• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


8 coisas que só quem odeia Big Brother vai entender

POR PH Mota    EM Entretenimento      02/02/17 às 15h35

Todo começo de ano é a mesma coisa: mal chegamos em janeiro e já é hora de começar uma nova edição do reality show mais famoso do país, o Big Brother Brasil. Já são 17 edições do programa que volta todo janeiro para durar por meses em nossas TVs.

Com certeza o programa está cheio de fãs por todo o Brasil, ou não duraria tanto tempo assim. Por outro lado, existem também os grupos que insistem em odiar o programa e apontar todos os seus problemas, ano após ano, criando uma verdadeira guerra entre os lados que defendem e atacam a produção.

Se você é daqueles que sente uma tristeza pura enquanto está passando BBB na televisão e despreza o programa com todas as forças, com certeza vai entender várias destas situações.

1 - Toma tempo de outros programas

Quem gosta de assistir televisão acaba perdendo muita coisa durante os três meses de exibição do BBB. Depois da novela das nove, demora mais para começar a Tela Quente, as minisséries, os jornais, o Globo Repórter e todas outras atrações que poderiam fazer a alegria de quem tem que se contentar com os barracos e provas do Big Brother.

2 - Todas as redes sociais ficam lotadas de comentários sobre

Poderia ser bem simples se livrar do BBB: se não gosta, não assiste. Infelizmente, as coisas não são tão fáceis assim num mundo em que todas as redes sociais ficam lotadas de fotos, vídeos, notícias e comentários sobre as brigas, relacionamentos, provas e eliminações do programa. Nem mesmo os sites de renomados jornais ficam livro da influência do BBB, fazendo com que todo mundo seja afetado de alguma forma.

3 - Os discursos de eliminação não fazem nenhum sentido

Toda semana, ao menos uma pessoa é eliminada do Big Brother Brasil. Durante anos, essa eliminação foi de responsabilidade do apresentador Pedro Bial, que se consagrou no cargo com metáforas, poesias, referências e textos que pareciam não fazer sentido nenhum para os moradores da casa e para os espectadores. Na edição atual, a função está nas mãos de Tiago Leifert, mas parece que o novo apresentador tem seguido as mesmas inspirações.

4 - O programa é feito de barracos sem fim

Pergunte vários fãs de BBB em qualquer lugar do país qual o maior combustível do programa e são grandes as chances de ouvir a mesma resposta: os barracos. Quem vê Big Brother adora se envolver, torcer e escolher lados nas brigas que podem acontecer por quaisquer motivos: votações, comida, dança, intrigas e xingamentos.

5 - As relações são forçadas

Muita gente já precisou passar por despedidas definitivas na vida real e sabem como elas podem ser sofridas. No Big Brother, porém, tudo parece muito mais forte. Pessoas que se conhecem por uma ou duas semanas choram com despedidas como se estivessem num velório. Além disso, as declarações de amor e ódio parecem saídas diretamente do elenco de uma novela, de tão exageradas.

6 - Existem milhares de opções melhores para ver

Hoje em dia, não é difícil escolher um novo programa, seriado ou filme para assistir. Com sites e aplicativos como Netflix a poucos cliques de distância, você pode substituir o Big Brother por qualquer produção renomada e conceituada mundialmente, não precisando se render aos dramas de pessoas desconhecidas.

7 - Todo o programa é cheio de merchandising

Mesmo que você decida dar uma chance ao programa, vai ver cenas e closes feitas completamente para publicidade de produtos utilizados dentro da casa. Ao invés de mostrar interações, quadros ou coisas produtivas, o tempo do programa é dedicado para as marcas que injetam milhões lá dentro. Isso sem contar nas provas criadas das formas mais inacreditáveis só para promover os patrocinadores.

8 - O programa nunca acaba

Essa explicação pode ser utilizada em diferentes situações. O programa dura por três meses, já tem 17 edições, toma um bom tempo da programação noturna e passa todos os dias da semana, sem dar descanso. Para quem é fã, pode até parecer pouco, deixando sempre aquela vontade de quero mais. Para os haters, no entanto, qualquer minuto que o programa insiste em durar, é um verdadeiro sofrimento.

E aí, você também odeia o programa? Caso a resposta seja sim, o que você acha que faltou a gente comentar nessa lista? Utilize a seção de comentários para contribuir.

Próxima Matéria
PH Mota
Jornalista que é um encontro Monty Python e A Praça É Nossa.
As categorias Terror, Sobrenatural, CreppyPasta e entretenimento têm como único objetivo de entreter. Não devem ser utilizadas como fontes de artigos científicos ou trabalhos escolares.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+