icone menu logo logo-fatos-curiosos.png


8 atrações turísticas que não existem mais graças ao ser humano

POR Bruno Dias    EM Curiosidades      05/02/19 às 17h27
capa do post 8 atrações turísticas que não existem mais graças ao ser humano

Viajar é uma das coisas mais enriquecedoras que alguém pode fazer. Conhecer outras culturas, ver outros comportamentos e visões de mundo, experimentar coisas fora da sua zona de conforto e conhecer novas pessoas, são algumas das muitas vantagens em sair de viagem.

Alguns lugares são conhecidos por suas belezas naturais, pela hospitalidade de seu povo ou por suas atrações turísticas. Essas últimas podem não ser tão vantajosas quanto pensamos para o país onde se situam, porque com sua popularidade crescente, também aumenta-se a possibilidade de essa atração ir se desgastando com o tempo. As pessoas podem causar danos de diferentes formas, desde apenas com a respiração até destruição intencional. Seja qual for o caso, listamos aqui alguns pontos turísticos que estão destruídos graças ao ser humano.

1 - Maya Bay nas Ilhas Phi Phi, Tailândia

Depois do filme A Praia com Leonardo di Caprio, esse lugar ficou muito popular. A partir de então, o local teve visitas de cerca de cinco mil pessoas todos os dias. E depois de toda essa visitação, o lugar foi fechado em junho de 2018 por um período de tempo indefinido até que se recuperasse.

2 - Coral na Ilha Christmas, Austrália

Cerca de 90% desse recife na Austrália foi destruído em um período de 10 meses. Alguns dos corais foram embranquecendo e outros morreram. Essa destruição aconteceu por causa do estresse térmico que foi causado pela mudança climática.

3 - Salto Guaíra na fronteira Brasil-Paraguai

O Brasil é um lugar conhecido por suas belezas naturais e um dos vários locais especiais para se visitar, antigamente, era o Salto Guaíra. Mas em 1982, ele foi inundada pelo reservatório da hidrelétrica de Itaipu. E assim, as rochas foram tiradas com dinamite.

4 - Caverna de Altamira na Espanha

Pinturas rupestres são um patrimônio histórico da humanidade e essas pinturas na Espanha foram danificadas apenas com a respiração dos turistas, que com o vapor da água e dióxido de carbono, acabaram fazendo mofar algumas pinturas. Uma réplica da caverna foi construída próxima de onde ela estava, para que os turistas pudessem ver as reproduções das pinturas. E em 2002, o ponto turístico original foi fechado para visitantes.

5 - Geleira Chacaltaya na Bolívia

Essa é uma das mais altas montanhas da América do Sul, e se formou há mais de 18 mil anos. E desde 1980, sua área começou a declinar rapidamente e ela desapareceu, em 2009, por causa do aquecimento global.

6 - Pirâmide de Nohmul em Belize

Em 2013, essa pirâmide de mais de 2300 anos foi destruída pela De-Mars' Stone Company com o uso de escavadeiras. Eles usaram o calcário da pirâmide para encher estradas próximas. E depois de investigações, o motorista, o capataz e os diretores da empresa foram punidos.

7 - Lago Poopó na Bolívia

Esse lago desapareceu completamente em 2016, por causa de alterações climáticas e do desenvolvimento da agricultura. E essa não foi a primeira vez que esse lago sumiu, ele secou pela primeira vez em 1994, mas conseguiu ser revitalizado pelas chuvas.

8 - Pont des Arts em Paris

A famosa ponte cheia de cadeados em Paris pesava cerca de 45 toneladas. Temendo pelo estado do rio Sena, que passa embaixo da ponte, atingido pelas chaves jogadas nele e com o peso da ponte em razão dos próprios cadeados, estes foram removidos junto da própria estrutura da ponte. No lugar, colocou-se painéis de vidro para que as pessoas não pudessem colocar mais cadeados.


Próxima Matéria
avatar Bruno Dias
Bruno Dias
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest