• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


8 cores de cabelo mais raras que existem

POR Júlia Marreto    EM Ciência e Tecnologia      27/06/16 às 18h48

Normalmente os fios brancos começam a aparecer por volta dos 30 anos, isso acontece porque os folículos capilares deixam de produzir pigmentação, levando os fios a ficarem completamente brancos. Com certeza você já viu alguém que, mesmo jovem, possui uma mecha branca no meio dos cabelos coloridos. Essa foi uma "moda" que se tornou famosa, principalmente, depois da interpretação de Anna Paquim como Vampira, no filme X-Men. Essas mechas nem sempre são "falsas", muitas vezes elas podem ser naturais. E esse fato tem um nome "Poliose".

Apesar do que muitos acreditam, a Poliose não é uma doença, e pode ser hereditária. Para quem tem essa característica as mechas brancas podem aparecer ainda na infância, sendo assim, nesses casos, a idade não faz diferença alguma. Uma celebridade bastante conhecida é a apresentadora da versão internacional do programa "ESquadrão da Moda", Stacy London. Essa escassez de pigmentação pode aparecer em qualquer parte do corpo, não apenas na cabeça. Outra característica interessante é que não altera seu tamanho ou muda de local.

Em alguns, poucos, casos, a Poliose pode ser sintoma de alguma doença, como o Vitiligo e doenças genéticas, por exemplo a Síndrome de MArfan e a Síndrome de Waardenburg. Nas crianças, como a incidencia de cabelos brancos é mais rara, pode ser resultado da Síndrome de Alopecia Areata, doença da Tireóide, anemias e/ou deficiências de vitamina B-12. E para que seja possível descobrir se essa falta de pigmentação é sintoma de alguma doença ou apenas um traço da sua genética é necessário que um médico seja consultado.

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, a Poliose pode aparecer em qualquer pessoa e em qualquer tipo e cor de cabelo. E pensando na diversidade de cores existentes, a redação do Fatos Desconhecidos selecionou uma lista com 8 cores de cabelo mais raras que existem. Confira:

1 - Albino

01

O albinismo é uma anomalia genética, que tem como consequência a falta de produção de melanina. E essa falta de pigmentação causa a ausência total ou parcial de cor da pele, olhos e cabelos. É um "problema" hereditário e sua causa é a combinação entre os genes recessivos de ambos pai e mãe. É uma anomalia que afeta todas as raças. O albinismo é dividido em três tipos:

1) afeta a produção de pigmentação, deixando os cabelos brancos, pele rosada, olhos azuis ou violeta e ausência de sardas. 2) Suas características são a pele rosada, cabelos brancos, amarelos ou pouco mais escuros nas pessoas da raça negra, sardas, olhos azuis e castanhos nas pessoas negras. 3) O mais grave de todos, é caracterizado pela pele, cabelos e íris brancos, também tem problemas de visão. Essa última tem nome, o Albinismo Oculocutâneo.

2 - Ruivo

02

Sendo o segundo tipo menos comum, atinge 1,3% da população mundial. Acredita-se que é causado pela mutação de um gene específico, que os especialistas acreditam ser recessivo. Os ruivos naturais são os que possuem o tipo de cabelo mais espessos. Muitas vezes os tons de cabelos loiro e ruivo são associados a problemas como o Albinismo e Câncer de Pele. O Vitiligo também pode ser causa da diferença de coloração. Essas causas não são uma regra, apenas possibilidades.

3 - Loiro

03

Os cabelos loiros naturais são quase tão raros quanto os outros dois acima. É uma descoloração relativamente rara, que atinge cerca de 2% da população mundial. Essa coloração, acredita-se, tem como origem a Escandinávia, localizada na região norte da Europa. A variação dos loiros é grande, ela vai desde o Loiro Platinado, quase branco, até o Loiro Escuro Dourado. Esse último é caracterizado depende da quantidade de eumelanina e feomelanina. Quanto mais porções de feomelanina, mais dourado será a cor. Essas pessoas possuem os fios mais finos.

4 - Cinza

04

Apesar de muitas pessoas acreditarem que o percentual das pessoas com cabelos cinza fosse maior, apenas 4% da população mundial os tem. Apesar de algumas pessoas nascerem com cabelos acinzentados, normalmente um consequência da falta de eu melanina e feomelanina, a maior parte dessas pessoas são idosas. No caso das crianças, é uma situação que pode ser revertida, desde que tenha acompanhamento médico.

5 - Castanho-avermelhado

05

Próximo do cabelo ruivo, atinge uma quantidade bem maior de pessoas, são representados por aproximadamente 6% da população mundial. De acordo com a escala Fischer-Saller, os dois tipos são muito diferentes. E uma dessas diferenças é a quantidade de feomelanina, sua presença é muito menor nos castanhos-avermelhados do que nos ruivos.

6 - Castanho

06

Está na terceira posição de mais comum. Envolvendo algo em torno de 7% da população mundial. Como podemos perceber a eumelanina e a feomelanina são as responsáveis pelas diferenciações de cores, isso porque a primeira representa a cor preta, enquanto a segunda, a cor vermelha. Sendo assim, os cabelos castanhos possuem uma concentração de eumelanina muito maior do que a de feomelanina. E essa diferença é o que separe o tom castanho (mais para o lado do marrom) do ruivo (avermelhado).

7 - Castanho-escuro

07

É a segunda cor de cabelo mais comum no mundo. Atinge por volta de 13% da população mundial. Agora que já sabemos do que se trata a eumelanina e a feomelanina fica fácil deduzir que esse tipo de cabelo apresenta uma maior quantidade de eumelanina.

8 - Pretos

08

E, por último, temos os cabelos pretos, que atingem, avassaladoramente, 64% da população mundial. Uma das explicações para essa predominância não se trata apenas da genética mas, também, da constante aparição desse gene nos grupos étnicos mais povoados. Outro detalhe interessante é que, por causa da falta de diversidade nas cores de cabelo não-caucasianas, nos genes latinos, África e Ásia, o preto se torna, praticamente, universal, fazendo com que se mantenha como a cor dominante.

Então pessoal, vocês já sabiam dessas "ordens genéticas"? Qual a cor do seu cabelo? Quantas pessoas com cabelos de tipos diferentes você conhece? Sugestões, dúvidas, correções? Não se esqueçam de comentar com a gente!

Próxima Matéria
Júlia Marreto
É a dona de um coração esculpido pela literatura e preenchido pelos bons vinhos de Baco. Guiada nas artes da vida por Ares, possui a discreta delicadeza de um elefante pulando carnaval numa loja de cristais! Movida diariamente pelo combustível da vida: o café, essa garota possui raízes profundas na poesia da vida. É muito séria, mas sabe brincar na hora certa. Ama os animais e detesta filme de terror. Apesar de cantar mal, canta com sentimento. E adora musicais! Sua principal tentativa desportiva é o baralho. Ela gosta mesmo é de coisas antigas, apaixonada pela vida e sonha com o universo. Instagram: , @juliamarreto
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+