icone menu logo logo-fatos-curiosos.png


7 vídeos científicos que te farão questionar a realidade

POR Bruno Dias EM Curiosidades 29/11/18 às 15h11

capa do post 7 vídeos científicos que te farão questionar a realidade

Questionar a realidade, levantar perguntas que parecem não ter respostas e pesquisar vários assuntos que envolvem desde o surgimento do universo até como o corpo humano funciona. Este é o trabalho dos cientistas. Cabe a eles nos mostrar descobertas que possam mudar a maneira como pensamos e vemos o mundo até determinado ponto de nossas vidas.

Essas inúmeras incertezas científicas já fizeram com que vários pontos de nosso universo fossem esclarecidos. Mas isso não quer dizer que as dúvidas ou que as descobertas tiveram um fim, muito pelo contrário, elas parecem aumentar conforme as descobertas vão sendo feitas. E existem também algumas teorias que te fazem pensar se a realidade que conhecemos é realmente a verdade ou se uma teoria, por mais maluca que pareça, não possa ser a verdadeira verdade. Esses vídeos que separamos farão você questionar aquilo que já conhece e ver que podem existir outras possibilidades.

1 - You Are Two

Você já parou para pensar que toda sua experiência de vida está presa em uma massa trêmula de neurônios que não podem experimentar nada fora de onde eles estão guardados? E que seu cérebro pode ser na verdade dois cérebros?

É conhecido de todos que o cérebro tem dois lados, o esquerdo mais analítico e o direito mais criativo e que as pessoas podem ter um lado mais desenvolvido dependendo de como elas são. Mas essas partes podem pensar de maneira independente uma da outra se precisarem e podem até mesmo ter habilidades e opiniões diferentes.

2 - Universos paralelos

Universos paralelos são uma coisa bastante explorada em filmes de ficção científica, mas têm alguns cientistas que os tratam com uma realidade possível. A mecânica quântica tem uma questão muito grande com relação a como as partículas podem passar de vários estados ao mesmo tempo antes de decidir um único.

O que solucionaria essa questão é ver que, na verdade, elas não estão decidindo, mas sim, uma vez que existem muitos mundos, as partículas não estão decidindo mas têm uma linha do tempo ramificada com todos os resultados possíveis. Contudo, nós conseguimos ver apenas um. Esses outros universos são criados por eventos em nível subatômico, onde a interação de partículas gera novas linhas do tempo.

3 - O que é o presente?

O jeito que vemos o mundo é uma ilusão criada pelo nosso cérebro e demora um pouco para reunir os dados e para remontá-los na ordem certa. Isso quer dizer que quando nós tomamos consciência de alguma coisa, o universo já seguiu em frente.

E esse atraso não é apenas em um tempo imperceptível. A nossa visão sobre casualidade pode ser comprometida fazendo com que as consequências das ações que fazemos aconteçam antes mesmo de as fazermos.

4 - Você é o único ser consciente do universo?

O máximo de certeza que você pode ter de que é um ser consciente é porque você foi capaz de pensar nessa possibilidade. Mas isso não garante que todos ao seu redor também sejam conscientes.

A consciência é uma ideia não muito bem delimitada. Não se sabe o que a causa ou até que ponto ela se estende em mentes vivas e mortas. E também podemos ver que a inteligência artificial pode ter uma ilusão de consciência.

5 - Síndrome do impostor

Quem nunca se sentiu um impostor quando se comparava aos outros? Essa síndrome atinge 70% da população mundial e, surpreendentemente, é mais comum nas pessoas que já realizaram grandes coisas.

Essa sensação vem da incapacidade que temos de ver o outro de uma forma mais complexa e ver que eles também têm estranhezas e preocupações, assim como nós.

6 - O que é alguma coisa?

Se pensarmos no universo, vamos imaginar uma coisa bastante grande. Mas é possível reduzir tudo em coisas bastante simples. A matéria é quebrada em moléculas, as moléculas são quebradas em átomos, átomos em partículas subatômicas. Isso quer dizer que o universo é na verdade feito de 17 partículas que obedecem quatro regras.

7 - Meu vermelho é o seu vermelho?

É certo que para vermos uma cor, nossos olhos recebem um mesmo comprimento de onda de luz, mas não é possível ter certeza se a mesma tonalidade de vermelho é vista pelas mesmas pessoas. Mas talvez, com uma combinação perfeita de sons é possível que as pessoas consigam ver uma mesma tonalidade de vermelho.


Próxima Matéria
avatar Bruno Dias
Bruno Dias
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest