• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 vídeos que surpreendentemente foram mostrados em escolas

POR Jesus Galvão    EM Curiosidades      03/06/19 às 17h13

Sem dúvida alguma, o uso de vídeos e desenhos pode estimular e auxiliar na maior compreensão de um conteúdo. Muito provavelmente, seus professores, ao longo do período em que você esteve na escola, devem ter utilizado tal recurso. Entretanto, alguns desses vídeos educativos parecem não terem sido revisados para a faixa etária e muitas vezes causaram mais confusão do que aprendizado, de fato.

Como quando tentaram explicar as ações do vírus do HIV com uma partida de beisebol, ou, que o consumo de LSD fazia mal para cérebro dando vida a um cachorro-quente maluco. Bom, claramente, podemos perceber que essas ideias não funcionaram como deviam. Pensando nisso, hoje, trouxemos para vocês alguns desses vídeos educacionais bizarros que já foram apresentados em escolas. Confira!

1 - AIDS não é beisebol

Em 1988, as pessoas estavam desesperadas com os números de pessoas contraindo o vírus do HIV. Segundo estimativas da Organização Mundial de Saúde, naquele período, entre 5 e 10 milhões de pessoas foram infectadas com o vírus. Assim, o Centro de Controle de Doenças, nos Estados Unidos, lançou uma campanha para conscientização da população jovem dos riscos do vírus e da AIDS.

Em um vídeo, claramente de baixo orçamento, o vírus, assim como as células de defesa de nosso organismo, são pessoas fantasiadas em meio à uma partida de beisebol. Tudo para exemplificar o que acontece em nosso organismo quando alguém contrai o vírus.

2 - LSD e os cachorros-quentes

No fim da década de 1969, entre muitas outras campanhas preventivas sobre o uso de drogas, eis que surge uma em que era abordado os malefícios causados pelo uso de LSD. No vídeo, uma mulher acaba por ingerir a substância e sua comida acaba se transformando em um monstro amedrontador. O pior é imaginar isso sendo exibido como forma de desencorajar o uso de drogas por jovens e adolescentes.

3 - Educação sexual

Esse, sem dúvida alguma, é um dos vídeos de educação sexual mais desconfortáveis que alguém já produziu. O vídeo destinado a uma escola católica, em plenos anos 1980, começa com uma oração. Durante o vídeo ocorrem diversas confusões sobre termos e significados, o que tornou tudo ainda mais complicado. Imagine agora, seus filhos chegando em casa e lhe contando que seus colegas de classe fizeram amor com eles naquele dia. Bom foi exatamente isso o que ocorreu.

4 - Como fazer sanduíches

Um vídeo instrucional foi exibido para alguns alunos onde era ensinado como preparar um sanduíche. O vídeo intitulado Vamos fazer um sanduíche foi exibido aos alunos durante a década de 1950, e foi produzido por uma empresa chamada American Gas Association. No vídeo, podemos ver algumas mulheres preparando o que seria um sanduíche de atum. O narrador do vídeo ainda acrescenta como é importante adicionar salada de frutas e batatas fritas às refeições.

5 - A reprodução da mosca das frutas

No vídeo, uma mosca é partida ao meio para assim explicar o processo de reprodução sexual das mesmas. O que nos leva a um vai e vem entre cromossomos por quase todo o vídeo, cuja a péssima qualidade do áudio torna sua compreensão quase impossível. Na verdade, quase nada no vídeo faz algum sentido.

6 - "Me Gusta"

Esse vídeo foi criado para ajudar as pessoas que estudam o espanhol a conjugarem apropriadamente os verbos, e fazer a definição correta de gênero, que assim como o português, é essencial para o correto aprendizado da língua. No entanto, o vídeo acabou se tornando uma grande piada devido à forma caricata em que é apresentado.

7 - Uma introdução sobre o porque você vai explodir

Durante o período da Guerra Fria nos Estados Unidos, o medo se espalhou por todos os lugares. A cada dia que passava, os militares pareciam não demonstrar sequer o mínimo de receio no uso de armas nucleares. Principalmente quando os inimigos do país começaram a atacar. Era um momento complicado para ser criança em meio ao caos instaurado.

Em 1950, um curta-metragem de animação, chamado 'A Is For Atom', foi exibido à elas nas escolas para explicar o potencial atômico. E não pense que era algo simplista e adequado para as pequenas mentes.

Então pessoal, o que acharam da matéria? Deixem nos comentários a sua opinião e não esqueçam de compartilhar com os amigos.

Próxima Matéria
Via   Grunge  
Jesus Galvão
Goiano, Canceriano e Publicitário.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+