• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 xingamentos mais ofensivos em diferentes lugares do mundo

POR Diogo Quiareli    EM Mundo Afora      02/10/17 às 14h02

Você xinga muito? Provavelmente vez ou outra solta aquele palavrão a fim de danificar de alguma forma alguém. Pois é, infelizmente estamos na faixa das pessoas que mais xingam durante um dia e isso talvez não seja bom. Aqui mesmo no Brasil, temos o costume de fazer alguns gestos para acompanhar as palavras, ou até mesmo só o gesto pode representar claramente aquilo que queremos falar. De um país para o outro, não somente o idioma muda. Mesmo que a cultura deles sejam demasiadamente parecidas, como nos casos da América do Sul por exemplo, os costumes geralmente são diferentes e isso pode causar um clima estranho.

A linguagem corporal fala muito por nós e alguns simples gestos com as mãos falam mais do que palavras. Algumas coisas podem parecer bem inocentes para nós, mas não é bem assim lá fora. Mesmo que soe sem importância aqui no Brasil, em países vizinhos pode significar xingamentos sérios e bastante ofensivos. Pensamos um pouco mais sobre isso e trouxemos alguns desses exemplos para cada um dos nosso caros leitores que são, assim como nós, bastante curiosos. Sem mais delongas, confiram conosco mais essa matéria e nos conte ao final o que achou sobre ela.

1- Chifres (Corno)

Embora o símbolo seja para representar o Rock"n Roll, por se associar ao símbolo do "capeta", tem outro significado em determinados países. No Brasil, por exemplo, ele é utilizado para xingar uma pessoa acusada de infidelidade, ou seja, corno. Lugares onde são chamados assim: Brasil, Itália, Portugal, Espanha, Países Bálticos e Colômbia.

2- Cotovelos apoiados

Lugares onde são considerados uma ofensa: México, partes da América do Sul.

Nesses lugares citados, os cotovelos podem ser realmente uma forma para xingar as pessoas. Manter apoiado sobre a mesa durante uma refeição, por exemplo, pode indicar que a pessoa ao lado é mesquinha. Quando seguram os cotovelos, por outro lado, é popularmente associado a "sentir ciúmes".

3- Odor de peixe

Lugar de xingamento: Sudeste da Itália.

Se você colocar os dedos indicadores e médios no nariz, em um formato de pinça, no sudeste da Itália pode ser considerado um dos piores xingamentos. Isso quer dizer que a situação é suspeita que ágüem não seja digno de confiança. Aqui no Brasil quer dizer que uma pessoa não cheira bem.

4- Esfregar o queixo

Lugares onde o gesto é uma ofensa: Bélgica, França, Tunísia e nordeste da Itália.

Dar uma simples coçada na barba pode ser um dos maiores xingamentos em vários países fora do Brasil. Nesses lugares, quando alguém esfrega o queixo para frente, com os dedos de algumas das mãos, significa que você está mandando a pessoa ir a merd*.

5- Moutza

Lugares: Grécia, África, Paquistão.

O simples gesto de abrir as mãos pode passar despercebido em alguns lugares. Na Grécia, por exemplo, se você fizer isso de forma rápida e com os dedos espaçados em direção ao seu interlocutor, significa que você está mandando a pessoa ir para o infern*.

6- Os 5 pais

Lugares: Caribe e Arábia Saudita.

Quando você agarra o seu indicador com os cinco dedos da outra mão quer dizer que você está dizendo que uma pessoa e mal criada, o que soa bastante ofensivo na Arábia Saudita.

7- Perda de Tempo

Lugar: Grécia.

Se no Brasil isso já parece um gesto feio, imagine só em outros lugares onde isso pode ser considerado um xingamento extremo? Mas, não é exatamente o que estão pensando, esse gesto significa que você não está dando a devida atenção à outra pessoa e insinuando que ela é uma perda de tempo.

E aí, o que você achou dessa matéria? Comenta pra gente aí em baixo e compartilhe com seus amigos. Lembrando sempre que o seu feedback é extremamente importante para o nosso crescimento.

Próxima Matéria
Via   R7  
Imagens Fonte FM
Diogo Quiareli
Geminiano, 24 anos, goiano.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+