• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


8 assustadores e nojentos fatos sobre os cavaleiros medievais

POR PH Mota    EM Curiosidades      09/08/16 às 15h17

Na Idade Média, sob a regência do sistema feudal, a Europa conheceu a função dos cavaleiros medievais e seus servos. Suas conquistas e estilo de vida, assim como suas imponentes armas e armaduras de diversas formas, até hoje seduzem e atraem fãs de obras histórias ou fantásticas inspiradas na poderosa classe de guerreiros.

Era o dever de um cavaleiro servir a seu senhor e seguir um código de conduta rígido que ditava várias regras de comportamento. Por isso, os guerreiros eram extremamente dedicados, mas também violentos. Um cavaleiro podia ser utilizado para guardar um castelo ou para marchar em direção a territórios inimigos.

Mas nem só de guerras e conquistas viviam os cavaleiros. Seu estilo de vida era repleto de problemas e condutas controversas para o mundo atual. Confira alguns desses fatos mais chocantes sobre os fortes guerreiros.

1 - Altura

1

Nos filmes, seriados e contos sobre os incríveis cavaleiros medievais, eles quase sempre são retratados como guerreiros fortes e, principalmente, altos. Apesar disso, acredita-se que a média de altura desses cavaleiros ficava entre 1,40 e 1,50 metros. A afirmação ainda não tem provas científicas, mas o tamanho das armaduras encontradas e apresentadas em museus ao redor do mundo sugere que o número seja preciso e próximo do real.

2 - Limpeza

2

Talvez você saiba que as condições de higiene no mundo medieval não eram as mais favoráveis para todas as pessoas, mas para os cavaleiros, eram ainda piores. Não existiam casas de banhos acessíveis para os membros da classe guerreira e eles podiam passar um ano inteiro com apenas três banhos. Imagine o tipo de sujeira e odor que poderia sair debaixo daquelas armaduras!

3 - Necessidades fisiológicas

3

Vestir uma armadura completa de um guerreiro poderia gastar até uma hora e, em várias ocasiões, só era possível com a ajuda de algum parceiro ou servo. Sendo assim, os cavaleiros não viviam tirando e colocando suas armaduras quando queriam. Por causa disso, se passavam pela necessidade de uma visita ao banheiro, poderiam não ter condições de remover partes da armadura e tinham que fazer tudo vestido mesmo. Apesar do risco, alguns modelos de armaduras possuíam pequenas aberturas que permitiam que os cavaleiros pudessem aliviar o corpo mesmo vestidos.

4 - Higiene e armadura

4

Sem banhos e oportunidades de ir ao banheiro fazer suas necessidades, os cavaleiros passavam horas dentro de armaduras imundas. Além das sujeiras do próprio corpo, as peças de metal podiam acumular sangue dos próprios guerreiros ou dos adversários e pedaços de comida. Barbas, cabelos e mãos também eram repletas de sujeira e não ajudavam na limpeza dos cavaleiros.

5 - Dentes

5

Se era difícil para os guerreiros encontrarem condições propícias para o banho, imagine se eles iriam se preocupar com a saúde dos dentes. Além da falta de dedicação à higiene, vários cavaleiros apresentavam dentes irregulares, por terem quebrado alguns deles em batalha. Não era raro encontrar um cavaleiro mais experiente sem alguns ou todos os dentes antes mesmo dos 30 anos.

6 - Sexo

6

A imagem dos cavaleiros que ficou para muitos em razão dos contos e filmes fantásticos sobre a classe é de guerreiros honrados e galãs conquistadores de princesas e mocinhas indefesas. Apesar disso, era comum que os guerreiros conseguissem sexo após as vitórias em batalha, violentando mulheres e garotas de vilas ou tribos rivais. Virgens eram os alvos preferidos dos cavaleiros.

7 - Casamento

7

Além de correr o risco da violência caso fosse atacada, a mulher medieval podia ser forçada a se casar com um cavaleiro sem a própria vontade. Caso algum desses guerreiros quisesse se casar com uma moça qualquer, o único obstáculo poderia ser uma luta de espadas com um membro de sua família. Se o cavaleiro fosse desafiado e vencesse, a mulher não tinha opção diferente de casar.

8 - Aparência

8

As sujeiras ao redor dos cavaleiros medievais não ficavam apenas em suas armaduras. Todo o corpo dos guerreiros era repleto de sujeiras, já que não cuidavam da higiente. O visual de príncipes belos e sedutores dos filmes e outras obras de ficção está bem longe do que realmente acontecia. Os cavaleiros não tinham o hábito de aparar as barbas e cabelos, apresentando visuais bem próximos daqueles associados a bárbaros e selvagens.

Talvez a força e habilidade de batalha dos cavaleiros não pudesse ser contestada na Era Medieval, mas os hábitos de higiene ou as condutas, mesmo com um código específico, eram bem controversos. Qual dos costumes listados você achou mais estranho?

Próxima Matéria
PH Mota
Jornalista que é um encontro Monty Python e A Praça É Nossa.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+