• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


8 afogamentos trágicos que não aconteceram na água

POR Natália Pereira    EM Curiosidades      12/12/17 às 16h26

Parece estranho dizer que alguém se afogou fora da água. Associamos a palavra diretamente a ocorrências em ambientes aquáticos. A maior definição da palavra "afogamento" é colocada como uma asfixia gerada pela imersão em algum líquido. Fazemos uma associação direta à água. Mas acredite, existem outras formas e outros materiais que podem provocam afogamentos.

Você consegue imaginar uma forma menos dolorosa e mais rápida para se morrer? Com certeza o afogamento não é uma das melhores formas de se acabar com a vida. A morte por afogamento está entre as 8 piores formas de morrer, de acordo com a Discovery. Não deve ser nada agradável não é mesmo? Os casos que iremos mostrar são realmente estranhos e aconteceram de verdade. Você com certeza vai mudar a sua forma de ver e interpretar o afogamento depois disso.

1 - Fezes humanas em um sanitário

O primeiro ano do primário pode ser difícil para muitas crianças. Michael Komape de 5 anos estava indo para o colégio em uma vila sul-africana próxima de Polokwane quando desapareceu. A mãe do menino recebeu uma ligação do diretor dizendo que Michael havia sumido a cerca de duas horas. Depois de chagar no local, Rosina, mãe do garoto, viu o melhor amigo do filho e foi falar com ele. O menino disse que viu Michael cair em um dos banheiros. Quando ela foi ver no sanitário, encontrou o braço do filho saindo do lugar. Ele havia se afogado nas fezes humanas. Depois do ocorrido, as autoridades instalaram novos banheiros na escola em que ele foi encontrado e em outras próximas.

A família de Michael está processando o estado pela morte do garoto. Assim como por traumas gerados por sua morte, negligência e vários outros delitos.

2 - Um mergulho fatal na tinta

Em agosto de 2000, as coisas não acabaram bem para um trabalhador da fabrica de vans da Ford. Ele passou por uma situação bem atípica que levou a sua morte. Christopher Shute tinha 30 anos quando tudo aconteceu. O local tinha um enorme tanque de tinta e logo no primeiro ano ele deu defeito. Por estar funcionando regularmente, ele transbordou enquanto os trabalhadores ainda estavam no local. Para tentar impedir que ele continuasse transbordando e resolver o problema, Christopher subiu no topo do tanque mas acabou caindo em uma abertura a onde deveria estar a tampa. Ele foi consumido pela tinta, afundando cada vez mais. Apesar de suas tentativas de subir e da ajuda de um colega de trabalho, ele não conseguiu sair de lá.

Christopher não foi o único a cair no tanque aquele dia. Pouco antes um outro trabalhador havia caído no local enquanto ele ainda estava sendo limpo. Se as devidas medidas de segurança tivessem sido tomadas, nada disso teria acontecido. Dois gerentes da empresa e a própria Ford foram responsabilizadas pelo ocorrido. A Ford teve de pagar uma multa de £ 300,000 pelas acusações enquanto cada um dos gerentes foi multado em £ 5,000.

3 - Submerso em Melaço

Mais um trabalhador envolvido em um tanque de substância líquida. Em 2016, Robert Herweyer estava trabalhando na Agri Technology quando tudo aconteceu. Ele teve de entrar em um tanque de melaço no dia 26 de julho daquele ano para limpá-lo. Ele tinha 3,7 metros de profundidade e estava com baixo nível. Robert estava usando roupas especiais e tudo parecia estar indo bem. Um colega de trabalho estava do lado de fora observando a situação.

Quando ele foi voltar a superfície parece ter escorregado e se afundado completamente no melaço. O seu colega tentou ajudá-lo, não conseguiu e então foi pedir socorro. Demorou mais ou menos 5 minutos até que a ajuda chegasse. Eles usaram uma serra elétrica para cortar o tanque e tirar Robert de lá mas ele já não respondia. Mesmo depois de chegar ao hospital ele não sobreviveu.

4 - Afogamento em vegetais

O acidente aconteceu em uma fábrica de ketchup e teve muito mais mortos do que os casos anteriores. A morte em massa aconteceu em Luckbnow na Índia. O local tinha um tanque de 6 metros usado para fermentação de vegetais. Um dos trabalhadores estava em uma escada mexendo com os vegetais fermentados. Em um impasse, a escada escorregou e ele caiu dentro do tanque. Alguns outros funcionários tentaram ajudá-lo.

Nesse processo outros sete caíram lá dentro. Depois de serem retirados e levados para o pronto socorro mais próximo, seis deles foram declarados mortos. Acredita-se que os gases tóxicos fizeram com que eles perdessem a consciência. Depois disso eles teriam caído no local e foram incapazes de respirar.

5 - O lago de estrume

Já imaginou que isso era possível? Pois é, aconteceu. Em fevereiro de 2016, Ruperto Vazquez-Carrera estava dirigindo um caminhão em uma fazenda quando atolou em uma lagoa cheia de estrume. Desesperado, ele saiu do veículo enquanto ele afundava. Ruperto tentou nadar mas não durou muito tempo. Ele foi tomado pelo local e se afogou. Ele foi encontrado a 64 metros do seu caminhão. O problema é que ele estava indo na direção contrária da que deveria para sair de lá e sobreviver.

Por mais trágico que essa morte seja, ela não é tão rara quanto se imagina. Sete meses depois do ocorrido outro trabalhador teve a mesma morte trágica enquanto dirigia um trator em outra fazenda. Esse tipo de lagoa de fezes é comum em fazendas leiteiras. Apesar dos ocorridos, esse tipo de local não possui nenhuma placa nem informativo.

6 - Um tanque de óleo de cozinha

Um material usado diariamente pela maioria das pessoas na cozinha foi realmente fatal. Donald Boone estava trabalhando com outros funcionários em um tanque de óleo da fábrica de batatinhas Frito Lay quando sofreu o acidente. Ele caiu em uma abertura no tanque que continha 4,5 metros de altura. Seus colegas tentarão retirar Donald de lá mas falharam. Os paramédicos chegaram no lugar em 5 minutos e o levaram para a emergência. Depois de ser reanimado e não responder ele foi considerado morto no hospital.

A perícia mostrou mais tarde que ele teria batido a cabeça quando caiu no tanque fazendo com que ele ficasse inconsciente e incapaz de sair de lá. A empresa Frito Lay pagou uma multa de 57 mil dólares pela violação de segurança.

7 - O poço de graxa assassino

Toda a atenção é pouca quando se trata de uma criança e, infelizmente, qualquer momento de distração pode resultar em um desastre fatal. Uma família saiu para um passeio normal em uma sorveteria em outubro desse ano e não podia nem imaginar o que iria acontecer. Ao chegar no local as três crianças foram brincar do lado de fora. Uma das crianças era Sadie Grace Andrews e tinha apenas 3 anos de idade. Enquanto brincava, ela acabou pisando na tampa de um poço de graxa nos fundos e caiu dentro dele. Assim que ela caiu, a tampa se fechou novamente em cima dela, impedindo que fosse encontrada à primeira vista.

Quando seu pai percebeu que Sadie havia desaparecido ele chamou as autoridades. Cerca de 10 minutos após notar que ela não estava lá eles encontraram a menina no poço. O local tinha 1,8 metros de profundidade. Ela não estava respondendo então eles tentaram reanimá-la antes que os paramédicos chegassem. Depois de chegar ao hospital ela foi dada como morta.

8 - Delicioso e fatal chocolate

Um jovem de apenas 19 anos chamado Yoni Cordon estava trabalhando em uma fábrica de doces em Harfield, na Pensilvânia, em 2002, quando o desastre aconteceu. Ele estava em uma plataforma usada para misturar ingredientes em um tanque de 4.500 litros de chocolate líquido. As suspeitas indicam que ele teria escorregado e caído no tanque, porém nenhum outro trabalhador viu o que aconteceu. Por esse motivo não se sabe quanto tempo ele teria ficado lá dentro até ser encontrado. Apesar da falta de informação, o caso foi considerado acidental.

Outros casos de afogamento em chocolate já aconteceram antes. Em 2009, um jovem de 29 anos, chamado Vincent Smith estava trabalhando quando uma lâmina de mistura bateu nele e o derrubou no tanque. O local tinha 2,7 metros e apesar dos colegas terem tentado ajuda-lo imediatamente ele estava morto quando foi tirado do local.

Os afogamentos em substâncias liquidas em fábricas são mais frequentes que imaginamos. A falta de segurança nesses locais fazem com que vários trabalhadores morram acidentalmente enquanto exercem suas funções. Já ouviu alguma outra história como essas?

Próxima Matéria
Natália Pereira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+