8 coisas bizarras que você não sabia sobre Bleach

POR Ana Monteiro    EM Fatos Nerd      13/12/17 às 13h02
foto de destaque

Bleach foi um shounen de sucesso escrito por Tite Kubo e ganhou uma adaptação para anime igualmente incrível. Depois de vários arcos e inúmeras aventuras, essa história chegou ao fim e por isso vários fãs ficaram desolados. Por mais que as aventuras de Kurosaki Ichigo divertissem muita gente, financeiramente não era viável continuar a publicação do mangá (já explicamos isso aqui), e por isso, o autor deu um ato final a sua história.

Mas quem não morre de saudades da Soul Society e de sua organização hierárquica? Ou das várias habilidades que o protagonista dominou em sua jornada? Do alívio cômico de Kon? Do amor de Orihime Inoue? Se você quer relembrar um pouquinho dessa obra, confira alguns fatos inusitados sobre Bleach.

1 - Bullying

O cabelo laranja e espetado de Ichigo pode até ser incrível para os fãs, mas na história de Bleach gerou muitos problemas para o rapaz. Os valentões da escola sempre pegavam no pé ou atacavam Ichigo por acharem seu cabelo ridículo. Já na internet, surgiram vários tutoriais sobre como imitar o cabelo desse personagem, e nós não estamos falando de tutoriais apenas para os cosplayers, viu? O estilo de Kurosaki Ichigo virou uma tendência entre os fãs.

2 - O primeiro Arrancar

Arrancar é um tipo de guerreiro criado a partir de um Hollow. Seus poderes são bem semelhantes aos dos shinigamis, mas eles não são tão difíceis de derrotar. Só os dez mais poderosos que foram chamados de Espadas e deram muito trabalho para a equipe dos heróis. Nunca houve o surgimento de um primeiro arrancar, já que eles foram criados. Sousuke Aizen foi o responsável por essa criação, e o primeiro resultado foi Ulquiorra Cipher.

3 - Problemas de saúde

Em geral, Tite Kubo é bastante satisfeito com o resultado do anime de Bleach. Porém, algumas coisas tiraram esse autor do sério. Alguns roteiros o deixaram bastante estressado, ao ponto de tirar satisfações com os responsáveis por isso. Por conta do estresse do processo de reescrita, ele sofreu bastante com dores de estômago. Será que esse problema foi durante os vários arcos de fillers?

4 - A tatuagem de Chad

Chad é misterioso, enigmático e sempre solta algumas lições em seus diálogos. Além disso, ele é bastante descolado com sua tatuagem no braço: um coração alado com uma cobra e os dizeres Amor e Morte em italiano. Mas pense bem, ele é um colega de Ensino Médio de Ichigo, ou seja, ele provavelmente ainda é menor de idade. Só se ele tiver conseguido sua tatuagem num estúdio clandestino, o que o torna ainda mais descolado.

5 - Idiomas

Você provavelmente já deve ter percebido que são utilizados vários idiomas em Bleach. A linguagem não é uma barreira nessa história! Vários nomes e palavras relativas aos hollows são em espanhol, já os Bount são em alemão. Não se sabe porque Tite Kubo fez essa escolha, mas deixou todo o universo de sua obra bem mais interessante!

6 - Racismo

Do mesmo jeito que os ocidentais enxergam os orientais de maneira estereotipada, os japoneses também possuem suas ideias sobre o outro lado do mundo. Há boatos, por exemplo, de que o vilão Majin Boo de Dragon Ball seja uma visão pejorativa dos americanos. Em Bleach, outro problema surgiu a respeito do racismo. Será que aconteceu? Há quem diga que Kaname Tousen era tratado de forma injusta por conta da cor de sua pele. E o fato de ele ser cego era para torná-lo mais fraco que os outros. O comportamento que Zommari também foi criticado por passar uma ideia estereotipada e racista sobre os jovens negros.

7 - Um toque feminino

Geralmente os autores começam suas histórias pelo personagem principal, mas o primeiro personagem a sair das mãos de Tite Kubo não foi Ichigo. O autor queria muito desenhar alguém vestindo um kimono, por isso, Rukia foi desenhada primeiro. Por conta do fardo emocional que a personagem carrega, acabou que ela se tornou uma personagem bem mais interessante que o protagonista.

8 - Insistência

Nem tudo foram flores quando Tite Kubo começou a tentar publicar Bleach. Seu trabalho foi recusado pela revista Shounen Jump inúmeras vezes, e há boatos de que os funcionários dessa empresa chegaram a rir de Tite Kubo. Quando ele estava prestes a desistir de sua obra, Akira Toriyama (o autor de Dragon Ball) escreveu uma carta sugerindo que ele continuasse tentando. Ou seja, se temos Bleach hoje devemos agradecer muito a Toriyama.

Você já sabia alguma dessas curiosidades sobre Bleach? Conhece alguma outra? Sente saudades da franquia? Contra pra gente nos comentários!


Ei Fatos, não deixe de conferir:

2 SINAIS QUE FALTAM PARA JESUS VOLTAR - E SE FOR VERDADE

Próxima Matéria
avatar Ana Monteiro
Ana Monteiro
Lok'tar ogar! For the Horde! Cresceu com um Mega Drive, um Super Nintendo e muitos desenhos animados. Jornalista, especialista em cinema, violinista, entusiasta de narrativas de fantasia e presença garantida em mesas de RPG. Muito tsunderismo em apenas 1,54 de altura.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.

Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+