de Londres era considerada uma prisão inescapável, para onde várias pessoas iam e não retornavam. Também era um lugar onde as torturas eram frequentes. John Gerard era um padre jesuíta que fugiu das autoridades por anos, mas acabou  indo parar na torre. Apesar do futuro trágico que o aguardava, ele não estava disposto a aceitar permanecer preso. Com a ajuda de outros padres do submundo católico, ele conseguiu que uma corda fosse içada onde ele estava, e então ele desceu e conseguiu atravessar o fosso e fugir. E não pense que foi fácil descer na corda, as mãos de Jhon foram mutiladas durante a tortura e ele teve que descer sem auxílio das mãos. Mais tarde sua fuga também virou um livro: "John Gerard: A autobiografia de um elisabetano".

3 - Acampamento na Coreia do Norte

A Coreia do Norte é mundialmente conhecida por seus governos autoritários. No país, a liberdade é algo a que muitas pessoas não têm direito desde cedo. Foi assim com Shin Dong-hyuk, que nasceu em um campo de trabalho. As pessoas que nascem nesses campos são obrigadas a trabalhar em terríveis condições e ainda passam fome. Shin Dong passou por tudo isso e ainda assistiu a execução de sua mãe e seu irmão. Quando tinha 23 anos, decidiu fugir e então passou por baixo de uma cerca elétrica de alta voltagem e fugiu para a China. Depois foi para a Coreia do Sul e finalmente para os EUA.

4 -Prisão La Sante

A prisão francesa de La Sante também era famosa por ser inescapável. Durante todo o tempo em que esteve ativa, apenas 3 fugas foram registradas e Michael Vaujour estava entre os prisioneiros que conseguiram o feito. Com a ajuda de sua esposa, ele fugiu de helicóptero. Como? Enquanto ele estava preso, a mulher pegou aulas de voo usando um nome falso. Quando já tinha domínio, a mulher basicamente "buscou" Michael no telhado da prisão. No entanto, a liberdade não durou muito. Meses depois, ele voltou para cadeia após levar um tiro na cabeça durante um assalto.

5 - Prisão de Luynnes

Essa é uma outra prisão de segurança máxima na França e foi palco de mais uma fuga de helicóptero, elas são mais comuns do que você imagina. Pascal Payet, em 2001, fugiu de helicóptero da prisão, mas a história não acaba por aí. Dois anos depois, ele retornou de helicóptero e resgatou dois de seus amigos. Mas depois disso, ele acabou sendo preso novamente, mas isso também não durou muito. Seus amigos sequestraram um helicóptero e novamente tiraram o homem da prisão. Mesmo assim, Payet foi recapturado pela polícia e agora está preso em um lugar secreto que não foi divulgado para evitar que novas fugas ocorram.

6 - Stalag Luft III

O Stalag Luft III foi usado como um campo de prisioneiros durante a Segunda Guerra Mundial. Os prisioneiros de guerra dos países aliados eram levados para o local, onde acreditava-se que era difícil de se escapar por conta do solo arenoso. Apesar de ser difícil cavar um túnel, isso não era impossível e bom, foi isso que os prisioneiros fizeram. Com muito trabalho duro e com a ajuda de todos, eles escavaram um túnel de 9 metros de profundidade, foi por lá que 76 presos fugiram.

7 - Alcatraz

A prisão de Alcatraz era conhecida como uma das mais seguras do mundo, ou seja, era quase impossível fugir de lá. Alcatraz também fica em uma ilha e além de fugir da prisão em si, era preciso nadar até o continente. Uma das tentativas de fuga da prisão foi arquitetada pelos irmãos John e Clarence Anglin e Frank Morris. Eles forjaram cabeças de papel higiênico e deixaram em suas beliches para enganar os guardas. O plano deu certo e durante a noite, os guardas não perceberam que eles não estavam em suas camas. Através de uma pequena abertura na cela, eles conseguiram escapar da ilha. Muitos acreditam que na verdade eles morreram nas águas geladas do mar, outros acreditam que a fuga foi bem sucedida. A realidade é que eles nunca mais foram vistos e ninguém sabe se a fuga realmente deu certo ou não.

E você, conhece alguma outra história mirabolante de fuga que parecia impossível? Nos conte aqui nos comentários!


Próxima Matéria
avatar Leticia Rocha
Leticia Rocha
Jornalista e aprendiz de Dani Noce. No insta é ticia_rochaa
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest