• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


8 coisas incríveis que você não sabia sobre Dragon Ball GT

POR Ana Monteiro    EM Fatos Nerd      20/12/17 às 15h34

Seu sorriso é tão resplandecente que deixou meu coração alegre. Me dê a mão para fugir dessa terrível escuridão! Já está cantando os versos seguintes? Porque a abertura de Dragon Ball GT é uma dessas músicas que marcaram a infância de muita gente e que enchem os fãs mais antigos da obra de Akira Toriyama de nostalgia. O autor de Dragon Ball acreditou que colocaria um fim na sua criação após o arco de Majin Boo, mas a Toei Animation resolveu prolongar a história e criar Dragon Ball GT.

Por não ter a participação direta de Akira Toriyama, Dragon Ball GT não faz parte do cânone da franquia. Por conta disso, assim que Dragon Ball Super começou foi necessário explicar que os eventos de GT nunca aconteceram e reconquistar todos os antigos fãs do mangá e do anime. Por mais que exista essa treta e fãs se recusem a admitir a existência de Dragon Ball GT, não tem como negar: os episódios são muito bons! Compensa assistir mesmo não sendo uma história oficial.

Mas e aí? Será que você sabe tudo sobre esse anime? Confira algumas curiosidades!

1 - Bigode de Vegeta

As pessoas podem reclamar de muitos aspectos de Dragon Ball GT alegando que Akira Toriyama não estava envolvido. Mas, o bigode de Vegeta não é uma delas. Os design dos personagens, incluindo Pan, Bra e Goten, que também são muito criticados, foram todos aprovados pelo autor da obra original. E aí? Você aprovou o look de pai de família do príncipe dos saiyajins?

2 - A função de Pan

Uma das coisas mais frustrantes desse anime é que Pan não ganhou nenhuma transformação ou foi desenvolvida para ser uma heroína. Por mais que ela fosse geniosa e se esforçasse nas aventuras, o papel dela foi reduzido ao de donzela em perigo. Era necessário que ela cumprisse essa função para que Goku continuasse como um grande herói e estivesse sempre pronto para salvá-la. Alguém mais queria ver a filha de Gohan e Videl mostrando todo o seu potencial?

3 - Uns shipps bem estranhos

Tudo tem limite nessa vida, inclusive os shipps. Durante a exibição de Dragon Ball GT, os fãs imaginaram uns casais para lá de estranhos. Trunks e Goku, Goku e Pan, Pan e Trunks. Você tem noção do quão bizarro é isso? Primeiro porque Trunks e Goku nunca tiveram nenhum grande envolvimento emocional no anime original. Os shipps com Pan parecem mais normais, mas calma lá! Ela é uma criança em relação a Trunks, e Goku é seu avô. Isso é errado de tantas formas diferentes!

4 - Pausas

Durante a exibição original do anime, os fãs sofreram com várias pausas. Por exemplo, o arco de Baby possui 23 episódios, mas não foi exibido em 23 semanas seguidas. De junho de 1996 até março de 1997, não houve um mês em que toda semana saia um episódio novo de Dragon Ball GT. Essa situação se repetiu em outros arcos também.

5 - Uma história de Gohan

A sigla GT é entendida por muitos fãs como 'Goku Time' (Hora do Goku) porque em nenhum momento outros personagens ganharam foco. A Toei Animation pensou em arcos para outros personagens, mas eles não foram realizados. Gohan, por exemplo, tentaria voltar a ativa após o arco de Baby. Infelizmente os 64 episódios de Dragon Ball GT se resumiram aos feitos de Goku mesmo.

6 - Episódios perdidos?

Como assim episódios perdidos? Existe isso? Durante a primeira exibição feita pela Funimation, a história começou pelo Arco de Baby e não pelas aventuras de Goku, Pan e Trunks pelo espaço. Após o fim da exibição dos demais arcos, a Funimation editou os episódios do Arco Viagem pelo Universo e os lançou como se fossem episódios inéditos e especiais. Ainda bem que aqui no Brasil tudo chegou direitinho e em ordem!

7 - Ideias não tão originais

Você acha que todos os eventos de Dragon Ball saíram da equipe criativa da Toei Animation? Engano seu! Os eventos do arco de Baby são baseados no OVA Plano para Erradicar os Saiyajins. Já o arco do Super 17 tem como inspiração o filme O Renascimento da Fusão: Goku e Vegeta. Você consegue perceber os conceitos abordados nessas duas obras e relacioná-los com os arcos de GT?

8 - Goku no último episódio

O episódio final de Dragon Ball GT é muito confuso para vários fãs. Goku aparece ainda como criança, mas já bem mais maduro e se despedindo de seus amigos Mestre Kame, Kuririn e Piccolo. A equipe responsável pela animação afirmou que golpe final de Omega Sheron foi responsável por isso, e após essa batalha tudo o que resta é o seu ki. A verdade é que Dragon Ball GT transformou o personagem num ser divino muito antes de Dragon Ball Super.

Você já sabia alguma dessas curiosidades sobre Dragon Ball GT? E o que mais você sabe sobre o anime? Conta pra gente nos comentários!

Próxima Matéria
Ana Monteiro
Lok'tar ogar! For the Horde! Cresceu com um Mega Drive, um Super Nintendo e muitos desenhos animados. Jornalista, especialista em cinema, violinista, entusiasta de narrativas de fantasia e presença garantida em mesas de RPG. Muito tsunderismo em apenas 1,54 de altura.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+